Frank casino

Depois de ter sido reportado esta quarta-feira que a WWE registou mais de duas dezenas de casos positivos de COVID-19, surgem agora mais alguns detalhes e informações sobre tudo o que aconteceu e como é que a empresa está a lidar com toda a situação.

O PWInsider avançou que o número de infectados atinge as duas dúzias (24) e que nele se incluem lutadores, pessoal das equipas de produção, responsáveis, entre outros. Sabemos que Renee Young é uma das pessoas infectadas.

Segundo o Post Wrestling, WWE tem planos de gravar mais dois episódios do Raw e SmackDown esta sexta-feira e sábado (26 e 27 de Julho). Foi pedido que os lutadores e atletas do Performance Center viajem mais cedo, para serem submetidos a testes antes das gravações, esta quarta e quinta-feira.

O Wrestling Observer confirma que um dos infectados estava agendado para participar no Raw ou SmackDown que serão gravados neste final de semana, confirmando também que os shows da brand azul terão que ser alterados por causa destes casos de COVID-19.

Já segundo o Fightful, os amigos e família que estiveram no público durante a última ronda de gravações da WWE já não estarão presentes nesta nova ronda de gravações. Uma medida de segurança imposta pela WWE, que deve voltar assim a utilizar apenas atletas do Performance Center.

O PWInsider também avança com a informação de que existem muitas pessoas descontentes com a forma como a WWE tem lidado com esta situação, pois a empresa deveria demonstrar maior preocupação e cuidado com as viagens durante este período de pandemia. Existe receio que o COVID-19 se alastre a famílias de lutadores e staff da WWE.

Por fim, o Wrestling Observer também afirma que é expectável que o pessoal infectado seja agora isolado, assim como algumas pessoas que tiveram contacto direto e próximo com essas pessoas infectadas. Os testes deverão ser agora feitos todas as semanas e até talvez duas vezes por semana.

Em reação a tudo o que está a acontecer, a WWE afirmou ao CBS Sports:

A WWE continuará a fazer testes de COVID-19 ao seu talento, pessoal de produção e empregados antes das gravações televisivas no futuro próximo.


O que achas de toda esta situação?

7 Comentários

  1. Volney3 meses

    Vish

  2. A WWE está metida numa valente salgalhada e diga-se que muito por culpa e teimosia própria.

  3. Isto era totalmente evitável. Mas o Vince foi teimoso ao ponto de não querer fazer testes, agora está na desgraça que está.

  4. Facts3 meses

    Sinceramente não acho que os lutadores do performance center façam assim tanta falta. Talvez desse para reduzir a sua quantidade e implementar algum som artificial. Assim teríamos um ambiente melhor e sem riscos.

  5. Nada que não estivesse a espera.
    A Florida é dos estados com mais casos dos EUA e não iria haver casos de COVID-19 na WWE?
    O Vince brincou com o fogo e agora é o que se vê

  6. Anónimo3 meses

    Esta situação podia ter sido melhor controlada.