Charlotte Flair já é a lutadora mais condecorada da história da WWE, arrecadando uns impressionantes 12 títulos individuais no main roster.

Numa conversa com o DAZN, a “Queen” falou de como se quer moldar enquanto atleta e pessoa no exemplo de John Cena, cujo estatuto e legado “dispensam apresentações”.

Primeiramente, quero dizer que nunca haverá outro John Cena. É essa a dimensão da sua contribuição para a indústria. Mas quando comecei e até aos dias de hoje, é ele em quem me moldo. Infelizmente, sou uma “gaja má” nas câmaras e Cena é o verdadeiro “bom rapaz”. Mas nunca perco essa densidade ou paixão de querer representar a WWE e fazer o máximo possível no exterior, tal como media. Há tantos eventos de comunidades em que participamos.

Espero ser mencionada na mesma frase que ele. Ele é John Cena, eu sou uma lutadora na mesma companhia que ele. Nem digo isto mesmo como contemporânea, mas como colega de trabalho. Sim, quero ser “o John Cena feminino”. E se as pessoas o disserem, então vou continuar o meu caminho mesmo que ainda não sinta que cheguei a esse ponto. Mas vou prosseguir o meu trabalho duro e sentir que é assim que pretendo ser em tudo o que faça.

De destacar também umas declarações recentes de Ric Flair, na mesma conversa em que abordou a possibilidade de se juntar à AEW. O “Nature Boy” rejeitou qualquer hipótese da sua filha sair da WWE.

Ashley [primeiro nome civil de Charlotte Flair] nunca sairia de lá. Ela está o mais feliz que alguma vez já foi. E obviamente eles não estão zangados comigo (ou ela não teria ganho no SummerSlam).


Achas que Charlotte Flair conseguirá ser “a versão feminina” de John Cena?

10 Comentários

  1. El Cuebro3 semanas

    Ela tem tudo para chegar nos números de títulos do pai dela e do John e claro passá-los, ela chegou em 12 título em uns 7 anos de carreira, no que me lembro, o futuro dela é de dominância!

    • Victor Silva3 semanas

      Acredito que será ela a passar esse recorde de mundial dentro da empresa. Algo que pode até valorizar as mulheres no wrestling em geral e fazer história. Tipo quando fizerem a pergunta “Quem é o maior campeão mundial de tal empresa?” Eles dirão “Ah é uma mulher, a Charlotte Flair”

    • El Cuebro3 semanas

      Também estou achando isso, atualmente está muito difícil ser campeão várias vezes seguidas!

    • Poi3 semanas

      Eles com certeza farão de tudo para que ela supere eles.

  2. Victor Silva3 semanas

    Nas conquistas pode até ser, mas eu a vejo mais como um Randy Orton em termos de personagem. Acho a Becky algo mais próximo do que é o John Cena, por causa do impacto com as crianças

  3. Está quase a chegar a esse nível!

  4. Santchus3 semanas

    Porque nao por a Flair como campeã intercontinenal um dia é possível?