Na passada sexta-feira, Paige recorreu ao Twitter para revelar que vai sair da WWE já no próximo dia 7 de Julho, ficando assim livre para rumar a outra empresa e até, quem sabe, regressar aos ringues.

Já durante uma stream no seu canal de Twitch, Paige falou sobre o tempo que passou na WWE e a decisão da empresa em não renovar contrato.

Eu sabia que estava a chegar, eventualmente. Obtive um “Hey, posso ligar-te? Estou no SmackDown à mesma”. Eu fiquei “Isso não deixa espaço para negociação. Eles provavelmente não vão renovar [contrato]”. Eu tive essa sensação por um tempo.

Eu aprecio a WWE. Eles ajudaram-me muito, mais do que apenas Wrestling. Eles arranjaram-me um terapeuta quando eu estava a ter problemas com bebida e álcool. Eles mantiveram-me, mesmo depois da minha cirurgia no pescoço, apenas sentada sem fazer nada. Eu realmente aprecio isso.

Eu sinto que tinha tanto para dar lá como alguém que pode fazer uma promo decente e fazer um papel de manager. É o que é. Eu não vou sair porque eu quero, eles só não querem assinar o meu contrato novamente. Eu entendo perfeitamente. Não há ressentimentos.

Depois, Paige confirmou que não terá uma cláusula de não competição, visto que o contrato vai expirar, e reforçou que não é decisão sua sair da WWE.

Se não renovares o contrato então, acho que não há nenhuma cláusula de não competição. Não foi isso que me disseram no telefone. Estávamos a ter uma conversa normal e foi tipo “Então, não vamos renovar o seu contrato”.

Mandei uma mensagem para o Vince [McMahon], ele respondeu. Todos foram respeitosos com isso. É uma pena. Eles estão a manter a porta aberta, tanto o Vince quanto Johnny [John Laurinaitis] disseram que manterão a porta aberta, mas geralmente é isso que as empresas dizem.

Eu sinto que se eu voltasse, seria mais especial. Se a WWE me pedisse para fazer algo, seria muito mais especial. Não há nada que eu possa fazer, eu gostaria de poder ficar mais tempo. A WWE não quer voltar a contratar-me. Não é minha decisão. Não quero que ninguém pense que é a minha decisão ir embora.

Já sobre o seu futuro, a britânica levantou a possibilidade de um dia regressar aos ringues.

Não estou a dizer que nunca voltarei a estar no ringue. Esse dia certamente voltará novamente! Onde quer que o regresso aconteça.

Quando questionada se já estava apta para competir, Paige respondeu:

Ainda não.

Já sobre a sua lesão no pescoço, a britânica disse:

É tão saudável. Sinto que sou o mais saudável que já estive em toda a minha carreira. Sinto que posso competir novamente, 1000%.

A seguir, Paige deixou claro que não gostou do tempo em que ficou ligada à WWE sem fazer nada, e disse:

Isso é o que eu não gosto. Fiquei parada por muito tempo. Eu mandei-lhes uma mensagem em Novembro tipo “Qual é o acordo, querem que eu assine novamente? Prefiro avançar do que esperar até ao último minuto”. Essa é a única coisa que eu pessoalmente não gostei, a espera sem motivo. Eles não estavam a usar-me em todo o meu potencial, isso é certo.

Eu parti o meu pescoço duas vezes por esta empresa, apenas para ser dispensada. Ainda tentei lutar para fazer alguma coisa e não ser avisada até ao último minuto deixou-me decepcionada. Mais uma vez, eu entendo o motivo pelo qual eles não quiseram renovar o contrato.

A lutadora também revelou quando é que começou a negociar a possível renovação com a WWE.

Definitivamente, definitivamente começaremos a renegociar em Janeiro. “Tudo bem, parece-me bem”. Eu prefiro que me digam logo.

Paige voltou a reforçar que não foi sua decisão sair da WWE e que até se ofereceu para ser manager de Ronda Rousey.

É justo, eles vão continuar a empregar-me para não fazer nada por eles? Há coisas que eu poderia ter feito, só acho que eles não querem pensar nisso. Eles querem concentrar-se em pessoas que estão a lutar. Eu ofereci-me para ser a voz da Ronda [Rousey].

Já sobre uma possível ida para a AEW, Paige respondeu:

Claro, se o dinheiro for o certo [risos].


Por onde é que achas que irá passar o futuro de Paige fora da WWE?

3 Comentários

  1. El Cuebro2 semanas

    Eu gostaria muito de ver a Paige, ou melhor, Saraya, retornando, acho que ela precisa disso na carreira, saber que pode ter um grande retornando a esperando, o público quer muito ver isso e nós sabemos que ela é mais do que uma manager ou alguém para fazer uma presença, ela pode liderar uma empresa para o sucesso, ela é nova e ainda pode fazer muito, muito sucesso para ela!

  2. Anónimo2 semanas

    Foi uma grande pena a lesão ter acabado com a carreira dela, ainda tinha muito pela frente. Desejo-lhe muito sucesso para o futuro.

  3. Pode ser que regresse em alguma empresa independente talvez a part-timer!