A possível saída de Adam Cole da WWE devido ao seu contrato já ter expirado está já a fazer correr muita tinta, pois se acontecer, estamos a falar da saída da maior Superstar da história do NXT. Agora, ao que tudo indica, toda esta situação fez com que um executivo da WWE tivesse sido despedido.

Na WWE pensava-se que o contrato de Adam Cola iria terminar em Janeiro de 2022, mas descobriu-se que afinal o contrato terminou no passado mês de Julho. Essa situação estava à responsabilidade de Canyon Ceman, que era o antigo Senior Director of Talent Development da WWE, e que saiu da empresa há poucas semanas.

De acordo Mike Johnson do PWInsider, a saída de Canyon Ceman coincide com a altura em que os responsáveis da WWE descobriram que o contrato de Adam Cole afinal terminava em Julho de 2021 e não em Janeiro do próximo ano.

Assim sendo, é fácil de especular que os principais responsáveis da WWE culparam Canyon Ceman por esta situação do contrato de Adam Cole e o executivo acabou por ser despedido da empresa de Vince McMahon.


Qual a tua opinião sobre esta situação?

6 Comentários

  1. Kay Orton2 meses

    O nome disso é desordem dentro dessa empresa, cada mês parece que piora e decidem achar um culpado pra tudo ao invés de resolver os problemas.

  2. El Cuebro2 meses

    Será que isso poderia endossar uma possível saída do Adam num futuro próximo?

  3. Pedro2 meses

    Devia ter lutado na antiga wcw , ele via o que era bom para a tosse

  4. Percebe-se,isto foi ato de ma gestão

  5. Compreende-se até!