Depois da apresentação dos excelentes resultados financeiros da WWE relativos ao terceiro trimestre de 2020 tivemos uma conferência na qual Vince McMahon e outros responsáveis da empresa responderam a algumas questões colocadas por jornalistas e investidores.

Um dos assuntos trazidos para a discussão foi a possibilidade da WWE procurar alternativas à WWE Network, podendo vender e licenciar algum do conteúdo que é hoje transmitido em exclusivo na plataforma, algo que já tinha sido falado no início do ano, a respeito da WrestleMania 36.

Sobre este assunto, o Chief Revenue Officer da WWE, Nick Khan, revelou que as negociações para a venda e licenciamento de conteúdo da WWE Network foram retomadas.

Mesmo com potenciais parceiros impactados pelo COVID-19, as conversações foram retomadas para opções estratégicas alternativas ao nosso modelo atual. De momento, não podemos estimar quando essa opção alternativa será concluída, mas ainda acreditamos no potencial de uma transação que permita à WWE atingir um público maior e obter um maior retorno económico.

Quando questionado sobre o que a WWE poderia vender a uma estação televisiva ou a outra qualquer plataforma, Nick Khan respondeu o seguinte:

Tudo… À excepção de uma venda da Network, é o que estamos à procura. Portanto, seria o licenciamento da Network… Estamos em diálogo constante com empresas nacionais e globais sobre o licenciamento potencial da Network para elas.

Vince McMahon já tinha mencionado esta possibilidade no início do ano e este parece ser um grande objetivo da WWE, vender ou licenciar parte ou a totalidade do conteúdo da WWE Network, aumentando assim a receita obtida com essa transação, que seria superior ao valor pago pelos subscritores atuais.

Por outras palavras e para dar alguns exemplos para os menos entendidos, os pay-per-views poderiam dar num canal premium da FOX ou todo o conteúdo poderia migrar para outra plataforma de streaming como Netflix ou Disney+.


O que achas desta possibilidade da WWE poder vender algum do conteúdo da WWE Network ou licenciar a plataforma na sua totalidade?

5 Comentários

  1. CoffinMeme6 meses

    se fosse para a netflix, eu pagava para ver, ja que na wwe network nao consigo ver de jeito nenhum.

  2. Economicamente falando, seria uma jogada “de génio” pela WWE. Já para nós, fãs, ficaríamos prejudicados por ter de pagar algum serviço de streaming com um preço certamente superior à Network.

  3. Se vendessem os ppvs a algum canal português é que era bom.

  4. Para a Netflix ou Eleven Sports podia até ser bom!

  5. Anónimo6 meses

    Para a WWE ia ser muito bom, para os fãs é que já não ia ser muito.