Depois de ter revelado que está em negociações para colaborar com a Playboy, Chelsea Green voltou a ser notícia e desta feita por um assunto bem mais sério.

No seu podcast, Green With Envy, a antiga lutadora da WWE referiu que um dos principais responsáveis do NXT teria tentado impedir a ROH da sua contratação no último Verão.

Um passarinho contou-me que quando me estreei na Ring of Honor este Verão, alguém no topo da cadeia alimentar do NXT ligou-lhes para dizer que não me deveriam contratar. Deixem-me tornar isto claro: quando fui despedida da WWE, alguém do topo da cadeia alimentar do NXT ligou à companhia, que estava prestes a contratar-me para me ajudar a fornecer comida para a minha família e para mim, e disse-lhes para não me contratar.

Isto sou apenas eu a ser mesquinha e a espalhar um pouco de mexerico para o mundo, mas não acredito que uma empresa iria despedir alguém e depois bloqueá-lo(a) de conseguir trabalho noutro lado. Isto deixa-me mesmo triste. Por outro lado, estou imensamente agradecida por ter tido todas estas oportunidades para o meu lado desde que fui demitida da WWE e pela Ring of Honor ter colocado fé em mim e não ter ouvido a grande e velha máquina [WWE].

Infelizmente, a ROH irá parar no começo de 2022 para “pensar” na sua próxima estratégia de reestruturação, mas Chelsea Green continua a aparecer regularmente no Impact Wrestling e em vários shows independentes.


Achas que a WWE seria capaz de adotar uma atitude destas?

18 Comentários

  1. Kay Orton3 semanas

    Eu não faço ideia se isso é verdade, porém Bray e Keith Lee são os caras “””difíceis de trabalhar”””

    Como falei no outro post, a WWE tira seu emprego, atrasa sua vida de 30 a 90 dias e se vc não for americano te tiram até 6 meses até resolver o green card, tiram seu nome de ring da WWE pra vc se reformar e AGORA espalham mentiras sobre vc pro mundo todo.
    É uma falta de humanidade e mal caratismo puro.

    • joao (diferenciado)3 semanas

      não tou a tomar partidos mas alguns dos pontos que abordaste não estão corretos.

      “a WWE tira seu emprego” – como qualquer empresa faz quando já nao precisa dos teus serviços

      “atrasa sua vida de 30 a 90 dias” – mas os lutadores continuam a serem pagos o seu salário normal durante esse período de tempo, nao ficam “à rasca”

      “se vc não for americano te tiram até 6 meses até resolver o green card” – isso não é culpa da wwe, é culpa do sistema falhado dos estados unidos

      “tiram seu nome de ring da WWE pra vc se reformar” – normal, eles têm os direitos de autor dos nomes, não é para obrigar ninguém a se reformar. se não queres passar por isto, podes sempre nao assinar pela WWE e continuar nos indies, ou até começar lá, porque a WWE já criou várias superstars que saltaram as indies.

      a wwe não é nenhum governo ultra-extremista que ordena superstars a assinar pela empresa e que tira o dinheiro às pessoas.

      mas sim, se esta noticia é verdade, então é algo muito desumano mas lembrando que há 2 lados de cada história. o que provavelmente aconteceu foi a ROH a contactar o NXT para pedir uma avaliação para saber se a Chelsea era fácil de partilhar o ringue e se causava bem-estar no balneário e levaram uma resposta negativa. a chelsea green tambem nao tem o melhor historial.

    • rated r3 semanas

      Depois de tudo o que a empresa tem feito, ainda aparecem pessoas armadas em white knights deles enfim. Por isso é que os gajos escapam sempre impunes com tudo o que fazem

    • Ricardo3 semanas

      Não é ser white knight de ninguém, é simplesmente ver factos e expor 🤦🏻‍♂️

    • Kay Orton3 semanas

      Vc tem bons pontos João e não é nada sobre quem está certo ou errado, todos temos opiniões sobre o Wrestling atual, e pelo menos nos MEUS comentários vc vai ter a indignação mas vai ter muito mais respeito.

