Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Não sabemos até que ponto estas declarações são em kayfabe ou são genuínas do lutador, mas o que parece dos últimos meses, é que Seth Rollins é um heel nato. E esta semana voltou a acontecer mais um caso, onde Seth Rollins apontou as suas “armas” aos fãs da WWE.

Em entrevista ao San Antonio Express News, o atual Raw Tag Team Champion e “Monday Night Messiah” deixou a sua opinião sobre as críticas dos fãs da WWE, que reclamam de tudo e de nada. O lutador disse o seguinte:

Estamos numa era diferença daquela em que estávamos antigamente. Agora, é fácil ser um antagonista, porque… qualquer pessoa que consuma entretenimento tem uma voz para se fazer ouvir. Podem dizer online tudo aquilo que querem, e mesmo que só uma ou duas pessoas respondam a isso, sempre são mais uma ou duas pessoas das que eram há 20 anos, quando só estavam sentadas no sofá da sala e a falar porcaria para os amigos… O nosso público procura coisas para reclamar, para não gostar e para tomar partidos. É uma vida útil tão curta. Se conseguires desempenhar um papel de herói durante muito tempo, estarás a fazer algo incrível.

Estas declarações de Seth Rollins surgem então numa altura em que o lutador já mais do que assumiu o seu papel de heel no WWE Raw, onde já é Raw Tag Team Champion ao lado de Buddy Murphy, depois de um período em que a empresa o tentou colocar como principal babyface e cara da companhia. Algo que até começou bem, mas acabou mal quando Seth Rollins reteve o WWE Universal Championship num Hell in a Cell Match contra o “The Fiend”.

Desde então que o lutador tem vindo a fazer a sua voz ouvir-se por várias vezes, culpando sobretudo os fãs que deixaram de o apoiar enquanto babyface, praticamente obrigando a companhia a torná-lo novamente heel.


Concordas com estas declarações de Seth Rollins? Achas que os fãs da WWE reclamam demais?

20 Comentários

  1. Hugo5 meses

    Bom….eu cá acho qie reclamam pouco,consomem tudo o que a wwe lhes quer dar. Mas acho que a maré está a mudar,desde que a AEW se estabeleceu como verdadeira concorrência à WWE.
    As coisas agora tem finalmente em muitos anos hipótese de mudar.

  2. L26MC5 meses

    Os fãs da WWE são exigentes, não fosse a WWE a maior empresa do mundo, se lutas nela tens que saber ouvir críticas e saber fazer mais e melhor.
    De certa forma é irritante para os lutadores ouvirem críticas, mas para nós fãs é tão aborrecido ficar acordados até tarde ou pagar um bilhete para ver combates e storylines que são um tédio.
    O Rollins sendo Heel ou face tem sempre um grande destaque e ganha sempre ali um título ou outro… por isso acho que ele reclama de barriga cheia.
    Sem fãs não há wrestling entertainment, se há críticas (em maioria) é porque a equipa criativa ou tu não estão a fazer a coisa bem.

    • Facebook Profile photo

      Concordo com tudo o que disseste mas chega a ser ridículo os fãs começarem a lançar críticas por exemplo a uma storyline acabada de começar, tantos e tantos que vejo no Twitter a falar m**** de uma storyline que tem minutos de vida.

  3. JOAO PEDROOOOO5 meses

    Concordo não só com tudo o que foi dito pelo Seth (até já o escrevi aqui noutros tópicos que vivemos na era do criticável) como acrescento que o booking por mais bom que seja, nunca vai ser tão bom como era antes porque há a mania que agora não se pode fazer x porque é racismo, y porque é sexualismo e porque agora cada atleta tem viva voz e interage com os fans de forma face mesmo sendo heel. Diria que ninguém desempenha melhor este papel de heel dos tempos modernos que o Rollins (assumir que fez tudo e deu tudo como queriam e que o criticavam, então agora é a maneira dele) porque na verdade, se não se tem uma personagem “sobrenatural” como é o The Fiend, é difícil ser heel de outra forma. Porque não basta somente ser heel porque andou a curtir com a mulher de outro (aka Bobby) e a prova disso é que a maioria do público consome, mas sabe que é tudo treta então acha uma palhaçada e o Bobby nem sequer tem grandes skills fora do ringue para este tipo de feuds, assim como um Lesnar também não teria.
    Há coisas que se podiam fazer melhor, claro, mas muito é por culpa da influência da sociedade e de todos os críticos. É por isso que digo que o Rollins, que hoje é um top heel na empresa n°1 da indústria, há 20 anos atrás, com esta personagem, seria mais um mid carder.

