Mick Foley é uma das maiores lendas da história do Wrestling e alguém que nunca tem problemas de dar a sua opinião sobre vários assuntos. Depois do sucesso que foi o All Out do passado domingo, a “Hardcore Legend” divulgou um vídeo no seu Facebook onde afirmou que a WWE neste momento tem um problema com a AEW.

Olá, aqui é o “Hardcore Legend” Mick Foley. Gostaria de intitular este vídeo: “WWE – We’ve Got a Problem”, porque penso que sim e esse problema é que a WWE já não é o lugar em que os lutadores querem estar. Parte disso é porque a AEW está a fazer um grande trabalho de atrair grandes talentos, lutadores de renome, construir outros talentos, criar boas histórias, mas parte disso é um problema da sua própria autoria [WWE]. Penso que os jovens talentos vêem a forma como as personagens que vêem do NXT são cortadas ou deixadas pelo caminho, ou no caso de Karrion Kross, muito diluída e até gozada quando se estreiam no main roster. Se algo não estiver estragado, não o tente arranjar.

Se eu fosse agora um jovem lutador com uma grande decisão a tomar, não tenho a certeza se confiaria na criatividade da WWE para fazer a coisa certa com a minha carreira. Vocês fizeram maravilhas comigo no passado… Era um tempo diferente, um lugar diferente. Se fosse hoje, não tenho a certeza se confiaria nos responsáveis para terem a minha carreira nas mãos deles, e até isso mudar, WWE – vocês têm um problema.


O que pensas destas declarações de Mick Foley sobre a WWE?

30 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Tiago2 semanas

    Não disse nenhuma mentira infelizmente.

  2. hehe2 semanas

    aconselho o pessoal a ver as conferencias de imprensa da AEW e as expressões faciais do tony khan impossível nao gostar dele LOL faz lembrar um puto entusiasmado

  3. mark2 semanas

    a wwe nao tem que dormir a sombra da bananeira tem que progredir evoluir ouvir

  4. mark2 semanas

    a wwe nao pode dormir a sombra da bananeira tem que agir

  5. Facebook Profile photo
    Diogo2 semanas

    A wwe e que esta a dar um tiro no pe claro que a AEW tem feito um bom trabalho mas tb certas atitudes da wwe e que fazem os wrestlers a sair de la

  6. Bruno2 semanas

    A WWE tinha tudo para apresentar de longe os melhores programas, talento não falta mesmo com toda a gente que saiu. Enquanto lucros forem altos como tem sido, não creio que mudem, olham ao lucro accionistas estão satisfeitos, está tudo bem. A mudarem é passarem a apresentar lucros abaixo do esperado ou prejuízos, até lá não creio que mudem.

  7. Kay Orton2 semanas

    Acreditem, eu demorei pra entender qual era a ideia dos wrestlers da AEW e própria empresa.
    Eu achava que era tudo pra chamar atenção da maior empresa de “Wrestling”, pra terem mais público, mas é MUITO, MUITO, MUITO além disso.
    O que a AEW esta fazendo é uma revolução de um produto mais sincero, honesto, e trazer novamente o que é Wrestling. Apenas abram os olhos.
    Mick Foley, vc é uma lenda absoluta nesse negócio.

  8. Caracolis… Mandou a real.

  9. Anónimo2 semanas

    A WWE é o seu pior inimigo, eles têm um roster talentoso, e podem fazer muito melhor. Têm de começar a melhorar em certos aspetos, e não ficarem só focados no lucro.

  10. Verdade. O que a WWE fez na Attitude Era foi genial, enquanto que a WCW ia contratando as estrelas da WWE por enormes salários e cláusulas criativas, a WWE aproveitou o talento que a WCW não soube aproveitar, Austin, Triple H, Foley, Taker, Jericho, etc e fez destes estrelas.
    Hoje a WWE só vê o Reigns, com os outros todos falha tremendamente, tem um roster em que quase todos correm sérios riscos de entrar em “budget cuts”

  11. Bruno Fec2 semanas

    Apenas disse a verdade. é que basta ver que os wrestlers que vão para a AEW como Punk, Bryan e Adam Cole, tal como antes Omega ou os Young Bucks não é pelo dinheiro, pois a WWE ofereceria mais certamente.

