Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Agendado para esta segunda noite da WrestleMania 36, transmitida este domingo a partir do Performance Center, estava um Firefly Fun House Match entre John Cena e o “The Fiend” Bray Wyatt.

Havia alguma expectativa para perceber o que a WWE tinha reservado, principalmente depois do excelente Boneyard Match da noite anterior.

A WWE WrestleMania 36 foi transmitida na WWE Network. Subscreve aqui, o primeiro mês é grátis!

John Cena fez a sua entrada normalmente no Performance Center e por alguns momentos pensou-se que afinal o combate iria acontecer no ringue, só que a entrada foi interrompida por glitches e uma promo de Bray Wyatt.

John Cena foi depois “teletransportado” para a Firefly Fun House, mas na qual entrou pela porta da mente de Bray Wyatt. Seguiu-se depois um momento em que foi lembrada a estreia de John Cena na WWE, contra Kurt Angle. O líder da Cenation apareceu com essa mesma gear, mas à sua frente no ringue tinha Bray Wyatt, que se foi desviando aos seus golpes, fugindo depois do ringue.

O “combate” seguiu depois para o Saturday’s Night Main Event dos anos 80, e tivemos mais momentos de “comédia” protagonizada por Bray Wyatt e John Cena. Depois de muito exercício de bícep, este último tornou-se numa marioneta.

Pouco depois, John Cena transformou-se no “Dr. of Thuganomics”, voltando a “ação” para o ringue com rap. John Cena falou em oportunidades e Bray Wyatt reagiu com uma promo emotiva, onde acusou o adversário de receber todas as oportunidades e de ser um bully.

John Cena tentou depois atacar Bray Wyatt, mas este desviou-se e atingiu-o com uma corrente.

Depois foi a vez de se contar a história de Bray Wyatt, que lembrou a sua primeira personagem como líder da Wyatt Family e foi lembrado combate entre os dois na WrestleMania XXX. Bray Wyatt afirmou que estava na altura de reescrever a história e começou então a atacar John Cena, tentando-lhe aplicar o Sister Abigail.

John Cena escapou, mas Bray Wyatt tinha uma cadeira na mão, que John Cena lhe tirou. O mesmo que tinha acontecido há 6 anos atrás. John Cena tinha aqui uma oportunidade de reescrever a história, mas falhou a cadeirada porque Bray Wyatt desapareceu.

A seguir, Bray Wyatt imitou Eric Bischoff e introduziu John Cena como membro da nWo, como se ele fosse o “Hollywood” Hulk Hogan.

Pelo meio ainda tivemos uma referência a Vince McMahon e à sua frase “It’s such good sh*t”. John Cena atacou Bray Wyatt, e a cada soco apareciam imagens de vários lutadores que ele “enterrou”.

Só que na verdade ele estava a dar socos ao “porco” de Bray Wyatt, e nas suas costas apareceu o “The Fiend”.

O monstro atacou-o com o Mandible Claw e depois aplicou-lhe o Sister Abigail, seguido de novo Mandible Claw para a vitória. Enquanto isso, sorrisos maquiavélicos se ouviam e John Cena desapareceu do ringue.

O Firefly Fun House Match terminou com “The Fiend” a proferir a sua frase… “Let Me In!”.


O que achaste deste Firefly Fun House Match entre John Cena e o “The Fiend” Bray Wyatt?

124 Comentários

  1. Anónimo2 meses

    Vou ser direto e sincero… Que merda de combate, se é que se pode chamar a isto combate

  2. Carlos Rodrigues2 meses

    Isto pode-se chamar de combate?

    • Eu acho que não 😅 mas que foi fantástico foi

    • Carlos Rodrigues2 meses

      Foi bom mas para quem gosta de cinema, apesar do Wrestling ser um pouco disso… Tive pena porque tinha tudo para assistirmos a um grande combate entre os dois…

    • Eu não vi combate nenhum, até percebo a ideia mas esperava muito mais

    • BRUNO ON DRUGS2 meses

      Fantástico? Mas tu estás drogado? Isto foi a maior merda que já vi na WWE. Esta empresa daqui a pouco encerra. Que grande merda.

    • Se por cada comentário que lesse que a WWE vai encerrar ganhasse 1 cêntimo estava rico

    • Encerrar 😂😂

  3. Beatriz Lynch2 meses

    Isso foi incrivel, brilhante.

  4. Bruno B.2 meses

    Entendi foi nada kkkkk

  5. Foto de perfil do Facebook
    Stone cold_2 meses

    Sera que finalmente o John cena vai twr o heel turn?

    • Para o filme de Fast & Furious, sim.

    • SZ2 meses

      Ele voltar com thuganomics ia ser foda dms

    • SZ, não, não seria. O homem tem mais de 40 anos. Chega de viver no passado. Aliás, essa gimmick foi ontem satirizada, e bem.

    • Algoritmo2 meses

      Satirizada? Eu não vi sátira nenhuma. Vi um segmento do mais horrível que já vi na WWE. Mau demais para ser verdade. Pior Wrestlemania de sempre.

