O Impact Wrestling tem-nos habituado a que o Slammiversary seja um evento de estreias, regressos e surpresas, e a edição deste ano não foi diferente. No pay-per-view deste sábado tivemos a participação de Chelsea Green, Aiden English, FinJuice, No Way Jose, Thunder Rosa, Mickie James e Jay White.

Tudo começou com a “Hot Mess” Chelsea Green a regressar ao Impact Wrestling para se aliar ao seu namorado Matt Cardona, num Mixed Tag Team Match em que enfrentaram e derrotaram a dupla de Brian Myers & Tenille Dashwood. Este regresso era talvez o mais expectável de todo o pay-per-view.

Mais tarde foi transmitido um teaser no qual é escrito numa folha branca as palavras “Long live the drama king” (“Viva o rei do drama”), que está a ser associado a Aiden English, que era conhecido na WWE como “Drama King”.

Pouco depois foi a vez dos FinJuice (David Finlay & Juice Robinson) fazerem o seu regresso ao Impact Wrestling após alguns meses de ausência em que se dedicaram à NJPW. Os antigos Impact World Tag Team Champions enfrentaram e derrotaram a dupla de Madman Fulton & Shera.

A seguir tivemos a estreia de No Way (Jose) no Impact Wrestling, depois dos teasers da última quinta-feira. Este substituiu TJP como parceiro de equipa de Fallah Bahh num Fatal 4-Way Tag Team Match pelos Impact World Tag Team Championships. Apesar da diversão e descontração, a dupla não venceu o combate.

Voltando ao feminino, havia uma enorme expectativa para perceber quem seria a adversária surpresa da Knockout’s Champion Deonna Purrazzo e a escolhida pelos responsáveis do Impact Wrestling foi Thunder Rosa. Apesar da enorme surpresa e dream match entre as duas, a “Virtuosa” reteve o título com o Queen’s Gambit.

Só que a noite ainda não tinha terminado para a Knockout’s Champion Deonna Purrazzo. Depois do combate apareceu Mickie James, que convidou a campeã a participar no NWA Empowerrr, o evento 100% feminino que está a organizar. A “Virtuosa” desrespeitou a lendária lutadora e acabou por sofrer um Superkick.

Por fim, após a vitória de Kenny Omega sobre Sami Callihan num No Disqualification Match pelo Impact World Championship, tivemos talvez a maior surpresa da noite. As luzes apagaram-se, a música do Bullet Club tocou, Jay White apareceu e entrou no ringue para confrontar o “Belt Collector”.


O que achaste de todas estas estreias, regressos e surpresas do Slammiversary deste ano?

6 Comentários

  1. CoffinMeme2 semanas

    Para começar, expectável que fosse a Chelsea a parceira do Matt, surpreso com este teaser do Aiden, Finjuice mais tarde ou mais cedo regressavam a Impact dps de se dedicarem tb a NJPW, não dava nada pelo no way (José), pensei que já se tinha retirado do wrestling, mas tb surpreendido, a adversária da deonna poderia ser qualquer uma que tivesse grande talento e como tal não me surpreendeu que tivesse sido a thunder rosa, tb pela ligação entre empresas, e foi completamente inesperado o débito do Jay white, ele que recusou a WWE e agr chegou a Impact para reunir parte dos bullet club, e tb pela ligação entre estas 2 empresas. Slammiversary mto bom.

    • Facebook Profile photo

      Não sei se o Jay White foi para o Impact reunir os Bullet Club, se fores ver mesmo no fim antes de fecharem a transmissão, aparece alguém em direção ao ringue como se fosse fazer um ataque de costas.

  2. Adorei tudo, honestamente. Contudo, a minha surpresa favorita foi Jay White pela imprevisibilidade e hype que cria para o futuro próximo do Impact Wrestling.

  3. El Cuebro2 semanas

    Ah o Slammiversary e suas surpresas, como disse tinha tudo para ser o melhor evento do fim de semana e é o que vem sendo, bons retornos, gostei muito da volta da Chelsea, e não a doida da Laurel Van Ness, ainda temos um pouco da gimmick anterior, mas está melhor e bom vê-la com o Matt, tem muito para dar certo, ela finalmente poderá ser campeã hein! Ainda na divisão feminina bom ver a Mickie de volta, quem sabe a próxima da fila, ou então ela vem com sua experiência para ajudar e muito, assim como faz na NWA e de lá veio a desafiante surpresa ao título da Deonna, Thunder Rosa, que rendeu um bom combate, mas não venceu, enfim foi bom! Também tivemos a vinda do No Way Jose, confesso que não gostei de manterem a gimmick da WWE, mas ele ainda combina bem com ela, fez boa dupla com o Bahh e pode vir a fazer muito lá, como possivelmente veremos o Aiden English no futuro, bem vindo Drama King! Da NJPW vieram bons momentos como a volta dos FinJuice que venceram os gigantes e a aparição do Jay White que deve ser o próximo contender do Omega, lembrando que ele estava no grupo do Bullet Club que traiu a Elite alguns anos atrás, então não deve ser uma reunião essencialmente, esperemos! Uma pena que a WWE não cooperou para outros possíveis momentos com possivelmente Samoa Joe, IIconics, Murphy, etc, mas acontece, quem sabe no futuro!

  4. Corneteiro2 semanas

    Outra empresa que pega as sobras de WWE

  5. Anónimo2 semanas

    A presença do Jay White foi a maior surpresa.