Esta semana tem havido uma grande discussão sobre quem é o melhor lutador do mundo, com Jim Ross a afirmar que é Randy Orton e com Kenny Omega a surgir atacando os comentários do lendário comentador.

Em entrevista ao Daily Star, Kofi Kingston falou sobre o assunto e defendeu Randy Orton como um dos melhores do mundo.

Toda a premissa de “quem é o melhor” é realmente subjectiva. No que diz respeito ao Randy [Orton], acho que ele tem a capacidade de fazer tantas coisas tão bem. Muitas pessoas pensam que, por ele não fazer muitos movimentos, ele não é bom, mas isso simplesmente não é verdade.

Isto não se trata de movimentos; trata-se de ser capaz de se conectar com o público e expressar o que estás a pensar sem dizer muito – fazer as pessoas observarem-te. Se observares o Randy a mover-se pelo ringue, ele move-se tão lentamente e cada passo tem um propósito – tu não consegues tirar os olhos dele, mas ele “não faz nada”, certo? Ser capaz de fazer isso é um talento absoluto.

Ele tem uma certa aparência, ele apresenta-se de uma certa maneira… tu sentes isso. Isso é o que o torna ótimo e não apenas bom. O que o Randy faz é único nesse sentido – ele faz muito sem fazer nada, então eu teria que colocá-lo na conversa como um dos melhores [de sempre].

Ser capaz de durar tanto… ele é ainda mais atraente agora e de várias maneiras diferentes. Então, como lutador, não podes ter uma conversa [sobre o melhor] sem Randy [Orton], apenas por causa da longevidade. Isso não acontece por acaso.

Kofi Kingston continuou a falar de Randy Orton e afirmou mesmo que ele já é um Hall of Famer.

Agora ele é o lutador que tem mais experiência no roster – não consigo pensar em ninguém atualmente com mais experiência do que ele, então tens que respeitar isso. Ele tem o respeito de muitas pessoas e de muitas maneiras diferentes. Ele mudou de muitas maneiras também, e acho que vês esse crescimento pessoal.

Na minha mente, ele já é um Hall of Famer. Eu nunca disse nada disso a ele, pois ele nunca me deixaria esquecer isso! Então ele nunca vai ouvir isso sair da minha boca, mas eu não posso sentar-me aqui e mentir-te e dizer que ele não está lá, porque ele definitivamente está.


Concordas com estas declarações de Kofi Kingston a respeito de Randy Orton?

16 Comentários

  1. Que já é hall of famer isso é óbvio,podia ter acabado a carreira à 5 anos e continuaria a ser.
    Ele está na WWE a quase 20 anos e ainda é jovem (40 anos) e ainda pode fazer muito mais caso esteja interessado.
    Para mim o Randy entra na conversa para um dos melhores do mundo,pois é dos wrestlers que mais gosto de seguir.

    • Victor Silva2 semanas

      Concordo. se o Randy se retirar hoje, amanhã mesmo é capaz de estar na indução. Para mim ele é um Hall Of Famer (em atividade) a muito tempo, só falta oficializar por assim dizer.

    • O melhor do Randy Orton é mesmo esse. É um veterano mas ainda tem uns aninhos valentes à frente para nos dar mais momentos e mais reinados

  2. Disso não tenho dúvidas!
    Só falta mesmo saber para quando é a premiação!

  3. El Cuebro2 semanas

    Com certeza o Randy já é um Hall of Famer, o mesmo para o Triple H, Daniel Bryan também, boa declaração do Kofi!

  4. É verdade, o Randy já é um Hall of Famer pelo menos há uns aninhos valentes. O mesmo para o Triple H, John Cena e obviamente o Undertaker

  5. Kay Orton2 semanas

    Um HOF conhece outro HOF

  6. WholeRollinsShow2 semanas

    E quem é que não é hall of famer na WWE? Toda a merd* lá vai a parar já…

    • WholeRollinsShow2 semanas

      Atenção, não tou a dizer que o randy não merece, top 10 all time sem dúvida, só que o HOF da WWE não tem credibilidade nenhuma.

    • Eduardo2 semanas

      Isso é verdade, se varios nomes que nunca fizeram nada pelo wrestling estão no Hall of Fame, para um Randy Orton que ja fez e continua fazendo tanto sabemos que é só questão de tempo até ele entrar para o Hall.

    • Victor Silva2 semanas

      Em um ponto tens razão, gostaria de entender o critério para o Hall Of Fame da WWE

  7. Concordo, Randy Orton é um dos melhores lutadores das últimas duas décadas. E explicação perfeita por parte de Kofi Kingston, que resumiu a unicidade de “The Viper” de forma concisa.

  8. Anónimo2 semanas

    Concordo com o Kofi Kingston.

  9. Facebook Profile photo