    • Sim, satirizada. Preciso de explicar a definição de “satirizada”? As rimas do John Cena foram representadas como sendo fracas, basta ver as expressões do Bray Wyatt e ouvir os passarinhos, que é basicamente a simbolizar a reacção dos fãs às rimas “cringe” do Cena. Ele próprio agiu de forma ridícula, ridicularizou-se a si mesmo. Ou achas que ele andava mesmo daquela maneira e tinha aqueles maneirismos exagerados na altura em que tinha essa gimmick? Ahhh, ter que estar a explicar a um Algoritmo a definição de “sátira”…

  6. Foto de perfil do Facebook
    S2 meses

    Entendi nada, mas adorei

  7. Daniel2 meses

    Foi incrível, foi brilhante, foi uma obra de arte!

  8. leotaker2 meses

    wyatt estava o tempo todo na cabeça de john cena achei fantastica

  9. Foto de perfil do Facebook

    Conceito muito bom….mas podia ter havido mais contacto/porrada. Mas gostei

  10. Gostei muito deste segmento. Toda a nostalgia e como pegaram nesses momentos foi excelente mas… só foi isso mesmo, um segmento. Na minha opinião, gostaria ter visto mais luta. Onde o John Cena tentasse mesmo destruir o The Fiend e visse mesmo que é praticamente impossível (só o Goldberg consegue, infelizmente -.-). Também gostaria ter visto o Bray Wyatt a colocar o John Cena mais lá no fundo do poço. Quando ele falou que o John Cena teve todas as oportunidades do mundo, estava a espera que falasse das vezes que “enterrou” outros lutadores e passou por cima de outras pessoas. Quebrar ainda mais a quarta parede. Sei que mexeu com a cabeça do John Cena todo este segmento, mas tinha gostado mais se o John Cena ficasse ali destruído psicologicamente e fisicamente. A duvidar de toda a boa carreira que teve. Desesperado e em pânico com todo aquele inferno. Poderia ter sido mais tipo a bd The Killing Joke. Quando o Joker pegou no Jim Gordon e levou-o numa viagem de tortura. Para os interessados, é só pesquisar no google. Enfim, isto não quer dizer que não tenha gostado. Apenas, gostaria que tivesse sido mais como referi.

    • Vitor WWE2 meses

      Vdd, o Cena nem teve oportunidade de pelo menos tentar vencer o Fiend por isso que esse ficou ruim mas pra quem gosta de cinema… Tá fiche

    • Beatriz Lynch2 meses

      Alan Moore fez uma obra de arte(ja que citou).

  11. Vitor WWE2 meses

    Wyatt merece depois de ter perdido o título Universal, o filme do combate foi bom até teve comédias kkkkk

  12. Sinto que deveria ter fumado maconha antes de assistir isso.😁
    Isso foi fantástico. Sra que o Cena fez o heel turn?

    • Duvido, wesley. Só se ele voltar a tempo da próxima WrestleMania para ter um combate de despedida contra um babyface de topo, colocando-o over como fez agora com Bray.

    • DiogoM2 meses

      eu fumei e foi maravilhoso 😀

  13. MC2 meses

    Ficamos todos baralhados creio, mas foi bom. No entanto, acho que ficou uns furos abaixo do Boneyard match.

    • Foram diferentes, mas sim. Se tivesse que escolher o meu favorita, escolheria o Boneyard Match.

    • Se tivesse que escolher um, diria este. O Bray Wyatt faz tudo parecer natural, enquanto o AJ Styles e o Undertaker tiveram momentos claramente exagerados. Nem um nem outro tem as capacidades de representação do Wyatt. Que actor.

      Já agora, devemos assumir que o Karl Anderson morreu queimado? É que ele sofreu um “Tombstone” no telhado e no fim a casa fica a arder. Ou ele foi embora depois do “Tombstone” como se nada fosse e não tentou ajudar o AJ? Pequenas incoerências e pequenos erros que fazem a diferença entre um segmento muito bom e um segmento excelente.

    • Não percam o próximo episódio porque nós, também não!

    • JPB2 meses

      “Já agora, devemos assumir que o Karl Anderson morreu queimado? É que ele sofreu um “Tombstone” no telhado e no fim a casa fica a arder. Ou ele foi embora depois do “Tombstone” como se nada fosse e não tentou ajudar o AJ?”
      Não faça essas observações cara, vai estragar a “magia” das lutas hahahaha… Já pensou se começarmos a ficar questionando detalhes bobos, por exemplo: “Como John Cena foi parar na Firefly Fun House, foi tele-transportado ou tudo se passou na mente dele?”, “Como Bray Wyatt pôde fazer a contagem do “The Fiend” no John Cena se os dois são o mesmo ser”? ou “Para onde John Cena foi depois que sumiu e o que aconteceu com ele”?
      São coisas que não vêm ao caso se não estragar as maravilhosas experiências que a WWE nos proporcionou em ambos os “combates”, vamos apenas nos divertir!