      A parte das “mentiras” me incomoda muito mais que qualquer coisa pois é mal caratismo de quem está lá dentro, e o que não falta são nomes, porém uma situação piora a outra e vira uma bola de neve pra quem vê a situação de fora, os outros pontos são só partes negativas de qualquer outro emprego. Críticar o booking e forma de liberdade em promos, ringue ou história é a parte mais necessária, mas parece que lá dentro fazer essas reclamações com os responsáveis significa perder push, não ser usado, ficar de gear no backstage e sentado lanchando até ir embora, desistem de vc, vc fica mal falado, fica esperando oportunidades e no final vc recebe sua demissão sem explicação e ainda sai mal falado pra Deus e mundo sem nunca ter feito nada. A WWE não perde nada demitindo alguém, os bilhões e milhões vão continuar caindo, mas a WWE sujar o nome de alguém por maldade o peso vem muito mais forte. A WWE hoje pra mim é a forma mais bruta de: o sonho que virou um pesadelo.

    • joao (diferenciado)3 semanas

      eu compreendo esses pontos, claro que nao quero que ninguem perca o emprego, mas não sabemos o outro lado da historia e estamos a formular uma opinião com base apenas naquilo que uma lutadora despedida diz da sua ultima empresa

    • Vibora3 semanas

      As pessoas que não conhece a maquina WWE esqueci que eles tem vínculos políticos, e sabem perfeitamente usar essa maquina pra atrapalhar a vida de qualquer lutador. Oh menino diferenciado, VOCÊ TÁ ERRADO

    • joao (diferenciado)3 semanas

      a wwe tem vinculos politicos como qualquer outra empresa, a wwe nao está por detrás do governo numa sociedade secreta, ok? é igual para a WWE como é para outras ligas desportivas. jogadores da NBA e da NHL já tiveram problemas de visas iguais ao lutadores de wrestling.

  2. Falou a lutadora que só perdeu na WWE

  3. comentador3 semanas

    Joao (diferenciado), excelente texto. As vezes leio as coisas por aqui e acho que são crianças de 8 anos que estão reclamando que roubaram seu pirulito. A partir do momento que voce é maior de idade e não tenha problemas de capacidade intelectual e assina um contrato de emprego ou prestação de serviços, voce está concordando com todas as clausulas lá descritas. Todos os lutadores que assinam com a WWE, estão cientes que os nomes, roupas, musicas, etc, pertencem a empresa e não a eles, se forem despedidos, terão que seguir a clausula de 30 ou 90 dias e bla bla bla. As leis de relação empresa/funcionarios nos Estados Unidos é completamente diferente daqui do Brasil e provavelmente de Portugal, porem, o que se está escrito num contrato, tem que ser cumprido e ponto final, doa a quem doer ( no caso da WWE, 99,9% dos casos , os lutadores ). Toda vez que uma empres enorme como a WWE despede uma leva de funcionarios, é a mesma choradeira. Pela lógica, quem está na maior empresa do ramo, teria facilidades para entrar nas menores e não o contrário.

    • KB3 semanas

      Mucho texto 👍🏻

    • joao (diferenciado)3 semanas

      sim é isso, eu nao estou a dizer que a WWE é a organização mundial da paz mas já sabem ao que vão quando assinam e têm sempre opção de não assinar

  4. ??3 semanas

    WWE sendo WWE.

  5. Vibora3 semanas

    WWE é uma empresa macabra e sem vergonha. É so falar em sindicalização como a Vega e é recontratado como um cala boca mulher e não me atrapalha

  6. Não sei se deveria achar engraçado ou triste a maneira que encontram de encobrir a WWE com seus erros a tempos, são comentários sem pé e nem mesmo cabeça, dizer que Green não tem um “bom histórico”, isso por apresentar e insistir em diversas idéias ao booking por estar afim de trabalhar, até ser cotada como “chata”?! Perdão mas acho admirável a vontade em querer fazer algo em meio a uma empresa que pensa nos mesmos nomes a anos, ela havia renovado com a empresa antes de ser demitida, ela e inúmeras outras! Tiveram nada mais do que promessas dentro da empresa e felizmente acharam um rumo maior em outras companhias.
    Felizmente Maria já havia trabalhado com ela na TNA e sabe da dedicação dela ao ponto de dar essa oportunidade mesmo com pessoas do NxT tentando ATRAPALHAR essa negociação, pois é como ela descreveu e vindo de uma empresa que já devolveu os pertences desses mesmos funcionários em um saco de lixo, não choca.

  7. Ze3 semanas

    Quem?

  8. Não me surpreende nada!