O nosso YouTube está de volta. Subscreve!
Frank casino

O insólito aconteceu durante o WWE Raw desta semana, mas nada que já não estejamos habituados no que toca ao WWE 24/7 Championship e seus campeões. Tudo começou com Akira Tozawa a surpreender o campeão R-Truth enquanto este passeava pelas ruas de Nova Iorque a ver as luzes de Natal, conquistando assim o título.

Mais tarde, R-Truth e Akira Tozawa estavam num confronto cara a cara e apareceu um Pai Natal. Este disse a R-Truth que o seu presente de Natal estava há algumas ruas de distância e mandou-o para lá. Quanto ao Akira Tozawa, atacou-o com o saco de presentes, fazendo depois o pin e conquistando o WWE 24/7 Championship.

Só que a noite ainda não tinha terminado, e mais tarde vimos imagens do Pai Natal a fugir de R-Truth e Akira Tozawa. O Pai Natal caiu numas escadas e R-Truth empurrou Akira Tozawa, aproveitando assim o caminho livre para fazer o pin no Pai Natal para reconquistar o título, reforçando a sua posição como maior campeão da história do título.

Depois de toda esta confusão, o Pai Natal, o campeão R-Truth e Akira Tozawa queriam continuar na disputa pelo título, mas estava um frio de rachar na rua e o árbitro estava só de t-shirt. O árbitro fartou-se e foi embora, dando assim por terminada as trocas de títulos da noite.


O que achaste destes segmentos do WWE 24/7 Championship?

8 Comentários

  1. L26MC2 meses

    Já só falta o Trump vencer este título, se fosse em Portugal a Maria Leal já tinha sido campeã

  2. Brito2 meses

    Melhor segmento da noite.

  3. Showstealer2 meses

    Looool foi ridículo no sentido de risível, portanto até que passou bem no meio do Raw 😂

  4. Pedro2 meses

    ahahahahah o arbitro tava com frio e deu por terminada a troca de titulos ahahahaha bater com a mão no chao com aquele frio e lixado.

  5. Anónimo2 meses

    😂😂😂😂

  6. El Cuebro2 meses

    Quantas vezes o Truth já venceu esse título? E o árbitro surtando no final foi o melhor do angle!

    • Showstealer2 meses

      R-Truth está já no 25.º reinado, segundo o Wikipédia.