Navega no Wrestling PT sem pop-ups

Novidades acerca da marca WWE UK

O PWInsider está a reportar que a WWE ainda não desistiu da ideia de criar uma marca da empresa dedicada a talentos do Reino Unido, e vários canais de televisão britânicos já receberam propostas da WWE para tornar este conceito numa realidade.

A ideia, que vinha a ser estudada pela empresa americana à vários anos, começou a concretizar-se com a realização do UK Championship Tournament, onde a WWE apresentou vários talentos britânicos ao seu público como Pete Dunne, Tyler Bate, Wolfgang e Trent Seven. Mas após este evento, estes lutadores permaneceram no circuito independente, aparecendo pontualmente no NXT e nos seus Takeovers, apesar de permanecerem ligados à empresa através de um contrato que dá prioridade de utilização à WWE.

Neste momento, a ideia a ser mostrada aos canais britânicos chama-se WWE King of the Ring, e seria uma marca exclusivamente com lutadores britânicos, filmada no Reino Unido. É interessante ver a WWE a reciclar o nome King of the Ring, que em tempos foi um torneio com grande importância, que acabou por desaparecer em 2006 e regressar esporadicamente.

Curiosamente, um dos canais britânicos que foi contactado pela WWE acerca deste projeto foi a ITV, que tinha ambições de trazer de volta a marca World of Sports com ajuda da Global Force Wrestling, tendo feito um episódio-piloto, contratado lutadores e agendado gravações em Maio, que acabaram por não acontecer devido a “problemas logísticos”, segundo as empresas envolvidas. Uma das razões que levou a WWE a realizar o UK Championship Tournament foi esta potencial ameaça no mercado britânico, visto que a WWE já tinha tentado no passado comprar a biblioteca de video da World of Sports, mas a ITV nunca quis vender.

Será interessante ver se algum canal britânico está interessado em investir neste projecto com a WWE e o que isso poderá querer dizer para o regresso do World of Sports à televisão britânica. Outras duas empresas que podem também ser afetadas por estas negociações são a Progress Wrestling e a ICW, que assinaram contratos de parceria com a WWE e que, supostamente, estariam prestes a ser incluídas na WWE Network.

Enviar notícia para o Wrestling PT

4 Comentários

  1. DigOwens - há 1 mês

    O King of the ring foi abandonado em 2002. Em 2006 foi um dos regressos pontuais do torneio.

  2. KILL OWENS KILL - há 1 mês

    Desde que seja bem feito e não igual a porcaria do 205, por que não tentar? O talento está lá, só espero que usem os mesmos bookers do NXT 🙂

  3. Ri F - há 1 mês

    Se realmente for algo de circuito fechado no Reino Unido não vejo o interesse da WWE, há de facto dinheiro a fazer com esse mercado mas não vejo como o suficiente para um investimento tão grande. Se permitirem no entanto, que os shows sejam transmitidos na network mesmo que com alguns dias de atraso já ia despertar não só o meu interesse, como certamente o de muitos fãs. Isso e continuarem a permitir que o título seja defendido nos especiais do NXT ou mesmo da WWE em geral e a ocasional presença de lutadores britânicos da WWE no próprio programa. Assim numa data especial podemos ver por exemplo o Sheamus ou Jack Gallagher a desafiar os lutadores do programa.

    • Ramiro - há 1 mês

      … Tirando o facto de que o Sheamus não é britânico, claro.
      Qual o interesse de usar só lutadores britanicos? Também quererão fazer outros programas só com canadianos, mexicanos, japoneses…?
      Qualquer um dos que participaram no torneio britanico tem qualidade para integrar qualquer “roster” da WWE.

Comentar

Editar avatar »