Agendado para o Extreme Rules deste domingo estava um WWE United States Championship Match no qual o campeão Apollo Crews iria defender o título contra MVP, lutador que já se vem intitulando também como campeão, utilizando um novo WWE United States Championship de forma não oficial.

Só que o combate entre os dois não chegou a acontecer, tendo sido anunciado por Tom Philips que Apollo Crews não poderia lutar no Extreme Rules. Como tal, MVP e Bobby Lashley foram até ao ringue e o veterano auto-proclamou-se novamente como novo campeão, reclamando a vitória por falta de comparência.

Entretanto, segundo Dave Meltzer no Wrestling Observer Radio, Apollo Crews falhou o Extreme Rules devido a um teste positivo de COVID-19, que o afastou obrigatoriamente da programação da WWE durante as últimas semanas. O último programa da WWE em que Apollo Crews apareceu foi o Raw de 27 de Junho.

Até ao momento, não se conhecem detalhes sobre estado de saúde de Apollo Crews ou se o lutador já está recuperado. Ainda assim, o jornalista referiu então que a WWE pretendeu mantê-lo fora do Extreme Rules, sobretudo por precaução para evitar um possível contágio que desse origem a um novo surto de coronavírus.


Achas que a WWE fez bem em manter Apollo Crews afastado do Extreme Rules?

17 Comentários

  1. Nem se devia de perguntar se a WWE fez bem ou não. Claramente que fez bem. 🤷

  2. WWE fez bem, a saúde é mais importante do que um título!

  3. Claro que a WWE fez bem. Saúde em 1° lugar.

  4. Óbvio que fez bem. Só não fez bem ao promover um combate que já sabiam que não ia acontecer, principalmente quando o Apollo não aparece há mais de um mês.

  5. Era o motivo esperado,claro que a WWE fez bem em não avançar com o combate

  6. Hugo1 ano

    Bom….
    Claro que fez. Mas a pergunta a fazer é
    Porque raio a Wwe continuou a anunciar o combate,se já sabiam provavelmente há semanas que ele era covid19 positivo?
    É daquelas coisas que desde que esta situação do covid19 começou a Wwe tem vindo a fazer. Têm o quê medo de dizer que o lutador x apanhou o vírus? Mas mais cedo ou tarde as coisas descobrem-se.a sério é mais politica interna da treta.

    • Facebook Profile photo

      Lol
      São escolhas… Era isso ou dar logo o titulo ao MVP ou ao Bobby e ficar sem combate/segmento para o ER!
      Isso de “divulgar” se o lutador tem covid ou não é mesmo escolha da WWE. E se te esforçares um pouco para pensar, talvez a WWE só perca em divulgar isso… Portanto, esconder os motivos da ausência do Apollo é compreensível.
      Se isto é uma política interna da treta, imagino que todas as empresas que se deparam com esta infeliz situação também têm uma política interna da treta! Até porque é óbvio que divulgar que há casos de covid dentro da empresa faz bem à sua imagem!

    • Em relação a dizerem que ele tem Covid ou não, não me oponho. Mas também acho que não faz sentido divulgar o combate quando sabem que ele não se vai realizar. Não precisavam de entregar o título a ninguém, simplesmente continuavam com bocas entre eles, deixando em aberto o combate, mas não o anunciando. Até porque a WWE deve achar que ele não vai demorar muito a voltar. A Kayla Braxton entretanto já voltou, salvo erro. Outra alternativa era anunciarem a lesão dele, como fizeram no Extreme Rules, mas no Raw da segunda-feira passada. Dizer que o Apollo não ia poder lutar no Extreme Rules, mas deixando em aberto o combate para mais tarde. Até podiam ter feito um vídeo com o Apollo a dizer que está lesionado, mas que vai voltar em breve para fazer justiça e mostrar quem é o verdadeiro campeão. Era simples. Não é que este fosse um combate muito importante, mas quando há pessoas a comprar o PPV ou a subscrever a WWE Network por causa do card, é uma situação um bocado chata quando um combate anunciado não se realiza. Principalmente quando a WWE já o sabe com antecedência.

    • Hugo1 ano

      Bom….
      Henrique concordo consigo são medidas internas da Wwe. Eu estava a prestar o meu desagrado em relação a essas mesmas medidas.

    • Facebook Profile photo

      JPTC50, não é uma posição fácil a da WWE. E essa opção que disseste de não tirar o titulo ao Apollo, a meu ver, não é viável caso ele tenha mesmo Covid19. Isto porque há casos e casos, alguns demoram mais tempo que outros. A WWE não pode ficar com um titulo “inativo” sem saber ao certo por quanto tempo.
      E como é obvio, o ultimo parágrafo do meu comentário acima é ironia. A WWE quer manter a sua boa imagem o melhor possível, portanto, é normal que tente esconder ao máximo se tem casos positivos de Covid19.

    • Não é uma posição fácil, por isso acho que se protegiam se não anunciassem o combate. O que eles fizeram foi acreditar que o Apollo ia recuperar a tempo, que se revelou impossível. Quanto a tirar o título ou não, tinham duas opções: ou mantinham o título no Apollo até ele voltar, porque ele provavelmente volta antes do Summer Slam e os Street Profits também não aparecem na programação há algumas semanas e não perderam o título. Ou então faziam um torneio/ladder match/gauntlet match para coroar um novo campeão (que até podia ser o MVP) e para depois entrar em rivalidade com o Apollo quando ele voltar. Assim é verdade que temos uma incógnita, o que é bom, mas o MVP como campeão não tem grande credibilidade.

    • alexandre1 ano

      Por codigo 036 da WWE, MVP, não pode ser considerado campeão tem que ver uma luta com com 6 prováveis lutadores no quadrilátero para quem fica com o titulo, MVP, Randy Orton, Bobbinho, Bray Yanth, R-truth, um dos membros de forguet Son, o Jay Usso

  7. El Cuebro1 ano

    Se o Apollo testou mesmo positivo ou esteja lesionado espero que ele se recupere e volte pleno para defender o seu título novamente e ganhar o novo e belo cinturão de USA Champion!

  8. Facebook Profile photo

    Espero que não o prejudique ao ponto de retirarem o título! O Nakamura também já foi campeão EUA e não sabiam o que fazer com ele, esteve para aí um mês sem defender o título. Vamos ver! As melhoras ao Apollo Creed!

  9. Claro que fez bem, e será interessante ver o MVP como campeão entretanto.

  10. Anónimo1 ano

    Óbvio que fez muito bem em o manter fora do PPV!