O AEW Dynamite desta quarta-feira foi um programa recheado de destaques, e no main event até tivemos um ROH Women’s World Championship Match entre a campeã e a campeã interina, mas os fãs “não quiseram saber”.

Segundo o Showbuzz Daily e Brandon Thurston do Wrestlenomics, o programa registou apenas 833 mil telespectadores, baixando dos 921 mil obtidos na semana anterior, fazendo deste o pior registo desde 19 de Maio de 2021.

Já na demo mais importante (entre os 18 e os 49 anos de idade), o Dynamite registou 0.32 de rating, o equivalente a cerca de 421 mil telespectadores. Ainda assim, foi apenas o pior registo desde 16 de Fevereiro deste ano.

A maior explicação para esta quebra de audiências do Dynamite estará na concorrência feita pela NBA na mesma noite, mas ainda assim, deverá ser algo que preocupará os executivos da AEW e da WarnerMedia.


O que achas destas audiências registadas pelo AEW Dynamite desta semana?

15 Comentários

  1. O hype em cima da AEW está diminuindo constantemente, o produto não é o que costumavam dizer que era. Não digo que é ruim, mas está longe de ser a utopia que falavam a algum tempo.

  2. Surf3 semanas

    Voltando à realidade

  3. Os haters em 3… 2… 1…

    A verdade e que os playoffs da NBA não ajudam e o card desta semana sigamos que foi menos chamativo…

  4. L26MC3 semanas

    Isto de misturar títulos de outras empresas, dos lutadores trazerem os títulos consigo para o show, acaba por tirar destaque aos títulos da AEW e baralhar os fãs que tentam seguir a empresa à pouco tempo.

    A AEW com 1 show principal consegue ser mais confusa que a WWE com 2 Brands.

    Claro que depois ter Bryan e Moxley numa divisão de equipas não ajuda, ter Omega fora e o Punk não ser assíduo na programação também não colabora e principalmente todos os campeões atuais, não têm tanto público. Há que começar a passar o título TNT para uma pessoa mais importante e conhecida do público, para que este consiga trabalhar com os menos conhecidos do público e principalmente estava na altura de apostarem no Punk como campeão mundial e começar a pensar em grandes rivalidades e destaque para ele. Pode já não ser aquele Punk de antigamente, mas ainda dá para o gasto e há que saber aproveitar.

    • PedrKo3 semanas

      Concordo em grande medida com este comentário.

      O objetivo de qualquer lutador deveria ser o título principal da empresa, não o secundário.
      A coisa que mais me faz confusão no wrestling são os títulos secundários, seja ele qual for, acho tão estranho ex-campeões mundiais fazerem promos em que dizem que o US ou intercontinental Championship é o seu objetivo, é como ganhares a liga dos campeões e dizeres que o teu objetivo é a taça UEFA.

      Muito pior é isto de trazer campeões de outras companhias e fazer disso o main event…
      Então eu tenho de ver a ROH para saber o que se está a passar na AEW??
      Isto não faz sentido nenhum, e por isso as pessoas perdem o Interesse.

    • L26MC3 semanas

      Os títulos mid card são muito importantes para o crescimento de qualquer lutador, até para experimentar se o lutador têm capacidades de fazer um bom trabalho, para ser investido como campeão mundial, de futuro.

      Isso das promos estamos de acordo, assim como a parte de outros lutadores que nem são da empresa serem main event.
      Mas tivemos uma das maiores estrelas da WWE com o título americano (John Cena) e fez um trabalho extraordinário.
      Cada título é importante à sua maneira, mas há que saber trabalhar com a realidade de cada um, seja do próprio título, seja do lutador que o vai ter.

      Sobre o main event, é a mesma coisa que pegarem no Wardlow vs MJF e colocarem no main event do RAW, para quem nunca viu AEW, nem vai saber quem são e claro que as audiências vão sofrer com isso.