    • O Wyatt/Cena era suposto ser “sobrenatural” e do mundo da fantasia. O Taker/AJ não. Foi apenas uma brawl, mas “real”.

      Ah, não te preocupes, gostei muito do Taker/AJ e nada estragou o desfrutar do combate. Só disse o porquê de para mim um ter sido excelente e outro muito bom.

    • JPB2 meses

      Entendi cara. Para falar a verdade encarei o Taker vs Styles como algo “sobrenatural” também por causa dos “poderes” que o Deadman usou durante a luta…mas entendi seu ponto.
      Desde já gostaria de te dizer que estou muito feliz de você ter voltado a comentar no site, senti sua falta assim como sinto da Salgado e do José Sousa. Bem vindo de volta ao wrestling!

    • “Para falar a verdade encarei o Taker vs Styles como algo “sobrenatural” também por causa dos “poderes” que o Deadman usou durante a luta…”. Ok, também é uma boa forma de ver as coisas, sim.

      Obrigado eheh

    • Anónimo2 meses

      Ambos foram bons, mas concordo, o Boneyard Match foi melhor.

  14. "THE FIEND"2 meses

    Mais uma vitória de “THE FIEND” NEVER FORGETS. LET ME IN.

  15. Juan2 meses

    nossa como a comunidade de wrestling é insuportavel, ”nao teve match pipipipopo, que luta horrivel”, puta que pariu.

  16. Dos melhores segmentos que a WWE alguma vez produziu. Acredito que grande parte deste segmento tenha saído da cabeça do Bray Wyatt, que se está a tornar um dos grandes cérebros da História da WWE, embora este conceito em específico tenha sido introduzido por outra lenda chamada Matt Hardy (que será sempre muito mais criativo e talentoso do que o seu problemático irmão).

    Muito bem o John Cena a disponibilizar-se para fazer figura de palhaço e corrigir o erro de há seis anos atrás (meu deus, seis anos, tou velho). As suas últimas promos tiveram realmente um nível de arrogância atroz, por isso faz sentido ter sido agora compensado com uma “humilhação”, maior até, diria, do aquela que sofreu às mãos do Brock Lesnar em 2014.

    • Andrade992 meses

      Mais humilhação do que aquele combate contra o Taker tambem na Wrestlemania.

    • Não me lembrava desse combate. Mas diria que sim, que até esse foi menos humilhante. Foi apenas um combate curto, não foi completamente humilhado e não fez figuras “tristes” como ontem.

    • Algoritmo2 meses

      Matt Hardy mais talentoso do que o Jeff? Em ringue é que não é de certeza. Só se for para fazer estes segmentos ranhosos que com Wrestling não têm nada a ver. Bray Wyatt um dos grandes cérebros da história da WWE, há coisas que nem dá para acreditar.

      Vince McMahon, Austin, The Rock, Undertaker, Paul Heyman, Chris Jericho, entre outros devem estar a rolar no chão de tanto rir!

      Dizer que isto foi uma humilhação para o Cena também é de rir, isto não foi nada! Foi apenas um segmento deplorável, do pior que já se viu na WWE na pior Wrestlemania da história que devia inclusive ter sido adiada e realizada com público!

    • Algoritmo, dizer que o Bray Wyatt é uma grande mente do Wrestling não significa que esses senhores que referiste não o sejam também 🙂 Nem eu disse que ele está acima desses 🙂

      Hmmm… o Jeff Hardy é melhor no ringue porquê? Porque salta de alturas muito altas e parte-se todo? Epá, então olha, o Shane McMahon é o melhor wrestler de sempre! 🙂

      Foi uma “humilhação” no sentido em que ele se dispôs a admitir que é verdade tudo aquilo que dizem dele: que enterra outros lutadores, que é o Hulk Hogan desta geração, que é, no fundo, um merdas enquanto ser humano. Nesse sentido foi uma humilhação, mas obviamente que tudo dentro da história que estava a ser contada.

      Se a WrestleMania devia ter sido adiada ou não, não sei. Nos EUA a situação do covid está para durar, portanto não se sabe qual seria a nova data, ou se haveria uma de todo.

      Esta não é a pior WrestleMania da História ahah, nem de perto. Tem lá calma, o Wrestling não começou há vinte anos atrás e a WrestleMania já teve 36 edições.

      Foi o segmento que foi deplorável ou há algoritmos que não se sabem adaptar a coisas novas e quer a mesma pasmaceira de sempre?

      Sabes o que são segmentos deploráveis? Ter o Donald Trump a rapar o cabelo do Vince McMahon (ideias de génio, sem dúvida…) num segmento que roubou tempo de antena a quem realmente o merece, o Big Show ou o Shane com a cabeça no cu do Vince McMahon (mais uma ideia de génio), Triple H vestido de Kane a simular a violação de um cadáver, etc, etc, etc, etc. Calma lá que isto foi mesmo um segmento de género. Isto, claro, caso se perceba as referências e a história contada.

