Frank casino

No início desta semana soube-se que a WWE estava a ser investigada por causa de três localizações que são vistas pelo Orange County Department of Public Health como possíveis pontos de surto de COVID-19: o Performance Center, o Amway Center (ThunderDome) e a Full Sail University.

Entretanto, segundo o Wrestling Inc, têm existido reclamações formais por parte de atletas do Performance Center ou NXT de que estão a ser violados alguns protocolos de segurança impostos pela WWE. É reportado que algumas pessoas não usam máscaras e não cumprem outras normas definidas. Estes rumores de que existem falhas no controlo da COVID-19 na WWE surgiram depois do recente surto de Setembro.

É também mencionado que a WWE quer que todos sejam proativos no cumprimento dos protocolos de segurança definidos e conscientes sobre o que publicam nas redes sociais, sobretudo fotografias de pessoas sem máscara, quer seja no Performance Center ou na rua. A empresa não quer passar uma imagem de que não garante a segurança dos seus atletas e funcionários envolvidos na produção dos shows.

Sobre as pessoas que têm assistido aos shows do NXT no agora chamado Capitol Wrestling Center, o jornalista Jon Alba reportou esta quinta-feira que os custos dos testes de COVID-19 estão a ser suportados pela WWE, apesar dos resultados do teste não serem enviados para cada pessoa, estas podem solicitar os resultados. Para além disso, estão a ser feitas medições de temperatura à entrada das instalações.

O jornalista esclarece também que os testes são feitos no dia anterior, que as pessoas são encaminhadas para o local em que vão assistir, separadas das restantes, e que existe gel higienizante em cada uma das secções.


Achas que a WWE está a fazer o suficiente para controlar a COVID-19 na sua actividade ou existem mais medidas que poderiam ser aplicadas?

9 Comentários

  1. Se o que diz o Jon Alba é verdade penso que não há muito mais que a WWE pode fazer por si. Quem lá está é que também tem de ter a consciência que tem de usar máscara e cumprir as regras.

    • 100% de acordo.
      A WWE faz o que pode e as pessoas que estão lá tem de cumprir os protocolos de segurança ao máximo.

    • Anónimo1 mês

      Exatamente. A WWE mete as regras, mas se as pessoas que lá trabalham não colaboram, fica difícil fazer as coisas com deve ser.

  2. Hugo1 mês

    Bom…
    Neste momento a Wwe está mais concentrada na sua imagem,e como a mesma passa para os media.
    Em relação às medidas acho que podia e devia fazer mais,mas as pessoas envolvidas também tem de ser pró ativas e evitar certos comportamentos de risco,para elas próprias e para todos os envolvidos.
    Porque quer queiramos ou não o covid19 veio para ficar e é sem dúvida um grande problema de saúde pública.

    • Anónimo1 mês

      Sempre a criticar.
      A wwe está a fazer de tudo para controlar mas a responsabilidade também é dos lutadores em questão.
      Não usem um assunto tão grave para tentar fazer figuras de urso.

    • Hugo1 mês

      Bom…
      Você tem de ler os comentarios até ao fim e têm de compreender o que leu,para evitar comentarios desses e sim fazer verdadeira figura de urso. (Leia o segundo paragrafo com atenção). E já agora em jeito de concelho,identifique-se no comentário,dê a (cara) pelo que escreve,em vez deste tipo de comentario terrorista que não beneficia ninguém,só ocupa espaço.

  3. Anónimo1 mês

    A wwe não pode andar andar a controlar cada 1 a toda a hora.
    Meter as culpas na wwe quando os próprios lutadores não cumprem o que a wwe lhes pede..
    É triste mas vindo dos estados unidos acho normal

  4. Dois pesos duas medidas ou seja a WWE já deve dar equipamentos de proteção mas também os atletas têm de fazer por si que é proteger-se para o bem de todos e que haja bom senso!

  5. Anónimo1 mês

    Pelo que se lê na notícia a WWE está a fazer a coisa certa. Mas também cabe as pessoas que lá trabalham fazer o que está certo. Se não cumprem as regras impostas, a culpa depois não é só da WWE, mas sim de todos. Com uma situação destas não se brinca, o pessoal têm de entender que é preciso cumprir as regras.