Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Como main event do WWE NXT TakeOver: Portland tivemos o NXT Championship Match entre o campeão Adam Cole, um dos maiores campeões da história do NXT, e o candidato ao título Tommaso Ciampa, um ex-campeão que nunca chegou a perder o seu título, pois teve que abdicar dele no início de 2019, devido a lesão.

A rivalidade entre os dois lutadores era enorme e isso viu-se logo desde os minutos iniciais, com ambos a tentarem impingir dor no adversário, além de naturalmente quererem vencer o combate. Como seria de esperar, foi um combate longo e repleto de grandes golpes, não só dentro, como também fora do ringue. Tanto Adam Cole como Tommaso Ciampa deixaram tudo no ringue para saírem de Portland como campeão.

Um exemplo foi o finisher de Tommaso Ciampa, aplicado da 2ª corda, que mesmo assim não lhe deu a vitória.

Depois disso foram as duas Powerbombs aplicadas por Tommaso Ciampa no seu adversário, com a segunda delas a partir a mesa de comentadores. Aos poucos, começávamos a ver cada vez mais ação neste frenético combate.

As false finishes iam-se seguindo umas a seguir às outras. Cada vez os lutadores iam ficando mais perto da vitória, mas sem nunca a conseguir realmente atingir. A ação voltou para fora do ringue e assistimos inclusive a um Panama Sunrise do campeão Adam Cole em Tommaso Ciampa, que por muito pouco lhe dava a vitória. O “Blackheart” safou-se e manteve o sonho, de reaver o título, vivo.

O combate estava mesmo incrível e o público cantava “Fight forever!” (“Lutem para sempre!”). Literalmente, parecia que Adam Cole e Tommaso Ciampa iam lutar para sempre, pois nenhum golpe ou finisher lhes garantia a vitória no combate. Isto levou a que a Undisputed ERA aparecesse para tentar ajudar o campeão.

Roderick Strong distraiu o árbitro do combate, enquanto que Bobby Fish e Kyle O’Reilly fizeram o trabalho sujo nas costas do mesmo, atacando Tommaso Ciampa. Mas nem isso foi suficiente para o derrotar, tendo mesmo o candidato ao título acabado por despachar a Undisputed ERA.

Seguiram-se depois low blows e tentativas de ataque com o NXT Championship, mas nem isso determinou um vencedor neste embate que parecia interminável. Tommaso Ciampa esteve muito perto de vencer, mas o árbitro tinha sido atirado para fora do ringue e não estava lá para a contagem do pin que lhe daria a vitória.

Pouco depois, Johnny Gargano também apareceu em cena e todos pensaram que era para ajudar o seu parceiro dos #DIY, mas não… Para grande surpresa de todos, Johnny Gargano impediu Tommaso Ciampa de usar o NXT Championship contra Adam Cole, e ainda atacou o seu parceiro.

Ao campeão Adam Cole bastou depois fazer o pin, para arrecadar a vitória no combate.

O que achaste deste NXT Championship Match entre Adam Cole e Tommaso Ciampa? Esperavas a vitória de Adam Cole com traição de Johnny Gargano sobre o seu parceiro dos #DIY?

12 Comentários

  1. jefferson silva5 meses

    excelente combate

  2. Apexpredator5 meses

    Vingança

  3. Victor5 meses

    Um dos melhores combates da história do NXT na minha opinião

  4. Que combatezorro! Era um dos main events da história do NXT que mais prometia e, na minha opinião, não defraudaram as expetativas.
    Sobretudo aquela fase final do combate foi de loucos, desde o momento em que o resto dos Undisputed ERA aparece até ao choque com o turn de Johnny Gargano…
    Simplesmente fantástico o storytelling, pois Tommaso Ciampa já havia traído antes Gargano em 2017/2018. Vem aí uma rivalidade intensa entre os membros do #DIY, a culminar provavelmente no próximo NXT TakeOver: Tampa Bay.
    Em relação a Adam Cole, safou-se de boa e é agora o único membro dos UE que possui ouro na sua cintura. Pelo facto dos comentadores terem mencionado várias vezes o facto de estar quase a bater o recorde de tempo consecutivo enquanto campeão principal do NXT (recorde que ainda pertence a Finn Bálor), diria que o irlandês será o próximo candidato.

  5. El Cuebro5 meses

    Eita nova heel turn pro Johnny sinceramente não esperava, não gostei muito, mas pode trazer uma emoção a mais até o TakeOver pré-Mania, no mais bom combate e acho que podemos ter até uma Fatal 4-way pelo título do NXT!

  6. L26MC5 meses

    Não sei se gostei ou desgostei deste ataque, talvez fosse uma má opção ter tornado novamente o Gargano heel.
    Já houve uma rivalidade quente entre Gargano e Ciampa, e agora termos mais 2/3 combates entre eles novamente no futuro… Acho que preferia um heel turn de Gargano a juntar-se aos Undisputed Era, para tornar futuramente o grupo uma espécie de Nexus e começarem a atacar tudo e todos semanalmente no NXT, até outros lutadores criarem uma aliança para os combater.
    Mas vamos lá ver se pode haver algo novo nesta rivalidade, qualidade já sei que terá.

  7. Pedro5 meses

    Foi muito louco. É como se o Nxt me fizesse lembrar do primeiro ano q eu assisti Wwe.
    Muita emoção.

  8. Anónimo5 meses

    Foi um excelente combate sem dúvida. Com este ataque do Johnny Gargano ao Tommaso Ciampa, o mais certo é eles entrarem em rivalidade, gostava que o próximo candidato ao titulo do NXT fosse o Finn Bálor.

    • "THE FIEND"5 meses

      Gostei da tua ideia Anónimo, a do Finn Bálor.

  9. Facebook Profile photo
    Vando Tiago Pedrosa do Pinhal5 meses

    Adam e fraco, tem de ter ajuda, também ia perdendo com o Daniel brayan, e como o cobarde do Seth é ric clear, precisam de amigos, fracos

    • Facebook Profile photo

      O Adam é dos melhores. Se ele neste momento está fraco é porque o têm de ser. Lembra-te que é tudo “feito” não existe bons, nem maus. Se formos por aí o John Cena nem na WWE entrava. Só entrou pelo o físico, porque de técnica de Wrestling não têm nada.

  10. Litos4 meses

    Pelos comentários daqui, vejo que a opinião geral é de que as pessoas gostaram do combate (eu inclusive). Mas já vi várias críticas por causa dos false-finishes e de tanto o Cole como o Ciampa deram kick out a coisas que não deviam dar kick out. O que acham sobre isto?