Esta semana e a poucos dias do Day 1, a WWE afastou mais de uma dezena de Superstars dos seus live events e programas televisivos, deixando no ar a especulação se todos eles estariam ou não infectados com COVID-19.

De acordo com Dave Meltzer no Wrestling Observer Radio, a WWE decidiu afastar essas Superstars dos live events para precaver e assegurar a realização dos main events e principais combates do evento deste sábado.

O jornalista explicou que o facto de Roman Reigns não participar nestes live events, não é só para proteger o main event do Day 1 contra Brock Lesnar, mas também aquela que deverá ser a principal storyline da WrestleMania 38, que terá mais um capítulo importante neste primeiro dia de 2022.

A seguir, Dave Meltzer falou dos lutadores que irão lutar pelo WWE Championship no Day 1 e reafirmou que Seth Rollins testou positivo à COVID-19, mas não conseguiu apurar se Big E e Bobby Lashley também estão infectados, ou se tal como Roman Reigns, as suas ausências foram por precaução.

Já sobre a decisão de manter Kevin Owens nos live events, o jornalista explicou que a WWE sentiu que era necessário que um dos main eventers do Day 1 estivesse presente nestes eventos.


Pensas que a WWE vai conseguir realizar o Day 1 sem problemas?

3 Comentários

  1. João Victor3 semanas

    Então é certeza,Brock Lesnar vence na WM.

  2. El Cuebro3 semanas

    Primeiramente deviam cancelar todos os live events por enquanto com essa nova onda de covid nos USA, no mais prolongar a storyline de Roman vs Lesnar até a Mania para mim é um erro, a rivalidade poderia muito bem acabar no Royal Rumble, que aliás ainda não foi mencionado na programação e também acho um erro trazerem o Rollins tão rápido para lutar depois que ele se declarou infectado pela covid, deviam achar um jeito de adiar o Day 1!

  3. Espero que sim e que não haja mais casos sem problemas com lutadores!