Depois do Against All Odds da passada sexta-feira, o Impact Wrestling transmitiu esta quinta-feira mais uma edição do seu show semanal na AXS TV, a partir do Center Stage em Atlanta, Geórgia, rumo ao Emergence de 12 de Agosto.

Resultados

– Gisele Shaw venceu Alisha (Before The Impact)
– X-Division Champion Mike Bailey venceu Alan Angels
– Trey Miguel venceu Laredo Kid
– PCO venceu Black Taurus
– Rich Swann venceu Shera
Mia Yim venceu Deonna Purrazzo (Knockout’s World Championship Nº1 Contender’s Match)

Vídeos

Watch Wrestling

Report

– Gisele Shaw venceu Alisha (Before The Impact): No Before The Impact tivemos um combate feminino entre duas antigas parceiras, Gisele Shaw e Alisha. A primeira procurava impressionar as The Influence, e acabou por conseguir, vencendo com uma forte knee.

– X-Division Champion Mike Bailey venceu Alan Angels: O opener deste episódio começou de forma rápida mas agressiva, sendo que quando parecia que Mike Bailey ia ficar no controlo, Alan Angels com um Urunage no apron virou o ímpeto a seu favor.

O ex-AEW dominou durante vários minutos, mas o X-Division Champion começou a equilibrar a contenda e como a agressividade nunca diminuiu, as quase vitórias foram aparecendo com regularidade. Nos minutos finais, quase tivemos novo campeão, mas o “Speedball” com o seu Ultima Weapon conquistou a vitória.

Assim que o combate terminou, Joe Doering e Deaner atacaram Mike Bailey e Alan Angels, tendo desafiado o Impact World Champion Josh Alexander a vir ao ringue.

Quem respondeu a esta chamada foi Eric Young que questionou o que os seus aliados estavam a fazer, tendo começado a provocá-los e também aos outros lutadores da empresa. Joe Doering e Deaner afirmam que Eric Young tem razão e que estão dispostos a provar isso, porém o veterano disse que primeiro precisa de entender este Mundo e saiu de cena.

Nos bastidores, os Honor No More foram entrevistados, e afirmaram que estão sempre a ser tramados e que o Impact Wrestling não os quer, e que eles no Against All Odds falharam, e no grupo não se tolera falhas. Eddie Edwards afirmou que PCO tem de tomar uma decisão díficil e que não tolera mais nenhuma falha.

Continuando no backstage, Deoona Purrazzo foi entrevistada e esta afirmou que iria dar uma lição a Mia Yim. Já Chelsea Green explicou que ia interferir no combate e quando as duas amigas iam a sair de cena, Gail Kim interrompeu-as e anunciou que Chelsea Green e Mickie James se irão enfrentar na próxima semana, e todos os outros lutadores estão banidos da zona de ringue.

– Trey Miguel venceu Laredo Kid: Este embate começou a toda a velocidade e os dois lutadores usaram todas as suas capacidades de high flying para tentar ter o ímpeto, sendo que Laredo Kid acabou por focar o seu ataque na perna esquerda de Trey Miguel. O domínio do luchador durou alguns minutos, mas o seu adversário aguentou a ofensiva e começou a equilibrar este embate.

Nos minutos finais, parecia que a vitória ia sorrir a Laredo Kid por causa da lesão de Trey Miguel, mas este com um Swinging Neckbreaker conquistou a vitória.

A seguir tivemos o Ric Flair Moment of the Week, onde vimos imagens do passado quando o “Nature Boy” apareceu no Impact Wrestling para ver um combate entre AJ Styles e Kurt Angle.

Nos bastidores, vimos Joe Doering e Deaner à procura do Impact World Champion Josh Alexander, e quando o encontraram só não tivemos uma brawl porque os seguranças separaram os três lutadores.

A seguir tivemos um video package a promover a chegada de Killer Kelly ao Impact Wrestling.

No backstage, os America’s Most Wanted foram entrevistados e estes mostraram-se felizes com o que fizeram, sendo que James Storm afirmou ainda ter alguns assuntos pendentes.

O lutador foi então até ao balneário de Moose, mas quem lá estava era Steve Maclin, sendo que depois de algumas farpas, ficou marcado um combate entre os dois para o próximo episódio.

– PCO venceu Black Taurus: De forma inesperada, Black Taurus dominou os minutos iniciais deste combate, mas a ofensiva pouco ortodoxa de PCO fez com que este virasse o ímpeto a seu favor. Com a agressividade imposta pelos dois lutadores, a vitória foi ficando cada vez mais perto e no final, PCO com o seu PCO-Sault conquistou a vitória.