    • segmento de génio*

    • Algoritmo2 meses

      Foi a pior Wrestlemania da história porque não teve público nenhum, pelo que os combates fora simplesmente normais, sem aquele boost que uma crowd boa ou má sempre dá.

      Quanto ao segmento? Sim foi horrível. O que toda a gente queria ver era um combate e não viagens com o Hulk Hogan, com o Monday Night Nitro ou com o Cena no início da carreira. Para isso vê-se um documentário histórico sobre a WWE. Aliás não é com segmentos destes que se vai atrair quem gosta de Wrestling e é por isso que o produto nunca mais vai voltar a ser como no final dos anos 90, em que toda a gente nos Estados Unidos sabia o que era o “Austin 3:16” vendo ou não a WWF. O poder que um simples som de vidros a partir que durava 2 segundos tinha… comparado com este género de segmentos que só dá vontade de dormir a quem vê isso de madrugada. Mau demais para ser verdade. Não é por ter havido segmentos horríveis como o da Katie Vick que este se torna bom.

    • Acredita que segmentos destes podem trazer muito mais fãs do que segmentos que fazem pessoas gozar com Wrestling e questionar a sanidade mental de quem é fã da mentalidade (porque é fácil de explicar o porquê de gostar de programas em que aparece um gajo a comer minhocas). Mas enfim, eu adorei, tu detestaste, fiquemos assim.

    • Algoritmo calma. Já vi que ninguém foi para a tua de anos mas isso não fez como que tivesse sido má. Aposto que as jogatanas com a tua mãe na Wii foram porreiras 😉

  17. McIntyre2 meses

    Pessoal do wrestling pt, preciso da vossa ajuda.
    Conhecem alguém dentro da WWE?

  18. Jose2 meses

    Vcs acham essa bosta um combate foi uma jogada de cena com o john cena não gostei muito ele a piada de bray mais não fez meu tipo saca !!!

  19. Leo2 meses

    Sou apenas um miúdo que adorou a WWE nos tempos tempos de 2006 a 2008 que para mim foi dos melhores tempos, e nunca consegui perceber pq odeiam tanto o John cena e pq quando o público quando ele entra canta “cena sucks” alguém me pode explicar porque o odeiam tanto e o q ele fez para ninguém gostar dele?😅😅

    • Messiahmn2 meses

      Penso que seja porque a malta diz que o Cena tem a “golden shovel”, ou seja, enterra e arruina a carreira de superstars mais novos, tais como os Nexus, Damien Sandow, Rusev, Zack Ryder ou Ryback, que perderam todo o hype e os seus pushes depois de terem cruzado o caminho de John Cena

    • E o Alex Riley e outros.

      E de 2005 a 2010 o homem era praticamente invencível. Tinha um booking à Hulk Hogan. As pessoas fartaram-se dele.

    • Charlie harper2 meses

      Damien Sandow,Alex Riley,Wade Barret,Rusev,Ryback,Wyatt Family,Zack Ryder,Umaga,Corbin como lobo solitário,R Truth quando era heel,Tyler Reeks,Owens na rivalidade deles Owens deveria ter vencido!

    • Na parte do KO não concordo. Quando foi a última vez que alguém se estreou com tanto impacto? Ele derrotou o Cena limpo (uma raridade até então) no seu combate de estreia e saiu por cima nos segmentos.

  20. Foto de perfil do Facebook

    Com esse combate e do Goldberg e Braun, posso falar que foram dois “combates” merdas

    • John Doe2 meses

      Concordo. Piores segmentos (sendo que este nem combate foi) da WM

  21. Jack Hammer2 meses

    Very Weird de combate

  22. O combate em si foi quase inexistente, mas a história por detrás, as promos, os angles, tudo conjugado no segmento…Que coisa linda!
    Para os que gostam de acompanhar histórias dentro da WWE (como eu), é isto que gostamos e queremos ver: continuidade, um passado que não seja esquecido e tenha importância no futuro e originalidade.
    Lamento que The Fiend e John Cena não tenham tido mais uns minutos de combate no ringue (provavelmente o John não o podia fazer devido às restrições de gravações do filme em que está inserido), mas creio que tudo o resto acabou por compensar essa ausência.

    • Surf2 meses

      Para os casuais e old schools é uma autêntica merda digo já

    • Acredito, Surf. Mas há que ter em conta a estipulação do combate, daí que eu pessoalmente já estivesse mentalizado de que poderia acontecer o que aconteceu.
      Creio que o maior problema aqui tenha sido o facto de algumas pessoas estarem preparadas para ver um combate de wrestling e não se conseguirem adaptar à diferente história que tiveram e foi contada de uma forma única. Contudo, é óbvio que o wrestling, como quase tudo, é subjetivo e por isso entendo que haja ainda uma certa percentagem de pessoas que tenham assistido àquilo e não tenham gostado por não se enquadrar nos seus “ideais”.

