Nos últimos dias foi reportado que Vince McMahon obrigou todo o roster da WWE a treinar mais, para se prepararem para o regresso à estrada que irá acontecer a partir do dia 16 de Julho. O objectivo é que os lutadores melhorem a sua condição física para lutar à frente dos fãs.

No entanto, segundo Dave Meltzer na Wrestling Observer Newsletter desta semana, muitos lutadores não ficaram satisfeitos com este pedido imposto pelo presidente da WWE, sobretudo os lutadores que não vivem em Orlando, cidade na qual está situado o Performance Center da empresa.

O jornalista refere que muitos terão de alterar bastante as suas rotinas e viajar mais frequentemente para poderem treinar no Performance Center da WWE, e que poderiam simplesmente fazer esses treinos cardiovasculares a partir de suas casas ou em ginásios nas cidades onde vivem.

Para além disso, Dave Meltzer refere que os grandes nomes da WWE não estão obrigados a treinar no Performance Center, pois este é descrito como um local opcional. No entanto, para os restantes lutadores do roster, é obrigatório que lá seja. Este duplo tratamento está assim a causar alguma insatisfação.

Lembramos que a WWE vai regressar à estrada e aos shows ao vivo com fãs a partir do dia 16 de Julho, com uma tour que se estenderá por 25 cidades e que irá durar até ao dia 6 de Setembro.


O que achas desta obrigação imposta por Vince McMahon de que os lutadores da WWE deverão treinar frequentemente no Performance Center?

13 Comentários

  1. Uns sao filhos outros enteados… se é paracum é assim entao devia ser para todos… qual o problema daqueles quecsao de outros estados treinarem nos ginasios onde frequentam??? Por amor de deus o vince só arranja problemas sem necessidade, até em coisinhas destas, a wwe está no fundo mesmo, tudo revoltando com o velho e ele ali a rir se a nadar em notas…

  2. Mais uma acha para a fogueira…

    • Kay Orton1 semana

      Pois é.
      “Não concorda conosco ?
      A porta está aberta pra ir embora. Vc escolhe se fica ou se vai.”

    • MC1 semana

      Pois é Kay… tal como em qualquer outro emprego. Que chatice que o meu patrão me mandou arrumar caixas hoje, preferia ter ficado em casa ou feito outra coisa. 🤷🏻‍♂️

      Atenção, não concordo com o tratamento duplo, aos de topo e aos demais. E concordo com o DemoGod quando diz que é mais uma acha para uma fogueira, que de resto já não está em lume brando mas… nem acho isto um “escândalo”, tem-se visto coisas bem piores. Apenas patrão a ser patrão.

    • Kay Orton1 semana

      Sim MC, o tratamento diferente me incomoda e é mais sobre isso, qualquer coisa contrária… regras da empresa e paciência pra quem não concorda, por isso eu disse “a porta está aberta”.

      mas fazer o que né, nem todos lá são protegidos pela própria empresa ou pelo sobrenome pra salvar suas carreiras.
      a verdade é que muita gente no roster tem medo de receber aquele telefonema de demissão pela manhã, mesmo que vc seja super útil pra empresa vc corre esse risco.

    • Aqui o ponto fulcral é exatamente esse, uns sao filhos outros enteados… isso claramente causa atritos entre equipas de trabalho, logico na wwe nao é diferente e tudo isto por mais uma ideia brilhante do patrao…

  3. Claro que é chato ver dois tipos de tratamento diferentes, mas isto é o que é, se calhar esses grandes nomes que não precisam de treinar no PC são os que participam regularmente nos programas e daí não precisarem de estar a voltar a instalações da WWE durante a semana, mas é tudo especulação neste momento.

  4. WTF! What the fuck! Dafuq!

  5. Facebook Profile photo

    Assim, o Vince ter obrigado aos lutadores a fazerem mais treinos no PC é compreensível, agora este tipo de tratamentos diferentes é que é chato de enfrentar.

  6. Facebook Profile photo

    oq serve pra uns tem q servir pra todos, se não gera descontentamento

  7. Anónimo6 dias

    Pedir para eles treinaram é algo compreensível. Mas claro, os tratamentos diferentes não caí bem.

  8. Isso assim torna-se muito chato!