Stardom é comprada pela empresa-mãe da NJPW

Foto de perfil do Facebook 4 semanas 6

Tal como no final do dia de ontem tínhamos apontado, poderia estar na calha uma notícia importante no que toca ao wrestling japonês, com a NJPW a estar em vias de adquirir a Stardom ou a WWE anunciar a abertura do NXT Japão.

Esta quinta-feira foi confirmado que a Stardom foi comprada pela empresa-mãe da NJPW. Numa conferência de imprensa, foi anunciado que a World Wonder Ring Stardom foi comprada pela Bushidoroad Fight Co, Ltd., que é a empresa que também é dona da New Japan Pro Wrestling.

O que significa então esta compra da Stardom por parte da Bushidoroad? Para nós, fãs fora do Japão, a verdade é que pouco muda. A Stardom vai ser gerida pela Kix Road, uma subsidiária da Bushidoroad, e será gerida à parte da NJPW. Ou seja, uma fusão entre as duas companhias não irá acontecer. No entanto, apesar desta mudança, Hiroshi “Rossy” Ogawa continuará a ser o responsável pela companhia feminina.

Apesar de ter sido especulado que a Stardom poderia passar a ser transmitida na NJPW World, a verdade é que a mesma continuará com a sua própria network, a Stardom World, não existindo para já qualquer indício de que isso venha a mudar a curto ou médio prazo.

A Bushidoroad Fight Co, Ltd., com esta compra da World Wonder Ring Stardom, tenciona fazer a empresa crescer em termos de popularidade no Japão, tal como fez com a NJPW, através de publicidade e programas televisivos, sendo que está já confirmado que a Stardom terá dois programas semanais a serem transmitidos a partir de Janeiro na televisão japonesa.

Para fechar, sobre a possibilidade das lutadoras da Stardom lutarem nos ringues da NJPW ou os lutadores da NJPW lutarem na Stardom, é quase impossível que isso aconteça em território japonês. No entanto, o jornalista Dave Meltzer afirma que com esta compra abre a possibilidade, apesar de remota, da NJPW contar com algumas lutadoras da Stardom para os seus eventos fora do Japão, caso o seu público comece a pedir Wrestling feminino nos seus eventos.


Qual a tua opinião sobre esta compra da Stardom por parte da Bushidoroad? E acreditas que algum dia veremos as lutadoras da Stardom a lutar no ringue da NJPW?

6 Comentários

  1. Showstealer4 semanas

    Um grande passo para a NJPW na sua tentativa de voltar a expandir-se internacionalmente, na minha perspetiva.
    Penso que nos eventos fora do Japão o público aprecia ver wrestling feminino e aqui está uma oportunidade perfeita para se apresentar o produto da Stardom interligado com o da NJPW.

  2. Anónimo4 semanas

    Sempre achei que a NJPW precisava de uma divisão feminina, perde nesse campo. Pode ser que agora com a compra da Stardom, e do fato de irem fazer shows foram do Japão e os fãs quiserem ver estrelas femininas, isso mude a opinião deles, e eles comecem a criar uma divisão feminina na companhia, acho que saíam a ganhar muito com isso.

    • Sandrojr4 semanas

      A njpw não precisa não, ela já é muito boa seguindo o seu caminho, o mesmo vale pra stardom.

    • Não…
      Uma divisão feminina na NJPW não beneficiaria nem a NJPW, nem as promoções Joshi.

      A NJPW estaria a tirar oportunidades às empresas Joshi, e estaria a perder espaço para muitos dos seus wrestlers assim como perder um pouco da sua identidade, porque provavelmente os sacrificados acabariam por ser os Young Lions, e o sistema dos Young Lions não só tem provado ser um sistema muito bom para a NJPW, como faz parte da sua identidade, basta ver a quantidade de wrestlers da NJPW (e não só) que saíram da lá (Finn Balor, Nakamura, Jay White, Okada, Naito, Tanahashi, Shibata, etc.)

  3. El Cuebro4 semanas

    Uma grande notícia com certeza, duas grandes empresas praticamente no mesmo caminho agora, quero ver muito uma interação dos lutadores e das lutadoras, quem sabe um dia título femininos da IWGP e um título masculino no meio da Stardom quem sabe, grande iniciativa da NJPW!!

  4. Vitor4 semanas

    Acho interessante pois a Stardom mantém uma independência mas tbm acaba por ter um novo seguro para uma longa continuidade caso venha a precisar de investimentos ou algo do tipo

Comentar