Frank casino

A Anthem Sports & Entertainment transmitiu esta terça-feira, a partir da Skyway Studios em Nashville, Tennessee, mais uma edição do Impact Wrestling na ASX TV. Esta foi especial, pois foi a segunda noite do Rebellion.

Por causa da ausência de Tessa Blanchard, como main event tivemos um Triple Threat Match entre pelo clássico TNA World Heavyweight Championship. Moose apareceu a declarar-se como novo campeão, mas Hernandez e Michael Elgin tinham algo a dizer. Ainda assim, foi mesmo Moose a terminar a noite com o clássico título da TNA.

Outro destaque deste Impact Wrestling Rebellion foi o Fatal 4-Way que abriu o show, bem ao estilo da X-Division. O vencedor do combate acabou por ser Chris Bey, que derrotou Rohit Raju, Suicide e Trey.

Já na divisão feminina tivemos um Full Metal Mayhem entre Rosemary e Havok, com a vitória a sorrir à primeira.

Por fim, mencionar ainda a vitória de Joseph P. Ryan sobre Cousin Jake, naquele que foi o segundo combate da noite.

Resultados

– Chris Bey venceu Rohit Raju, Suicide e Trey (Fatal 4-Way)
– Joseph P. Ryan venceu Cousin Jake
– Rosemary venceu Havok (Full Metal Mayhem)
– Moose venceu Hernandez e Michael Elgin (TNA World Heavyweight Championship Match)

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste desta segunda noite do Impact Wrestling Rebellion?

5 Comentários

  1. O Chris Bey será um dia campeão X division e campeão tag team

  2. Kevin Pedro5 meses

    o antigo título da tna está de volta ?

    • Não. Como o atual título não pode ser defendido, eles aproveitaram o facto de o Moose andar a “tripar” com o pessoal ex TNA e trouxeram este título. E por um lado, acho que fizeram bem porque o Elgin tinha que lutar por alguma coisa.

      Acredito que quando puderem fazer o combate pelo título que estava agendado para ontem, o Michael Elgin vai ser World Champ.

  3. Facebook Profile photo

    Finalmente um campeão decente e um título decente nessa varzea.

  4. El Cuebro5 meses

    O segundo dia do Rebellion foi acho que melhor que o primeiro hein, gostei muito do combate inicial, Chris Bey merece uma chance pelo X-Title, é talvez um dos melhores wrestlers do Impact hoje em dia! Sobre Joey Ryan e Cousin Jake, não gostei do resultado, até porque não gosto desse novo personagem do Joey, o Jake merecia a vitória! Sobre Havok e Rosemary não gosto do que essa rivalidade se tornou, já deveria ter tido um fim há muito tempo e assim podia deixá-las livres para lutar mais dentro da divisão das Knockouts! O main event foi ótimo, tirando alguns movimentos “imprudentes” como o Moose se ajeitando para levar o corkscrew do Mike ou o próprio Mike levando o suplex do Hernandez e caindo de pescoço na lona, mas no resto wrestling de qualidade, talvez melhor do que seria Tessa vs Elgin vs Eddie, concordo que o Michael poderia ter sido nomeado Impact World Champion sem os desafiantes na luta e foi ótimo ver o cinturão da TNA de volta, é talvez um dos mais bonitos já feitos e quem sabe agora o Moose tenha ganhado a grande chance dele pelo título principal do Impact, no mais parabéns pelo especial!!