    • Newbies5 meses

      Sempre houve críticas no mundo do wrestling, o menino que ainda não estava na internet nessa altura.

    • JOAO PEDROOOOO5 meses

      O problema não são as críticas. Obviamente outras eras não era tudo perfeito, a questão é que agora tudo se mete em causa. Se é atirado da corda criticam, se não é, criticam, percebes? E outra coisa que quetia acrescentar é o público que tem menos react do que tinha antes. Eu adoro quando a WWE vai a Chicago porque eles vibram e para mim são o melhor público, os outros parece que foram ver uma peça de teatro

  4. Showstealer5 meses

    Concordo com o ponto de partida de Seth Rollins para estas palavras, já que, como diria Daniel Bryan, a maior parte dos fãs de wrestling são “fickle”: num dia Becky Lynch, Kofi Kingston e o próprio Rollins são os maiores (aka WrestleMania), no outro já não prestam e têm de mudar.
    É difícil agradar a todos, daí que entenda a perspetiva do Seth (já agora, sempre o apoiei mesmo depois do incidente do Hell in a Cell PPV contra The Fiend porque a culpa não foi dele mas sim do booking horrível na parte final do combate). Realmente vivemos numa era demasiado crítica…

    • Facebook Profile photo
      Diogo5 meses

      Concordo com tudo que diseste!! Neste tempo as pessoas dao mais importancia ao hype ou pk a personagem e isto ou aquilo do que a qualidade de um wrestler

    • Showstealer5 meses

      Nem mais, Diogo. É isso mesmo!

  5. Eugen35 meses

    Mas isto leva ainda a outra discussão. Até que ponto o Corbin é bom heel? Onde se marca a diferença entre apupar por serem heel ou nem quererem saber do que diz, não tendo o lutador outro recurso que não insultar diretamente as pessoas e a cidade?

  6. lol5 meses

    os que nao reclamam das suas empresas promotoras de wrestling sempre no intuito de evoluçao nao percebem nada de wrestling

  7. Rollins5 meses

    INTERNET veio estragar tudo em algumas circunstâncias

    • Este é provavelmente o melhor comentário de toda a caixa de comentários.
      É uma grande verdade, a internet serviu para chegar a mais gente mas depois também tem contras…

    • Anónimo5 meses

      É verdade, é só spoilers a sair, mas claro só vimos se quisermos.

  8. PedrKo5 meses

    Se o Rollins fosse jogador de futebol já tinha feito suicídio.
    Acho que os fãs que são quem realmente lhe paga o ordenado, têm todo o direito de fazer as críticas que entenderem, e ele só tem é de melhorar ou ignorar porque ninguém irá nunca agradar a toda a gente.
    Não há dúvida que é um dos melhores lutadores da sua geração mas este e outro tipo de opiniões que tem dado ultimamente fazem parecer que é um miúdo mimado.

    • Facebook Profile photo
      Diogo5 meses

      Mimado Porque?? Ele tem razao e ate vou dar um exemplo quando o lesnar e campeao vem tudo reclamar que tem o titulo e depois quando o lesnar quando um titulo toda a internet fica contente

  9. Alexandre5 meses

    Quer dizer que os fãs é que são culpados pelo fato da wwe entregar um produto ruim? Legal….

  10. Ele não é muito sincero, vem com esse discurso porque está em cima e vem defender a sua dama de honra. Queria ver se tivesse no lugar de outros, ou ficava calado ou tinha um ponto de vista completamente oposto. E quem paga o teu ordernado?!

  11. Anónimo5 meses

    Concordo com ele em certo ponto, vê se muita critica e muita é completamente desnecessária. Mas tem outras que são completamente viáveis. E criticas vão existir sempre, cabe a eles saberem lidar com isso, e é a partir da criticar que se vê o que se tem a melhorar. Mas claro não é preciso serem tão excessivos como se vê.

  12. Beatriz Lynch5 meses

    A internet por um lado é maravilhosa, mas graças a ela tambem, vivemos a geração dos haters… e muuuitos haters, pra tudo.