Assim que o combate terminou, Crazzy Steve ainda tentou proteger Black Taurus mas os Honor No More atacaram os dois lutadores, isto até que Heath apareceu e pelas costas deixou Kenny King por terra.

De seguida tivemos os Bullet Club a falar dos seus problemas com os Honor No More, tendo Doc Gallows dito que para a semana, eles irão usar a receita de sempre, Magic Killer, 1,2, 3.

O Digital Media Champion Brian Myers obrigou um fã a aceitar um autógrafo seu, tendo começado a gozar com Johnny Swinger e Zicky Dice, porém foi parado por Bhupinder Guijar que quer um combate pelo título. O campeão afirmou que os três podem lutar para ver quem merece lutar contra ele.

– Rich Swann venceu Shera: Shera usou a sua força para controlar Rich Swann desde cedo e assim dominou durante vários minutos.

Porém, Rich Swann nunca se deu por vencido e com a sua maior velocidade começou a equilibrar este embate. No final, parecia que a força de Shera ia prevalecer, mas Rich Swann com o seu 450 Splash da segunda corda, conquistou a vitória.

Nos bastidores, The Influence foram perguntar a Giselle Shaw o que significa a fotografia que Masha Slamovich deu a Tenille Dashwood. Quando a “Quintenssential Diva” lhes explicou, as ex-campeãs pediram ajuda, porque Madison Rayne ainda não está recuperada. O segmento terminou com a australiana a sair de cena.

Ainda no backstage, Rosemary explicou a Taya Valkyrie que estava zangada por Havok não as ter ajudado, e foi então que a “Wera Loca” afirmou que na próxima semana iria até ao Undead Realm. A sua parceira ainda tentou demovê-la da ideia, mas as duas acabaram por concordar que na próxima semana irão buscar Havok.

– Mia Yim venceu Deonna Purrazzo (Knockout’s World Championship Nº1 Contender’s Match): O main event começou a um ritmo lento, com as duas lutadoras a tentarem mostrar a sua técnica, mas rapidamente Mia Yim começou a meter a sua maior velocidade em jogo e assim controlou durante algum tempo.

A “Virtuosa” conseguiu virar o ímpeto a seu favor e fez do braço esquerdo da sua adversária o seu alvo preferencial de ataque e controlou durante vários minutos. Porém, Mia Yim nunca se deu por vencida e com um erro da sua adversária, começou a equilibrar esta contenda e com isso o cansaço em ambas as lutadoras foi começando a ser cada vez mais evidente.

Nos minutos seguintes, as false finishes foram cada vez mais evidentes, sendo que Deonna Purrazzo foi ficando cada vez mais frustrda por a sua oponente continuar na luta.

No final, Mia Yim subiu a parada no que toca à agressividade e depois de um Package Piledriver seguido de o Eat Defeat, conquistou a vitória.

O Impact Wrestling terminou com a Knockout’s Champion Jordynne Grace cara a cara com Mia Yim.


O que achaste deste Impact Wrestling?

2 Comentários

  1. El Cuebro3 meses

    Mais um bom show do Impact, começando pelo fim, foi o segundo show de pro-wrestling da semana com um main event feminino, primeiro o Raw, agora o Impact, grande luta entre Deonna e Mia Yim e seria bem interessante ver a Mia campeã no Impact novamente, para quem não se lembra na última passagem dela por lá ela foi campeã um bom tempo, ainda sob o nome de Jade, no mais Alan Angels estreando na marca após sua saída da AEW e fez grande luta contra o Speedball, grandes lutas de PCO, Trey e Giselle Shaw, estou gostando muito da rivalidade do Bullet Club com a Honor no More e também da Violent By Design com o campeão Josh Alexander e a vitória do Swann sobre o Shera ainda me surpreende, mas foi boa luta também, no mais o Impact merece atenção porque tem rendido muito boas coisas!

  2. Impact Fanboy3 meses

    Impact Wrestling tem melhorado o seu produto, mas mesmo assim continua muito abaixo da AEW e talvez mesmo ROH acredito que quando voltar aos shows semanais será melhor visto que o presidente é o mesmo da AEW, mas mesmo assim para quem gosta de wrestling, a impact não é um produto que os fãs fiquem ansiosos para que venha o próximo show,mas tem entregado bons combates, x division matchs têm sido o melhor a meu ver.