  23. McIntyre2 meses

    Luis Salvador, eu respondo, se responder aos meus e-mails

  24. Litos2 meses

    Isto foi completamente brilhante! Gostei ainda mais do que o Boneyard Match! Conceito completamente inovador, todos os throwbacks à carreira do Cena foram brilhantes, a promo do Wyatt a comparar o Cena ao Hogan como o seu sucessor no papel do Superman da WWE, aquele babyface que derrota tudo e todos e behind the scenes tem as oportunidades todas e o toquezinho de Hollywood Hulk Hogan foi excelente! O final teve aquele elemento surpresa a ser o Wyatt a contar o pin e deixar a audiência “what the hell just happened” foi a cereja no topo do bolo. Muito bom! Parabéns ao Bray e ao Cena por terem criado isto.

    • Litos2 meses

      Mais duas coisas que não referi: o paralelo do Cena/Hogan a trabalhar o facto do Hogan ter feito o heel turn e o Cena não, apesar de ser o que os fãs queriam e o “You can look but you can’t touch” do Bray também foram geniais

    • Ri-me muito alto (demasiado alto para a hora a que o combate foi transmitido em Portugal) com o “you can look but you can’t touch”. Muito, muito bom.

    • Algoritmo2 meses

      É por comentários destes que a WWE está cada vez pior. Como é possível engolir o pior segmento da história de uma Wrestlemania e ainda dizer que foi algo brilhante. É por isto que a WWE nunca mais vai voltar ao nível da Attitude Era em que tinha audiências astronómicas e em que não houvesse ninguém no país inteiro que não conhecesse o “Austin 3:16”.

    • Algoritmo, se quiseres uma lista de segmento muito, mas muito piores do que este durante a Attitude Era, é só pedir. Ou então podes usar o Google.

    • Litos2 meses

      Algoritmo: não culpes a WWE por tu não teres inteligência o suficiente para perceber a história que eles quiseram contar

    • Algoritmo2 meses

      Sim, por acaso quero uma lista de segmentos muito piores durante a Attitude Era. Aposto que só te vais lembrar de segmentos do género Vince a humilhar a Trish Stratus ou com o Mark Henry.

      Litos ninguém quer saber da história que eles quiseram contar, o que as pessoas queriam ver era um combate e de preferência um bom combate.

    • Hawk a suicidiar-se em directo na televisão, Stephanie McMahon crucificada, Big Boss Man enforcado, Vince a ser Campeão da WWE, Vince a gozar com a doença do JR, misoginia constante (não apenas com a Trish). Epá e tantos, tantos outros. Poupa-me ao trabalho, por favor.

      “(…) o que as pessoas queriam ver era um combate e de preferência um bom combate.” Hmmm, que pessoas? Uns sim, outros não se importaram. É ver os comentários por essa internet fora, maioritariamente favoráveis.

    • Afinal o Vince a gozar com o JR foi mais recente, mas tens muitos segmentos vergonhosos na Attitude Era. É ir (re)ver.

    • Litos2 meses

      – Vince a humilhar a Trish
      – Mae Young a dar à luz uma mão
      – Perry Saturn a namorar com uma esfregona
      – Aquela série de vignettes do gajo e a mãe que claramente queriam insinuar que os dois tinham uma relação sexual
      – Choppy choppy your pee pee
      – Austin a ser atropelado (tentativas de homicídio são sempre divertidas lol)
      – IT WAS ME AUSTIN, IT WAS ME ALL ALONG AUSTIN!
      – Sexual Chocolate
      – Big Bossman a gozar com o Big Show no funeral do pai dele
      – Brian Pillman a apontar uma arma ao Stone Cold (tentativas de homicídio são divertidas!!!!!)

      Queres mais? A Attitude Era está cheia deles. Não é por estrelas terem saído de lá que quer dizer que o produto foi brilhante, porque grande parte dos Raws estavam cheios de trash tv porque era o que público com meio neurónio gostava de ver.

    • Algoritmo2 meses

      Há algumas cenas claro, até eu já tinha referido algumas, mas por exemplo caso não saibas, a do Austin ser atropelado foi para arranjar forma de o ter forma do programa durante um longo tempo visto que tinha que fazer uma cirurgia. A da Ministry of Darkness tinha tudo para ser uma boa storyline por exemplo. Foi onde se viu uma personagem ainda mais sombria do Undertaker.

    • Eish, essa do funeral do pai do Big Show… Já não me estava a lembrar. Horrendo.

    • Epá, é que só mesmo quem vive no passado pode achar que repetir a fórmula da Attitude Era teria sucesso agora. Para já, reciclar ideias raramente dá bom resultado. E depois, e SOBRETUDO, o público não tem nada a ver, a sociedade não tem nada a ver, aquilo que as pessoas desejam ver mudou!

