Gunther é o líder dos Imperium e o maior WWE Intercontinental Champion da história, apesar de ter precisado da ajuda de Jimmy Uso, para vencer Jey Uso no Raw desta segunda-feira.

Em entrevista ao Battleground Podcast, o “Ring General” recusou a possibilidade de mais lutadores se juntarem aos Imperium.

Não há planos para isso, não. Não é um grupo em que temos de preencher esses lugares. Quem se junta a nós, ou é algo natural ou não se junta.

Conheço os dois há muito tempo e, especialmente o Ludwig Kaiser, acho que nos conhecemos desde 2009 ou 2010 e viajámos juntos para todo o lado na Alemanha, e agora estamos a fazê-lo novamente aqui.

Há uma ligação por trás disso e é por isso que o estamos a fazer. Acho que não conseguiria estar numa situação destas com alguém com quem não tenho qualquer ligação a nível pessoal, por isso não há qualquer plano para isso.


Concordas com Gunther sobre o atual alinhamento dos Imperium?

6 Comentários

  1. Também acho que não faz sentido. Pelo menos agora, obviamente. 🏛️

  2. Imperium ☝🏻

  3. El Cuebro5 meses

    O grupo está muito bom como está agora, talvez num outro momento poderia ter visto bem a entrada do Dragunov no time, mas realmente não precisa, Walter, Marcel e Fabian são muito bons juntos, aliás queria ver algo melhor para a dupla do que as ameaças de separação, eles já deviam ter sido campeões de duplas, é algo que falta e seria bom demais ver o trio campeão, ia ser interessante, mas está muito bom como está atualmente e que continuem juntos! Lembro que nos tempos de Ringkampf fora da WWE eles chegaram a ser 5 ou 6 no time, Walter, Marcel/Axel, Wolfe, Thatcher e mais alguns, era também um grupo muito forte!

  4. Anónimo5 meses

    Concordo, não é preciso entrar masi alguém.

  5. Best5 meses

    Ele tá certo, além de que ele carrega o grupo praticamente sozinho, o italiano vive se lesionando e o alemão ainda dá um up na stable.

  6. filipe5 meses

    um Cesaro seria excelente na stable. NA wwe o Dragonov encaixaria que nem uma luva