Faz login e remove a publicidade
Frank casino

O movimento #SpeakingOut abalou o mundo do Wrestling com dezenas de alegações e acusações contra lutadores, árbitros, treinadores, entre outras figuras do panorama da modalidade, sobretudo no cenário independente.

Depois dos despedimentos de Jack Gallagher, El Ligero e Travis Banks em resultado das várias acusações de que foram alvo, a WWE terá agora agido contra mais três pessoas do NXT UK. Segundo o PWInsider e entretanto confirmado pelo Wrestling Observer, empresa suspendeu Joe Coffey e despediu dois árbitros.

O lutador escocês de 32 anos e antigo candidato ao NXT UK Championship, foi suspendo depois de ter visto o seu nome envolvido num caso em que tocou de forma inapropriada numa mulher e lhe enviou fotografias não solicitadas. A denúncia foi anónima e a mesma que denunciou Travis Banks.

Quanto aos dois árbitros do NXT UK que foram despedidos, tratam-se de Joel Allen e Chris Roberts. O primeiro apareceu num vídeo com Travis Banks a fazer comentários depreciativos sobre mulheres. Já o segundo foi acusado de assédio sexual a uma rapariga de 15 anos.

Ainda sobre o NXT UK, era esperado um anúncio sobre o futuro da brand europeia da WWE para esta terça-feira, mas isso não aconteceu, pelo menos publicamente. No entanto, o PWInsider avança que os oficiais da WWE avisaram o roster do NXT UK para estarem “preparados” para regressar aos shows em breve.


O que achas desta suspensão e despedimentos no NXT UK?

12 Comentários

  1. Facts1 mês

    Nem os árbitros escapam… Isto está a ser arrebatador.

    • Se o vídeo mencionado na notícia é o mesmo vídeo que vi no outro dia, então só devia era ter sido despedido mais cedo. É com cada aberração neste mundo.

    • Facts1 mês

      É mesmo, concordo.

  2. A WWE tem agido bem e está a fazer o que tem de fazer, mas uma coisa que é importante é que eles só são culpados até haver provas, logo a WWE só devia despedir a partir do momento que há certezas e penso que é isso que está a fazer.

    • CoffinMeme1 mês

      Foi quase como aconteceu com o Enzo Amore, so que ele nao avisou a empresa do processo.

  3. Cada vez pior. Querem ser “campeões” e dá nisto.

  4. Volto a dizer,se há provas claras de ilícitos cometidos por wrestlers,árbitros ou seja o que for o despedimento é uma boa medida

  5. Rodrigo1 mês

    Como disse na notícia do possível fim do NXT UK, em resposta a um comentário do Goat of Wrestling, acredito que o Joe Coffey seja um dos nomes que a WWE tente manter no roster caso acabe com a brand britânica. Se fosse um lutador menos utilizado como Joseph Conners ou Ashton Smith penso que era logo despedido, como foi o Coffey foi apenas uma suspensão.

  6. Pedrito1 mês

    Naturalmente que se provando o que fizeram e é uma vergonha e chocante as notícias que têm vindo a lume têm de pagar por isso. E acho que o facto de até árbitros serem despedidos mostra e acho muito bem isto vale para todos não é por não lutares que não te acontece nada.

  7. El Cuebro1 mês

    Eu acho que somente suspenderam o Joe pelo fato dele ser um campeão da empresa, porque dependendo de seu status na marca poderia até ser demitido, num mais que tudo isso se resolva da melhor forma o quanto antes!

    • CoffinMeme1 mês

      o irmão dele, o Mark e que e campeao de equipas da UK juntamente com o Wolfgang.

  8. Anónimo1 mês

    Se têm provas, acho bem que sejam despedidos. Caso não tenham, deviam analisar tudo muito bem, antes de despedir alguém.