      Havia coisas feitas na Attitude Era que hoje em dia não teriam reacção por parte do público, ou teriam uma má reacção. Hoje em dia as pessoas apreciam coisas mais complexas, daí o tipo de séries que são produzidas, que mexem com o psicológico, estão recheadas de simbolismos, etc. Na Attitude Era havia uma pressão imensa para ter reacções, não interessavam os planos a longo prazo, o que interessava era chocar e garantir que as pessoas voltavam na semana seguinte. A WWF teve sucesso, a WCW começou a ficar para trás, caiu no ridículo ao tentar desesperadamente voltar a ser relevante e foi à falência.

      Hoje em dia as audiências televisivas pouco importam, até porque dá para voltar atrás na box e ver algo que não vimos em directo (ou seja, nunca se sabe a 100% quantas pessoas viram na televisão e quantas não viram). O que interessa é que se fale do produto nos twitters e afins, essas são as audiências que importam hoje em dia.

      O mundo mudou. E, em muitos aspectos (pessoalmente não me interessava nada ver um Godfather rodeado de prostitutas), ainda bem. Aceitem isso e sigam em frente.

    • Algoritmo2 meses

      Claro que mudou, mas o engraçado é que o The Rock volta e é um pop maior do que qualquer lutador a atualidade tem. Com o Stone Cold é a mesma coisa. Aliás basta ouvir um “if you smell”, vidros a partir ou gongos e a reação está logo noutro nível.

      É óbvio que o negócio tem de evoluir e de se adaptar, mas por amor de Deus se eu quiser ver um sketch de 15 minutos não vou ver WWE. Se quiser ver um filme vou ver um filme de jeito não vou ver WWE. Se estou a ver um combate da Wrestlemania é para ver um combate não um segmento daqueles sem pés nem cabeça. Se achas que é aquilo que atrai audiências, ok tudo bem, eu tenho a certeza que ouvir uma das três coisas que referi traria uma reação muito maior do que todo esse segmento. Vamos ser honestos se for para ver o John Cena espancar um lutador que se transforma num porco até que o lutador que ele estava a espancar aparece com duas personalidades diferente a atacá-lo e ao mesmo tempo a fazer a contagem… vou ver um filme bem feito. Isso que fizeram de Wrestling não tem nada e de cinema também não tem nada. Provavelmente até me conseguia divertir mais a ver o Big Bossman a arrastar o Big Show num caixão do que a ver esse segmento.

    • Litos2 meses

      Sim, sei perfeitamente que o Austin precisava de fazer a cirurgia e foi a maneira de o retirar da programação. Isso não justifica teres uma tentativa de homicídio em pleno PPV. E depois tudo o que se seguiu foi horrível também.

      Quanto ao resto… eh pá, sim, as lendas têm sempre melhores reações, mas isso não quer dizer nada. Simplesmente é a consequência da WWE já não ter a capacidade de criar mais estrelas. Não é coincidência de os 7 combates que tiveram mais destaque nesta WM, 5 deles envolviam part timers. Se não gostaste deste segmento, estás no teu direito, mas não critiques quem gostou porque também está no seu direito. Isto foi algo diferente, único, nunca antes visto numa empresa que apresenta wrestling e entretenimento (vê o que signfica o E em WWE). Foi das poucas vezes em anos que a WWE conseguiu contar uma boa história e construir uma boa rivalidade, coisa que no produto de agora só se vê no NXT porque o Triple H está muito mais ciente do que o público quer ver em relação ao Vince, que está preso na fórmula que lhe deu sucesso antigamente.

      No build up da rivalidade o Wyatt criticou o Cena por ter travado o seu rise ao ME (coisa que é real e dá um bocado de 4th wall break que apimenta muito uma rivalidade) e o Cena diz que ia acabar com a personagem mais overhyped, overvalued e overprivileged de sempre. Ontem o Wyatt fez mind games brutais com o Cena, dizendo que ele é o seu maior inimigo, mais uma vez a brincar com a linha da realidade porque o público criticou bastante o Cena porque a personagem dele foi genérica durante muitos anos, não porque os seus adversários tinham mais popularidade. Depois começou a viagem pela carreira do Cena numa maneira de fazê-lo enfrentar os seus demónios: fazer uma má estreia, o seu passado falhado como bodybuilder, a sua carreira falhada como rapper, a sua relação falhada com a Nikki, o paralelo Cena/Hogan pois foram os babyfaces invencíveis que enterraram bastante talento por causa do seu próprio ego que o público se começou a fartar e a diferença de que o Hogan deu o passo em frente na carreira e fez o heel turn e o Cena nunca fez. No final, o Bray fez o Cena abraçar os seus demónios e ele quebrou, pegou na cadeira e queria começar a atacar o Bray com ela. Isto fez com que o Cena acabasse (definitivamente, talvez) com a personagem mais overhyped, overvalued e overprivileged. Mas não era o Wyatt, era ele próprio. Isto foi uma twist excelente e melhor do que várias twists que vês em séries ou filmes por aí. Depois do Fiend ter saído por cima, o Cena enfrentou mais um demónio: ter de se retirar (repara que ele desapareceu). Isto deu uma abertura para um heel turn do Cena e eles não conseguiam fazer isto de uma maneira tão eficaz num combate no ringue.

