A contratação de Christian Cage por parte da All Elite Wrestling tem dado que falar e agora foi a vez do próprio “Instant Classic” abordar o assunto.

Em entrevista ao podcast de Renee Young, o Oral Sessions, Christian Cage explicou porque decidiu assinar pela All Elite Wrestling.

Quando houve o anúncio de Paul Wight [Big Show], ainda não havia nada assinado e eu fiquei chocado. Obviamente, eu e Tony Khan sentimo-nos confortáveis desde cedo e percebemos que íamos trabalhar juntos.

Depois do Royal Rumble eu não sabia se ia ficar na WWE ou se iria para a AEW, mas depois de falar com Jon Moxley e dele expressar-me a sua opinião, fiquei a pensar que não estaria a ser honesto comigo próprio se pelo menos não explorasse as minhas opções nesta fase tão avançada da minha carreira. Eu tive uma conversa com Tony Khan e foi tudo muito rápido, em menos de uma semana o contrato estava assinado.

Mas sempre que há um decisão destas, tem de ser tudo muito bem pensado. Eu não tive muito tempo para pensar sobre isso, mas o que preciso neste momento é da melhor plataforma possível para esta minha “segunda carreira” e também para ajudar. Conseguirei eu ajudar esta nova geração? Foi isso que senti com a AEW.

A minha primeira conversa com Tony Khan durou duas horas e no final eu fiquei surpreendido por ter corrido tão bem. Depois foi tudo muito rápido, pois ambos tínhamos a mesma ideia sobre a forma como eu serei visto e sobre o que eu poderia trazer para ajudar os outros lutadores e a empresa.

Foi bastante intrigante para mim e eu gosto de desafios. Não foi uma decisão fácil, mas ao mesmo tempo não foi uma decisão difícil. Existe algo de intrigante em saber que posso contribuir ao máximo em tudo e ter esse desafio. Senti que era a situação perfeita.

Já sobre a WWE, não há nada de errado na forma como fazem as coisas.

Ainda sobre Christian, o Fightful aponta que alguns responsáveis da WWE ficaram tristes com a decisão do lutador, mas que a culpa foi da própria empresa, em não ter conseguido ou pretendido estabelecer um acordo com o mesmo.


Que expectativas tens para esta carreira de Christian na AEW?

18 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    e como fica o edge ??? …

  2. Juan1 mês

    Não queria que ele fosse pra Aew

  3. É um grande reforço na minha opinião esteja ele bem fisicamente

  4. Se ele está bem é uma grande contratação.

  5. Nuno Gatinho1 mês

    Tenho boas expectativas por essa provável última run pelo mundo do Wrestling, e nada melhor do que na AEW, onde pode ajudar tantos jovens wrestlers que a empresa tem. Não acho que Christian seja AEW World Champion como foi Chris Jericho, mas como foi noticiado em outro post, ele deve lutar regularmente assim como “The DemoGod”.

  6. El Cuebro1 mês

    O Christian vai ajudar muito a AEW com sua experiência tal qual o Paul e o Sting, vamos ver se ele poderá lutar mais vezes, em alto nível também, uma pena que não o verei mais como WWE Intercontinental Champ e também na dupla com o Edge!

  7. É uma boa contratação,

  8. Anónimo1 mês

    O Christian é um lutador com bastante experiência e vai ajudar muito os mais jovens.

  9. É uma grande contratação!

  10. Tiago1 mês

    Se não tinha planos pra ele, ele fez o que era melhor pra ele, bom relacionamento com a empresa não paga conta.

    • Kay Orton1 mês

      Christian foi esperto pulou do barco antes de ser afundado. Eu acho que foi pouco pra WWE. Espero que mais pessoas comecem a fazer isso, se os responsáveis estão tristes por ele ter rumado a outra empresa, imagina se eles soubessem o que metade do roster pensa sobre não serem bem utilizados.

  11. Ulisses Pereira1 mês

    acredito q foi a melhor opção para ele, o christian na wwe nao ia ser bem usado como maioria do roster que esta na wwe, gostaria que a zelina vega o andrade sien almas e o alistair black fossem para a aew, no caso dos dois rapazes estão na wwe mas é como se nao tivessem nao sao utilizados o q é ouma pena pelo potencial que teem.
    Quanto ao cristian ter titulos, nao me importava que ele fosse campeão de tag tem com alguém novo para elevar esse parceiro que ele tivesse.

  12. Já sobre a WWE, não há nada de errado na forma como fazem as coisas.

    Isto define muito a personalidade dele. A vida é feita de oportunidades e se não a aproveitas sayonara