Chris Jericho: “Voltei a ter liberdade para fazer uma promo”

há 1 mês 5

Numa entrevista com Chris Van Vliet, Chris Jericho falou da promo que fez no AEW Fight for the Fallen do passado sábado. Segundo o lutador, esta foi a primeira vez em 20 anos que teve a liberdade para fazer uma promo sem guião.

Chris Jericho afirmou ao entrevistador e disse que depois do evento falou com o seu amigo e agente da AEW, Dean Malenko em como em 20 anos esta foi a primeira vez que fez uma promo onde não recebeu um guião, nem precisou de pedir autorização para o que iria dizer e que basicamente não tinha ideia do que ia dizer, quando estivesse no ringue.

O lendário lutador, que lutará contra Adam “Hangman” Page no AEW All Out, no combate que definirá o primeiro AEW World Champion, explicou que sabia qual o objetivo da promo e que tinha uma ou duas ideias do que iria dizer, mas que tudo isso mudou quando “Hangman” Page começou a sangrar, pois o tom da promo já teria de ser outro.

Chris Jericho afirmou também que uma das coisas que disse a Dean Malenko é que estava curioso em saber se conseguia, depois de 20 anos a seguir um guião, fazer uma promo totalmente da sua cabeça, sem hipótese de falhar e com a obrigação de entreter e cativar o público para o combate contra Adam “Hangman” Page. Na opinião dele, a promo resultou bastante bem.


Qual a tua opinião sobre esta liberdade dada aos lutadores da All Elite Wrestling nas suas promos? E o que achaste da promo de Chris Jericho?

5 Comentários

  1. Showstealer há 1 mês

    Excelente ler e saber disto, só mostra que a AEW realmente veio para inovar e mudar mentalidades (aka WWE). Fico muito feliz pelo Chris Jericho, sempre foi daqueles lutadores que procurou alavancar o produto e merece agora este tipo de “regalias”. E diga-se que a sua promo foi bastante boa, uma das melhores da AEW até agora na minha opinião.

  2. E, diga-se de passagem, foi bem boa!

  3. Alexandre há 1 mês

    AEW realmente é a melhor companhia na atualidade.

  4. Bruno há 1 mês

    Estamos a falar de alguém que teve algumas das promos que mais gostei desde que vejo WWE, já lá vão mais de 15 anos.
    Portanto isto quer dizer que grande parte do mérito é de quem escreveu as mesmas promos, evidente que um Jericho dá muito mais carisma que maioria, mas isto quer dizer que afinal a WWE teve e tem coisas boas, já esta crítica do Y2J é apenas mais uma, já é chover no molhado, percebo que exista rancor, mas já é apenas mais do mesmo. Apesar de estarmos numa fase em que tudo o que envolva AEW é genial e tudo o que envolva WWE é uma porcaria, aguardemos que a nova empresa não desiluda, esperemos que não…

  5. Anónimo há 1 mês

    Boa.

Comentar