      Entende que wrestling não é bom se for só isso. Tem de ser acompanhado por entretenimento, por uma história/rivalidade. Se wrestling fosse a única coisa que interessasse, pessoas como Dean Malenko tinham sido Main Eventers com uma perna às costas.

    • Algoritmo mete uma coisa na cabeça . A atitude era já acabou, esses comentários de que “a atitude era e que era bom” e tão século passado. Queres a atitude era subscreve na WWE network e tens lá montes de conteúdos da attitude era. Mas se for preciso nem tás subscrito, deves ter visto a mania num site “grátis” e tás a reclamar de algo que nem pagaste….

    • Ah, e como esquecer o incrível “Kiss My Ass Club”? Fantástico.

      Vejam o primeiro episódio da série “Ruthlession Aggression Era”. Eles próprios se dizem embaraçados, e a WWE até costuma contar a História de uma forma que a beneficie. Mas quando é mesmo muito mau, não há nada a fazer.

    • Ruthless*

  25. Bruno Fec2 meses

    A não ser que isto leve ao FINALLY heel turn do Cena (um pouco como Hogan aquando dos NWO) não consigo entender este “combate”.

    • Antes do combate, o Cena estava todo arrogante a dizer que o Fiend não lhe metia novo, que era apenas o Husky Harris e o Bray Wyatt, e que é era “overhpyed” e o gajo com mais oportunidades na WWE. O segmento foi uma lição de humildade para o Cena, que de certeza nunca mais desvalorizá o Wyatt daquela forma. Foi assim que eu interpretei.

    • não lhe metia medo*

  26. Andrade992 meses

    Isso foi um surto coletivo ou realmente aconteceu ? 😂😂.
    Brincadeiras a parte,foi algo muito bizarro, parecia uma especie de pesadelo para o Cena.

  27. JOBY2 meses

    Nao percebi nada dessa palhaçada

  28. Uma montanha russa nostálgica, leva-me a crer que desta o The Fiend tenha entrado mesmo em alguém, e esse alguém é o John Cena, tal como li aqui nos comentários parecia o pesadelo dele, e a levar ao passado, a rumores, a tudo, pena não ter havido muito in-ring action, mas como segmento foi brilhante

  29. SZ2 meses

    Cara se fosse no estilo que foi undertaker x aj styles tinha sido mto top, mas do jeito que foi nem era um combate

  30. Foto de perfil do Facebook

    Carai ao inicio quando li o titulo da noticia, pense que o Cena é que tinha vencido xd

  31. hugommm2 meses

    Bem… este segmento ou combate ou queiram chamar lhe o q quiserem foi mt estranho msm… ATENÇÃO por dizer estranho n estou a dizer q foi mau. Por um lado acho q foi um momento incrivel e mt bem pensado pela WWE. Por outro lado isto é wrestling profissional e não um filme de terror haha
    No entanto, o segmento foi bastante bom e gostaria de ouvir o q o Cena terá para dizer dps disto.

  32. Sardão da Noite2 meses

    Sinceramente se o cena e o fiend não queriam lutar mais valia não haver combate, foi uma palhaçada autêntica, wrestling zero, foi umas história que convence miúdos de 5 anos enfim…

    • Miúdos de 5 anos viam o Saturday night mai events e a wcw? Devem ter uma máquina do tempo…

  33. JPB2 meses

    Me diverti mais com a “Boneyard Match” mas só porque gostei mais da estrutura em si, contudo, é quase impossível não dizer que essa “Firefly Fun House Match” foi um dos melhores segmentos da história dessa companhia! Estão de parabéns todos os envolvidos!

  34. Foto de perfil do Facebook
    The Heartbreak Kid2 meses

    Este combate foi a desilusão das duas noites da WM36. 😥😥

  35. Foto de perfil do Facebook
    The Awesome2 meses

    Simplesmente horrivel, isso deveria ter sido um segmento antes da Luta para funcionar como Promo. Foi de longe a pior coisa desta Wrestlemania.

    • De longe… Tão mau que aposto que já viste outra vez

    • Foto de perfil do Facebook
      The Awesome2 meses

      Parece um filme mal produzido cheio de Referencias. Alias pareceu tudo menos um combate.Pelomenos no combate de Taker vs Styles vimos alguns Golpes e foi apenas um cenário com continuidade já o de Cena vs Fiend tem Muito Corte e muita fantasia desnecessária eu preferia um combate numa casa do que isso que aconteceu.

