Frank casino

Sheamus foi o convidado desta semana do podcast de Corey Graves, o After The Bell, e depois de já o termos visto a falar de como muitas pessoas o odeiam neste momento, abordou outros assuntos durante a entrevista.

O “Celtic Warrior” revelou como se tornou “protegido” de Triple H e de como os outros lutadores no balneário da WWE não reagiram bem à amizade entre os dois.

A primeira tour internacional que fiz com o main roster da WWE foi à Austrália e eu tinha só feito alguns live events com o roster do SmackDown, e esta tour à Austrália foi com o roster do Raw, então eu não conhecia ninguém. Foi então que ele [Triple H] falou comigo e disse-me: “Tu não conheces ninguém, por isso se quiseres fazer-me companhia no ginásio para treinarmos, eu depois dou-te o meu feedback sobre os teus combates.

Eu fiquei estupefacto e foi assim que me tornei o “protegido” de Triple H, pois não era normal estas coisas acontecerem no passado. Agora no NXT é normalíssimo os lutadores mais velhos ajudarem os mais novos, basta ouvirem Adam Cole, Finn Bálor, Tommaso Ciampa ou outros a falar de Triple H, mas no passado não era normal isso acontecer.

Eu acabei por ir algumas vezes com ele ao ginásio e pouco depois os lutadores que tinham contactos com as dirtsheets, já estavam a dizer que eu andava a bajular Triple H para receber um push. Quer eu tivesse bons combates ou fossem quais fossem as minhas conquistas, para muita gente tudo se devia ao facto de eu supostamente “ter dado graxa” a Triple H e ser o seu “protegido”.

O que essas pessoas não viam é que eu, para além dos eventos em que lutava, também ia a outros live events para ficar a ver os combates e aprender o máximo possível, e em quase todas as minhas folgas em vez de ficar em casa a descansar ia para a FCW para treinar, mas nada disso interessava, pois para muita gente eu já estava rotulado como o “protegido” de Triple H e não havia nada que eu pudesse fazer que fosse contrariar essa ideia.


Pensas que estas críticas que Sheamus recebeu são justas?

5 Comentários

  1. Uma pessoa que tenha amizades dentro da empresa é sempre bom. Por mais que tenhas talento precisas sempre de um empurrão de alguém com renome. Não que o Sheamus não mereça o que conquistou, mas deve ter uma ajudinha do Triple H. Agora dizer que só conquistou o que conquistou por ser o “protegido” do Triple H acho exagero.

  2. Facebook Profile photo
    Klaus o Mr awesome3 meses

    Sheamus sempre foi um excelente wrestler na minha opinião, ultimamente temos visto mais in ring skills e spots mais perigosos, coisas que não víamos antes. Mas verdade seja dita era por causa do personagem dele que era super homem…

  3. Anónimo3 meses

    Acho exagerado dizerem que o Sheamus teve tudo o que teve só por ser o “protegido” do Triple H.

  4. Do Sheamus lembro daquele combate mesa em que ganhou o título da WWE ao Cena acho que foi num Raw a partir daí reve altos e baixos mas nunca que se queixou.

  5. Facebook Profile photo

    O TripleH é boa pessoa! Todos têm lacunas de vez em quando!