venda os direitos de transmissão do conteúdo da WWE Network nos Estados Unidos da América à plataforma de streaming Peacock, detida pela NBCUniversal, parece ter agitado o mundo do Wrestling, sobretudo porque estamos a falar de um acordo de 5 anos e que vale mais de mil milhões de dólares.

Entretanto, Dave Meltzer comentou este tema numa recente edição do Wrestling Observer Radio e falou de vários assuntos que lhe são associados, partilhando a sua opinião pessoal sobre o acordo estabelecido e especulando sobre o possível futuro da WWE e AEW com outras estações televisivas.

O jornalista começou por dizer que o acordo da WWE com a Peacock “não faz muito sentido”, porque segundo as contas que fez, a plataforma de streaming não conseguirá obter retorno deste negócio com a empresa de Vince McMahon. Dave Meltzer explica que o valor que a Peacock vai pagar é bastante elevado para o conteúdo a que terá acesso e que não espera que os 1,1 milhões de subscritores norte-americanos da WWE Network migrem todos para a plataforma de streaming detida pela NBCUniversal. Mesmo que isso aconteça, a Peacock oferece um plano barato de 4,99$/mês e um aumento de 1,1 milhões de subscritores é pouco, pois esta já tem 26 milhões.

Dave Meltzer foi depois mais longe e afirmou que a NBC está apenas a alugar o conteúdo da WWE por 5 anos a um preço ridículo de mais de mil milhões de dólares e que, por esse valor e tal como a FOX fez com o SmackDown, mais valia ter feito um investimento maior e comprar a WWE por completo. O jornalista especulou que isso até poderá vir a acontecer daqui a uns anos, caso a WWE até lá termine o seu contrato com a FOX, previsto para 2024.

Este reforço da relação da WWE com a NBC, que é a detentora do canal USA Network que transmite o Raw e NXT, abre algumas portas à All Elite Wrestling, que neste momento pode ganhar o interesse da ESPN e daqui a uns anos também da FOX. Dave Meltzer refere que caso a ESPN e a FOX procurem alternativas à WWE, pode ser uma grande oportunidade para a AEW, que terminará o seu contrato com a TNT em 2023. No entanto, não é certo que aconteça, pois existe boa relação com a TNT e tudo dependerá da evolução da promotora e das suas audiências.

Seja como for, parece que apesar do produto da WWE estar discutível em termos de qualidade, no que diz respeito à sua estratégia e gestão financeira, a empresa de Vince McMahon nunca esteve melhor. Veremos o que é que o futuro nos reserva nos próximos anos nesta área do mundo do Wrestling.


O que achaste desta “jogada” da WWE em vender o conteúdo da WWE Network à Peacock? Achas que isto pode provocar ainda mais mudanças no mundo do Wrestling no futuro?

14 Comentários

  1. A nível financeiro cada passo que a WWE dá deve ser muito bem estudado, por isso é que as finanças da empresa estão tão boas. O que me leva a querer que a WWE tomou a melhor decisão ao fazer este negócio e sabe as consequências (boas e más) que isso terá para si e no mundo do Wrestling.

  2. Brock1 mês

    Se a AEW mudar de canal como é que fica o TNT championship?

    • Provavelmente muda também ou acabam com ele e criam outro qualquer… Ou achas que ficam presos à TNT por causa de um título? lol

    • Jen King1 mês

      Luis Salvador mais tambem quem pode ir pra FOX ou ESPN pode ser o Segundo show da AEW

    • Tudo é possível e nada disto é certo… Só comentário e especulação do Meltzer.

  3. PedrKo1 mês

    Mil milhões?!?!
    Parece um negócio totalmente disparatado por parte da peacock mas eles lá sabem…

  4. Para já não acredito que hajam grandes repercussões para a WWE.
    Daqui a uns anos logo se verá

  5. JOAOPEDROOOOO1 mês

    Não consigo perceber quem é que paga mil milhões, divididos em 5 anos, por uma empresa que tem estado em queda nos ratings televisivos. É um negócio, no mínimo, estranho e se calhar merecia uma investigação, não vá o FBI encontrar branqueamento de capitais e lavagens de dinheiro.

    • Quase toda a televisão está em queda, não é só a WWE… Além do mais, é conteúdo para alimentar uma plataforma paga, não é propriamente TV.

    • JOAOPEDROOOOO1 mês

      Estamos a falar de 10 milhões para 1. tal em 20 anos. O Game of Throne, tinha ou não tinha audiência? A invasão do capitólio teve ou não teve audiência nas CNN desta vida? Isso da tv estar em crise não é verdade. Mudaram a plataforma e podem não assistir aos canais na televisão, mas assistem noutras plataformas.

    • Não percebo como dizes que a TV não está em crise… Comparar Game of Thrones e invasão ao Capitólio com WWE, boa… Vai ver os estudos e ratings de outros programas de desporto/entretenimento ao longo das últimas duas décadas. Está quase tudo a cair. Redes sociais e plataformas de streaming têm captado a atenção das pessoas, e sabes disso…

    • JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO1 mês

      Onde eu quero chegar é que os eventos únicos atraem sempre mais pessoas. Não me expressei bem e peço desculpa. Contudo, o que queria escrever é que acabas por ser obrigado a ver tv para ver um determinado conteúdo exclusivo que não vais conseguir ver em mais lado nenhum a não ser pirateado (que sim, tira pessoas, mas não 10x menos). A questão está no interesse das pessoas em verem esse conteúdo exclusivo em detrimento de outras streams e estar nas redes sociais. Outra que é de estranhar (ainda que estejamos aqui a falar duma marca muito mais internacional hoje em dia do que era antes), é o facto de antigamente terem contratos de menos dinheiro com mais audiências.

  6. A nível financeiro será uma jogada de mestre, a ver vamos se irá dar certo para a WWE!