Durante esta quinta-feira tivemos a infeliz notícia do falecimento de Daffney Unger, que se suicidou aos 46 anos de idade após ter feito uma live stream no Instagram em que se mostrou claramente com problemas mentais.

Pouco depois, começou a ser notícia que a WWE enviou uma mensagem a todos os seus lutadores, oferecendo-lhes apoio psicológico e ajuda no que for preciso, de forma a tentar evitar casos similares dentro da empresa.

Jake Atlas, que já nem sequer trabalha na WWE, disse que não queria tornar este assunto sobre si, mas sentiu que tinha de falar do facto da WWE ter pago a sua terapia durante 6 meses e como isso lhe salvou a vida. Depois, terminou dizendo que as pessoas que têm problemas mentais aprendem a escondê-los e que os outros devem tentar ajudar.

Se podemos acusar a WWE de muita coisa, a verdade é que neste caso de Jake Atlas e em tantos outros casos, como os de pagar por tratamentos de reabilitação a ex-lutadores, a empresa tenta fazer sempre o seu melhor.

Por outro lado, Karl Anderson aproveitou esta situação para responder ao jornalista Sean Ross Sapp do Fightful, que divulgou a informação de que a WWE pagava por apoio psicológico aos seus lutadores, dizendo que a WWE não presta, tendo em seguido discutido com vários fãs através do Twitter.


O que pensas desta situação?

10 Comentários

  1. Não é atoa que esse comédia do Karl Anderson é careca. Segue tua vida, rapaz.

  2. Bom saber que a WWE se preocupa com seus empregados dessa forma. E ao que parece o Karl Anderson não superou até hoje sua demissão, esse não é o tipo de assunto para ficar atacando sua ex-empresa.

  3. El Cuebro2 semanas

    Bom saber disso, eu tinha ideia da WWE cuidando da saúde mental de seus atletas, só não sabia quem poderia estar passando por isso, legal o Jake ter falado, queria muito tê-lo visto como Cruiserweight Champ, ele é muito talentoso, espero que possa voltar a fazer muita coisa boa em outras empresas!

  4. Anónimo2 semanas

    Excelente atitude por parte da WWE, ainda bem que fazem isso! Quanto ao Karl Anderson, perdeu uma boa oportunidade para estar calado.

  5. É uma grande atitude!

  6. Balhote2 semanas

    Acho que o Karl Anderson ainda está com azia de ter sido posto a andar da WWE. Mas enfim, hoje em dia falar mal da WWE tornou se normal na comunidade de wrestling, andam sempre com o nome da WWE na boca. Sobre o resto acho que a WWE faz bem em ter este tipo de atenção com os seus lutadores.

  7. dieho2 semanas

    WWE pode ser horrivel nas outra forma de tratamento de seus atletas,mas nessa eles mandaram muito bem