O nome de Rob Van Dam foi na semana passada anunciado para ser induzido na classe de 2021 do WWE Hall of Fame, numa cerimónia que será transmitida esta terça-feira, dia 6 de Abril, na WWE Network.

Entretanto o veterano lutador deu uma entrevista a Jim Alexander do ReelTalker e falou de vários assuntos sobre a sua enorme carreira, que passou por promotoras como a ECW, WWE, Impact Wrestling e muitas outras do circuito independente, espalhadas um pouco por todo o mundo.

Quando questionado sobre a possibilidade de um dia ainda poder passar pela All Elite Wrestling, o “One of a Kind” afirmou que por vezes assiste à programação da AEW, mas que não tem grande interesse.

Eu vou sempre com o fluxo do universo. Estou sempre muito feliz com a forma como as coisas acontecem. AEW, eu assisto às vezes, principalmente para ajudar a Katie Forbes. Ela vai assistir, ela está a progredir, está a aprender e eu vou tentando apontar algumas coisas. Não há nada que me interesse em ir para lá [títulos, lutadores…], exceto para negócio.

Não há nada que me dê vontade de lutar, a não ser o negócio. Talvez um fã pense que eu assisto a televisão e sonho em entrar no ringue com alguém, como se fosse uma fantasia minha. Não é assim que a vida realmente funciona, pelo menos não para mim. É mais se eles me oferecerem “muito” para fazer “pouco”, estaria interessado? Nesse caso, iria considerar qualquer coisa.

Tendo dito isso, é como se eu já tivesse terminado [a minha carreira] e não saberia disso. Eu ficaria totalmente bem, então o RVD não lutador receberia a recompensa que vem do universo por atingir este patamar [como o Hall of Fame]. Eu não sinto falta disso como os outros lutadores.

Não estou com fome de entrar no ringue, prefiro os dias de folga. Sempre disse isso desde 2001, quando a minha carreira explodiu. Mesmo antes disso, ainda na ECW a fazer 4 dias por semana, o Sabu tentava estar em ainda mais shows, mas eu só queria ir para casa. Sempre fui assim.

Rob Van Dam já tem 50 anos de idade e o seu último combate foi em Setembro de 2020, quando derrotou Sami Callihan numa edição semanal do Impact Wrestling. Antes disso tinha sido derrotado pelo mesmo lutador, assim como pelo Impact World Champion da altura, Eddie Edwards.


Achas que a carreira de RVD nos ringues pode já ter chegado ao fim? Gostarias de ver o veterano rumar a alguma promotora?

9 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Se ele não se sente atraído mais pelo Wrestling como antigamente, e se essas afirmações forem verdadeiras, é provável que a brilhante carreira de RVD tenha chegado ao fim.

  2. TakerVanderVaart232 semanas

    Então que pendure as botas e descanse. Ganhar muito para fazer pouco todos querem xD
    Agradeço pela carreira que teve e bons combates que proporcionou mas se já não tem a energia e vontade de estar num ringue, então que não entre.
    Honestamente com tantos lutadores que há hoje em dia e muitos até com pouco tempo de “antena”.. não faz falta

  3. Du2 semanas

    Nao faz falta

  4. Não tenho interesse em vê-lo, teve uma boa carreira e já merece descanso.

    Só um aparte, no outro dia vimos o Bischoff dizer que o Goldberg só lutava por dinheiro, e não é para defender o Goldberg mas Bischoff como vês a malta não anda a levar na boca só por diversão!

  5. Não,não acho que tenha nada a acrescentar ao wrestling neste momento.

  6. Acho que a carreira dele chegou ao fim!