Finn Bálor admite ver muito potencial no jovem que se juntou aos Judgment Day após ter traído e atacado o seu próprio pai.

Em entrevista ao The Run In da BT Sport, o irlandês elogiou bastante o seu parceiro Dominik Mysterio.

Ver Dominik entrar no papel tão facilmente. As pessoas esquecem-se, ele estreou-se cerca de um ano antes de se tornar heel e estava a aprender no trabalho. Ele não estava realmente a treinar muito.

Quer dizer, com o maior respeito, mas ele teve alguns meses a treinar com Lance Storm e um pouco aqui e ali com o seu pai e outras coisas, mas não uma quantidade imensa de treino para estar na TV ao vivo da WWE.

Ele estava apenas a adaptar-se a isso e então ele foi lançado nessa enorme história onde ele está a revoltar-se contra o seu pai e a interpretar uma personagem completamente diferente. A maneira como ele entrou nessa personagem é incrível de se ver.

Eu lembro-me daquela primeira noite quando ele estava a sair para fazer uma promo e de ir até ele para tentar acalmá-lo um pouco.

“Não se preocupe, vai ser tranquilo”. Ele respondeu: “Eu estou bem. Não te preocupes. —Sabes o que vais dizer? —Não, eu vou descobrir.” [risos]. Ele foi lá super tranquilo e é assim que ele é.

Acho que ele vai ser uma grande estrela para nós.

No Survivor Series do último sábado, Finn Bálor acompanhado por Dominik Mysterio e Damien Priest acabou por perder o seu combate frente a AJ Styles.


Concordas com as declarações de Finn Bálor sobre o jovem?

3 Comentários

  1. Eu não tenho duvidas também que isso vai acontecer. Dom já mostrou um grande progresso seja no ringue seja no mic e consigo ver ele no topo do wrestling daqui a uns 10 anos mas ele ainda precisa de trabalhar muito para lá chegar.
    Acho que seria positivo, e nem que fosse daqui a 1 ano ou assim, o Dom ir para a NXT, acho que quando os JD acabarem e se acabarem só lhe vai fazer bem lutar contra outro tipo de wrestlers.

  2. Facebook Profile photo
    Fábio Peres2 meses

    Precisava sair da tutela do pai. Que bom!