Durante o Dynasty deste domingo, Jack Perry interferiu no Ladder Match e ajudou os Young Bucks (Matthew & Nicholas Jackson) a conquistar os AEW World Tag Team Championships.

Num combate que foi louco desde os primeiros minutos, foi a dupla dos EVP’s que dominou grande parte do mesmo.

Os FTR (Cash Wheeler & Dax Harwood) foram equilibrando as contas e a loucura foi aumentando com o passar do tempo, e os quatro lutadores foram fazendo de tudo para levar os AEW World Tag Team Championships para casa.

Quando parecia que a vitória ia sorrir aos FTR, um homem mascarado empurrou Dax Harwood do topo do escadote, tendo depois revelado ser Jack Perry.

Isso abriu espaço para os Young Bucks conseguirem conquistar a vitória e os AEW World Tag Team Championships pela terceira vez.


Esperavas que Jack Perry interferisse neste Ladder Match?

12 Comentários

  1. Mas claro. Era óbvio. Veremos agora o que fazem com o Perry.

  2. Rui1 mês

    Adoroooo!

  3. Arn1 mês

    Aquele riso gozão foi óptimo. Mais disto.

  4. ITALO1 mês

    0 surpresa, vamo ver se o garoto segura o hype

  5. El Cuebro1 mês

    E aconteceu como o previsto, trouxeram o Jack de volta, num personagem heel até forte e sim ele foi ajudar os Bucks, que como imaginava são os novos campeões de duplas da AEW, talvez a decisão mais certa, ainda mais por como os personagens deles estão fortes hoje em dia e bom parece que a Elite tem um novo membro, acho que Jack Perry voltou para ficar.

  6. AlterEgo1 mês

    E inesperadamente a lenda voltou e quem fez a revelação foi o segurança. Esta mais que nunca over. Vamos ver se a AEW aproveita

  7. What?1 mês

    Lenda viva

  8. Alexandre1 mês

    Retorno feito de uma maneira perfeita.
    Muito interessante como alguns “inteligentes” depois de um fato ocorrido vem dizer “oh, isso era esperado” “nenhuma surpresa” “qual a novidade?” São os famosos “profetas do acontecido”. DEPOIS que algo acontece eles vem com um ar de sabedoria dizer: “EU JÁ SABIA DISSO” kkkkkkkkkkk

  9. Grande momento que podia ter sido ainda melhor se não fosse os constantes teasers.

    Go cry me a river!