Ontem foi noticiado que a WWE tinha imposto limites nas redes sociais das suas Superstars, no que diz respeito a menções a outras empresas, negócios, marcas, pessoas ou até instituições de caridade no Twitter e Instagram, podendo a violação desta política levar a multas e suspensões.

Entretanto, mais detalhes surgiram sobre esta nova política de redes sociais da WWE, que está a ser vista como uma extensão da medida aplicada há alguns meses atrás que proibia as Superstars de estarem presentes ou de ganharem dinheiro em plataformas como Twitch, Cameo e TikTok.

No Wrestling Observer Radio, Dave Meltzer e Bryan Alvarez deram um exemplo de uma publicação que poderia ser considerada como uma violação desta nova política, como uma fotografia de uma Superstar num restaurante ou com um carro, como um influencer a promover uma empresa ou produto.

No entanto, os jornalistas esclareceram que a nova medida e possível multa ou suspensão só é aplicada à Superstar caso esta faça dinheiro com essa publicação. O objectivo não é controlar a actividade das Superstars nas redes sociais, mas só impedir que estas façam dinheiro com as suas plataformas.

A WWE não quer que as suas Superstars usem o seu nome e popularidade que ganharam na empresa para fazerem dinheiro fora da mesma, correndo o risco de promover empresas ou produtos que não sejam seus parceiros.


O que achas desta nova medida aplicada pela WWE que limita a actividade das suas Superstars nas redes sociais?

13 Comentários

  1. Novos detalhes, mais do mesmo…

  2. Numa empresa deste calibre quer queiramos ou não faz sentido

  3. Brock2 semanas

    Ditadura

    • 😂😂😂😂😂 Claro que sim, porque na empresa que você trabalha (não sei se trabalha), você pode fazer tudo o que quiser, sem regra nenhuma…

  4. The Phenomenal One2 semanas

    Acho que a WWE está errada em impor esses limites às suas Superstars.

  5. Natalino2 semanas

    Acho errado, a WWE não manda nos lutadores e lutadoras, quando não estão fazendo o seu trabalho dentro da WWE podem fazer o que querem estúpido mas pronto.

  6. El Cuebro2 semanas

    Isso me soa um tanto errado botando tantos limites para os funcionários, ainda mais em alguns que nem aparecem ou lutam há tempos, um tanto errado, mandou mal WWE!

  7. Infelizmente é essa a realidade..

  8. Anónimo2 semanas

    Acho perfeitamente normal que a WWE não queira ver os seus superstares a fazer publicidade a outras empresas.