Nash Carter foi despedido pela WWE no dia 6 de Abril, mas no meio de todas as acusações de violência doméstica feitas pela sua mulher, o que fez a empresa despedir o lutador do NXT foi uma fotografia sua a imitar Adolf Hitler.

Já esta segunda-feira, num comunicado na sua conta de Twitter, Nash Carter explicou que não há palavras suficientes para descrever o quão envergonhado ele está e quer pedir desculpa pelo seu comportamento na fotografia que tirou em 2015.

O lutador explicou que alguém o tentou chantagear em 2020 para que esta fotografia não fosse partilhada e que então ele partilhou-a com a sua esposa, para os dois discutirem a situação, e que esta, quando os dois estavam em processo de divórcio, acabou por a partilhar.

O ex-lutador do NXT explicou que durante o último mês tem refletido bastante e quer pedir desculpa e mostrar todos os remorsos que tem pelo que fez, e que espera que o seu erro faça com que outros aprendam com o que lhe aconteceu e sobre a tragédia que foi o Holocausto, e que esta fotografia em nada representa o que ele é enquanto pessoa.

Mesmo depois deste pedido de desculpas, os fãs continuam a tentar “cancelar” o lutador, o que fez com que MJF, alguém que nunca escondeu que é judeu, fazer algo que raramente faz, que é quebrar o kayfabe e vir a público defender o amigo.

Num tweet entretanto apagado, o lutador da AEW escreveu que viveu com Nash Carter e que este não é anti-semita e que as pessoas deveriam parar de tentar “cancelá-lo” e deveriam deixar o lutador fazer o seu trabalho.

Pouco depois, MJF explicou que ele não é uma personagem, mas sim uma pessoa com cérebro, e que não se excita sexualmente a tentar “cancelar” outras pessoas, tendo terminado a resposta a um fã dizendo para ele ir comer p*las.


O que achas deste comunicado de Nash Carter e reação de MJF?

2 Comentários

  1. Shockmaster1 mês

    A última frase desta notícia tá muito boa 😂