  12. Facebook Profile photo
  13. darontankian2 semanas

    falou tudo!

  14. É um “bom” problema para a WWE vão ter que elevar a fasquia se quiserem-se manter no topo em termos de qualidade e audiências.

  15. Facebook Profile photo
  16. copycat2 semanas

    depois disto vince ja deve estar farto de ouvir o mick ele nunca aceita opiniões

  17. Braullino2 semanas

    Mick Foley falando duras verdades

  18. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

    Eu acho que a WWE cresceu demasiado para o desporto que é o wrestling. Ou seja, a sociedade começou a não aceitar certas coisas que atraiam o principal target da WWE e como a mesma quis crescer de forma global, começou a moldar o seu produto ao target mais generalizado e hoje temos uma infantilização de algo que não é perceptível com o que estamos a ver. O que nós vemos são homens e mulheres nos seus 30s, disputos a “andar à pancada” por qualquer razão (seja título, seja uma provocação, não importa), mas depois é tudo com cuidado, não há ninguém a superiorizar-se por causa do booking 50/50, etc. Se a isto juntarmos a falta de criatividade para produzir novas histórias, então ainda é pior. A WWE viveu um período, onde estava o Mick Foley, de grande compromisso e de disputar cada show como se fosse o último (e podia ser, basta ver a WCW). Após isso, a WWE tinha os direitos da WCW, da ECW e da WWF, o que levou a uma criação de talento incrível e de onde persistiram os que na Atitude Era tinham trintas e poucos (HHH, HBK, Big Show, Kane, Edge…). Só que isso durou apenas mais uma década, eventualmente mais 15 anos, no máximo. E a incapacidade da WWE criar novo talento após ter vivido esse período e porque pensava que Cenas e Ortons apareciam sempre, pois já não havia concorrência, juntamente com o descrito acima, levou-nos onde estamos hoje. Sem ser os Shield (dois deles) e K.O (que termina contrato em 2022), não há ninguém do NXT que tivesse muitos anos para dar e que tivesse causado impacto, porque também não lhes dão esse espaço.
    Para agravar toda esta situação, surgiu a AEW, totalmente nova, com um novo pensamento de querer + wrestling e – marketing, com uma fantástica gestão de recursos humanos e com capacidade financeira suficiente para rivalizar com a WWE e neste momento, o roster da AEW é, no mínimo, tão bom, em termos de qualidade, quanto o da WWE e isso custa muito a conseguir, não só a nível financeiro.
    A prova de tudo isto foi a guerra da AEW contra o 3º roster da WWE, NXT. Seja como for, uma vitória. E a continuarem assim e a julgar pelos espectáculos recentes, não me admira nada que a AEW, como disse o Jericho, começe a rivalizar com o Raw (claro que a WWE consegue mudar isto, sem mudar o produto, basta passar o RR para o Raw). Mas precisar do seu melhor para superar uma empresa que tem 2/3 anos de vida, é muito significativo. Mas não precisam de acreditar nem de concordar com nada do que aqui foi escrito. Basta o Mick Foley.

    • Kick_Ass2 semanas

      Tocaste num bom ponto… Tivemos uma época dourada entre o final da Attitude Era e os inicios Ruthless Aggression Era onde tinhas MUITO lutador de qualidade… A WWE agarrou-se a eles durante mais de uma década o problema foi que depois do fim da Ruthless Aggression Era muitos foram se afastando do wrestling seja pela idade, lesões ou outras opções de carreira. Isso levou a um desiquilíbrio no roster, penso que o Undertaker chegou a falar desse assunto numa entrevista. E como vez desde o início da PG Era são poucos os lutadores que chegaram ao estatuto de main eventer consagrados, esse sempre foi o principal problema da WWE…. Neste momento está estagnada com um produto gasto e sem piada e para piorar nem rentabilizar o roster conseguem.

    • JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

      Sem duvida. Muito por culpa do politicamente correcto. Acho que isso veio estragar por completo o wrestling. Percebo que a morte de Chris Benoit, como foi, tenha pedido uma revolução e não existindo uma alternativa, ou se via WWE ou não havia um produto para morder os calcanhares da empresa. A questão é que agora existe um novo paradigma. A WWE tem de pensar em qual quer que seja o seu público-alvo e agir em conformidade com ele. Não existe nenhum produto que seja para toda a família. Nem a Google, nem a Coca-Cola. Há coisas que aconteceram na A.Era que são más, não digo o contrário. Ainda ontem vi a rivalidade do Jeff Jarret vs Chyna e num dos segmentos o Double J vestiu a Chyna com um avental e uma frigideira. Obviamente que isso seria chocante e alvo de critica. Mas há segmentos e segmentos. No Unforgiven de 1999, o main event foi um six man match entre o British Bulldog, HHH, Kane, Big Show, The Rock e Mick Foley. E estavam todos over. Não houve discriminação, não houve difamação nada. E o vencedor ia competir com o Stone Cold Steve Austin pelo título. Uma rivalidade dessas, hoje em dia, não podia existir? Não há star power suficiente para colocar 6 gajos? Eu acho que há, a questão é dare, oportunidade.

      Já agora, outra coisa que me irrita é a WWE julgar na praça pública e não levar à séria o “inocente até prova em contrário”. Afinal, o Velveteen Dream ainda não foi condenado, correcto? E estava ali um main event material. Mas porque é que não deu certo? Lá está, marca que cresceu demasiado em termos de marketing e tem uma imagem a manter ao invés de vender o seu produto.

    • Kick_Ass2 semanas

      A WWE tornou-se demasiado imagem e pouco pro-wrestling. E para piorar não querem saber da opinião do público, basta ver estas ultimas entrevistas do Nick Khan… tudo o que diz só me dá a entender que é um charlatão atrás dinheiro e mais dinheiro e essa é a mentalidade dos executivos dentro da WWE e não de melhorar e inovar o produto produzido.
      Verdade seja dita nunca a famosa pipe bomb do CM Punk fez tanto sentido como agora, o produto da WWE está gasto e mais do que gasto e a AEW foi uma lufada de ar fresco para os fãs de wrestling. Quem sabe se a WWE deixar o ego de parte comece a melhorar o produto para combater o crescimento da AEW. Seria excelente! teriamos wrestling de qualidade a semana inteira.

    • Kick_Ass2 semanas

      O caso do Velveteen Dream é dos que mais custa a ver… nada foi provado e crucificaram o homem!
      Era dos lutadores que mais gostava de seguir no NXT, adorava o ver em outra empresa mas esta história veio prejudicar em muito a suas aparições em TV.

    • JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

      Concordo. Espero que possa recuperar, ainda é muito jovem. Talvez o Impact fosse um bom sítio para recomeçar.

  19. Kick_Ass2 semanas

    Em 1.13 minutos explicou bem o problema que tem se passado na WWE… É feito um trabalho espetacular no NXT sobem ao main roster nem 50% são aproveitados… É trabalhar para nada, deve ser este sentimento que o Triple H tem.
    Para uma empresa enorme como a WWE é ridiculo esta gestão! Só perdem tempo e dinheiro.

    A AEW por sua vez tem conseguido projetar jovens lutadores, aproveitando os lutadores que a WWE não sabe bookar e conseguiu um acordo com a NJPW coisa que a WWE falhou… Já disse várias vezes e volto a dizer a AEW veio para ficar e a WWE vai acabar por ser obrigada a fugir ao produto PG para combater a AEW.

  20. Concordo com tudo. A equipa criativa da WWE e os responsáveis estão a fazer um trabalho horrível. Não entendo porque insistem tanto em mudar as personagens da NXT que vão para o main roster. Se aquilo está bom, porquê mudar? Podiam acrescentar algo ao personagem, tentando melhorar. Mas eles mudam completamente e para pior. A AEW neste momento é superior à WWE. E não é só a AEW. A WWE já fez grandes coisas no passado, mas atualmente aquilo está horrível. Neste momento nem ver os resultados dos combates me interessa.

  21. JP2 semanas

    É a verdade… Porém temos um vince que parece não ver isso. Honestamenteparece a encarnação daquele meme do Skinner: ” am i out of touch? No, it’s the children who are wrong”

  22. exodia2 semanas

    Falta sangue, excelentes rivalidades, um pouco de palavrões e oportunidades para lutadores engavetados.

  23. O que ele disse é verdade e o tal “problema” cada vez fica maior!