  36. João da Cena2 meses

    Mais uma vez, gostei da mesma maneira que gostei do boneyard match. Visualmente muito apelativos. Porém, isto não é wrestling, não é um combate e, na minha opinião, não deve ser visto como tal nem comparado com outros combates

  37. TakerVanderVaart232 meses

    Epah vejo malta aqui só a comentar que a Attitude Era isto, Attitude Era aquilo.. aí é que era tudo ótimo bla bla bla
    com mentes assim é que é difícil levar tudo para a frente. Aceitem algo novo, diferente, aceitem que os tempos modernos não são como os anos 80/90 e inícios de 2000. Tenho 27 anos e no meu tempo fazia desenhos em casa, jogava-se a apanhada, existia o peão, jogava futebol na rua (sim, o pessoal juntava-se todo no bairro depois da escola para jogar), entre muitas outras coisas enquanto hoje em dia o que vejo é putos a irem fechar-se em casa para estar no messenger, instagram e afins! Os tempos mudaram, os hábitos mudaram e certas atitudes/vontades também infelizmente, pelo menos em algumas coisas.
    A verdade é que com tudo isto e com a demasiada oferta de Wrestling e wrestlers de hoje em dia, o produto será sempre diferente dos anos 90. Agora isso não nos impede de apreciar algo quando é bem feito. Para mim tanto o segmento do Taker vs AJ e do Bray Wyatt vs John Cena foram muito bem conseguidos por parte da WWE e é de certa forma uma brisa de ar fresco para o conteúdo que nos mostram constantemente.
    Podem até não gostar, opiniões e gostos cada um os tem à sua maneira, agora não critiquem só por criticar nem critiquem só porque vivem no passado.
    By the way, se querem viver mesmo no passado, registem-se na Network e têm lá muitos combates dos anos 90 para ver 😉

  38. Filipepc2 meses

    Péssimo. Mau, mau, mau. Que treta.

    • Por cada vez que escreveste mau deve ter sido o número de vezes que já viste este segmento

  39. El Cuebro2 meses

    Foi uma das coisas mais bizarras que já vi em minha vida, nem sei o que falar direito.

  40. Litos2 meses

    Queria partilhar aqui um tópico do r/SquaredCircle sobre este combate que sugiro que percam um bocado a ler porque tentam explicar tudo o que aconteceu neste combate: https://www.reddit.com/r/SquaredCircle/comments/fvqc7w/wrestlemania_36_spoilers_firefly_funhouse/

    Este comentário deu-me um prazer em ler por isso vou destacar aqui:

    “The Firefly Funhouse match was about exposing Cena’s true nature. As Bray sees it.

    6 years ago Bray wanted to expose Cena as a phony, a fake… He saw Cena in the way a lot of us did sometimes.. behind his superhero facade was a corporate stooge, who would do anything to get ahead, who couldn’t stand to be challenged, someone who wouldn’t hesitate to hide behind sick kids to escape a verbal beatdown.

    At Wrestmania, he put the chair in his hand, wanting Cena to hit him defenseless to prove his point. But Cena wasn’t at his limit, his mind and will was actually stronger than Bray’s as Cena would never give up.

    He also didn’t have to do it… He is John Cena, if he wins that means he is right, right? So that’s what he did.

    But something even more important: Bray failed to understand that Cena would never do it… in front of a crowd.

    He didn’t have that problem tonight.

    And now, in his perfect form, Bray also had the power to take him to the limit, bring he to the edge so that he lowers his defenses.

    That’s what he did. He showed Cena what he fears, what he hates about himself, what he knows deep down to be true.

    Then he took him back to that same moment, with the same test. Bray stood in front of him, and looked at him like saying.. ‘You may fool everyone else, but I know what you are. I can see you.’

    And John failed. He used the chair, in a moment of pure anger and honesty. Bray disappeared, he wouldn’t even let him have that, but for all intents and purposes Cena striked. Bray was right.

    And as John walked down the ramp, dressed as another fallen hero who once showed his true colours, we all could see him too.

    Having to face himself with nowhere to run, no excuses to give, John lost his mind in anger and launched at Bray in a desperate move… but with his mind finally broken, his body was easy prey for The Fiend.

    His thirst quenched. His victory complete.

    As for John, he might pretend it never happened, he might embrace it.. but now we all know: Super Cena, is only human after all.

    And If Bray’s mirror can affect him like he did to others, we might even see something new.”

    Para quem diz que isto não foi um combate de wrestling e por essa razão foi mau, tentem perceber toda a história que foi contada aqui. Quase 20 anos de carreira do Cena destacando os maus momentos. O Bray e o Cena criaram uma coisa única

  41. Anónimo2 meses

    Não houve muito combate em si, mas tudo que envolveu está Firefly Fun House Match foi excelente. Mais uma vez a WWE este muito bem, parabéns!

  42. Darwin2 meses

    Foi a cena mais bizarra que ja vi de todo os tempos

  43. João Santana2 meses

    John Cena podes te reformar .
    Agora e so filmes
    Para mim o melhor lutador sempre o Randy Orton

  44. Maike2 meses

    a WrestleMania mais sem ridícula

  45. Maike2 meses

    é engraçado ver q muitos estão gostando disso kkk q absurdoooo

  46. Tiago Pereira3 semanas

    Péssimo. Bray até é um bom lutador mas c estás palhaçadas estraga tudo