  5. Facebook Profile photo

    Daqui bocado o nxt apanha-os

  6. TribalChiefBestEver3 semanas

    A divisão feminina deles é mal bookada, normal que os fãs não queiram saber de combates femininos para coisa alguma.

  7. The Name3 semanas

    Os playoffs da nba estão a “destruir” as audiências, nem a wwe ou a aew estão safas disso, até Maio vai ser assim, depois vão voltar a aumentar.

  8. William Smiths3 semanas

    Eu desisti da WWE há alguns anos. AEW me trouxe de volta…

    Mas há um tempinho que também venho perdendo o interesse na AEW. As coisas estão confusas, poucas rivalidades legais…

    Contratam dezenas de lutadores, inflam o roster e nada acontece. O que Jay Lethal, Keith Lee, Swerve acrescentaram em termos de storyline?

    O programa é um apanhado de lutas aleatórias.

    O titulo da TNT está desvalorizado.

    Título de Tags vive de open challenges.

    Um monte de lutador que fizeram a empresa crescer estao encostados…

    Enfim. Ja elogiei muito. Mas agora também é preciso criticar.

    • Penso exatamente o mesmo, subscrevo.

      O título TNT era prestigioso, sempre com grandes reinados e grandes campeões, agora é uma piada.

      Não tenho nada contra trazer títulos de outras empresas, mas isto já é um exagero, estou farto de ver ROH no meio do Dynamite

      Várias contratações que nada acrescentaram, desde logo Jay Lehta, Keith Lee, Swerve, Nese, entre outros. Isto quando o Brian Cage, Ogogo, Andrade, etc andam encostados

      Parece que não há foco, as rivalidades e segmentos não são nada de especial

      Defendo muitas vezes e sou apreciador do produto da AEW, mas não me lembro de o ver tão desinteressante como agora, antes adorava ver o Dynamite, algo que agora acho que nem vale a pena. Acho que chegou a altura de haver uma reflexão acerca de tudo isto

  9. Concordo com parte dos comentários acerca desta notícia.

    Infelizmente a AEW pouco a pouco está perdendo o interesse, e digo isto sendo um grande fã da AEW desde o início.

    – O título TNT nas mãos de Cody e Miro foi ouro! O belt no Sammy foi porreiro ao início, mas desde o começo deste ano não tem tido histórias cativantes/atrativas. Isto de andar sempre de um lado para outro (sammy,cody,sammy,sky,sammy,sky) não tem nexo nenhum.

    – Os títulos de equipa perderam o interesse desde o reinado dos LuchaBros, não é que tenham tido um mau reinado, mas deixou muito a desejar. E faço destas palavras o mesmo para os JurassicExpress. Sim, tiveram e continuam a ter bons combates, mas só isso não chega… os belts de tags são muitas vezes ”renegados” para o Rampage.

    – Muitos podem dar hate, mas é a minha opinião.. o Adam Page não é ”world title material”, para já. Apoio a sua conquista no FullGear, e os seus ótimos combates contra o Danielson e Adam Cole. Atenção, acredito que ele no futuro dê um ótimo world champion, mas até ao momento com o booking que está a ter, não o tem ajudado muito. Para além disso, aparece poucas vezes nos shows semanais, e quando aparece nunca é dos pontos principais do show.

    Pessoal, mesmo sentindo que os shows da aew tem vindo a perder um pouco de qualidade, continuo a preferir assistir a dynamites e rampages, do que raws e smackdowns eheheh.

    Abraço a todos.

  10. El Cuebro3 semanas

    Realmente é difícil bater de frente com as ligas como NBA, MLB e NFL nos USA, mas acontece, o jeito é tocar para frente e continuar fazendo bons shows!

  11. Anónimo3 semanas

    Competir com desportos como a NBA é normal ver a audiência a descer. Mas a AEW como tempo também vem perdendo um bocado de força, tem coisas que precisam de ser melhoradas. Têm se debatido quase sempre em manter-se na marca de 1M.