Nas horas que antecederam o Worlds End do passado sábado, surgiram alguns rumores e dúvidas relativamente à segurança das mulheres na AEW.

No media scrum após o evento, Tony Khan garantiu que a AEW é segura, mas foi questionado por Phil Strum do USA Today sobre se Chris Jericho foi investigado.

O “Lionheart” foi mencionado nesses rumores que surgiram antes do evento, onde foi especulado que poderá ter assediado Kylie Rae sexualmente.

Não posso falar sobre a internet e rumores sem fontes. Falei anteriormente com o Kevin e mencionei a política que temos em vigor e o processo disciplinar. Sempre seguimos isso e acredito que é a empresa de Wrestling mais segura do mundo e temos o melhor histórico de segurança.

Eu diria isso a qualquer pessoa e sempre que alguém tiver qualquer tipo de reclamação, eles têm uma porta aberta para dizer isso a mim ou a qualquer pessoa no escritório e nós analisaríamos isso, a qualquer momento.

Mais tarde, Tony Khan foi novamente questionado sobre o caso de Chris Jericho, e respondeu:

Não posso falar sobre isso. Temos uma política disciplinar, temos um comité disciplinar ao qual as coisas são encaminhadas. Todos na AEW, qualquer pessoa que já lutou na AEW tem uma linha aberta para falar comigo ou com este grupo, e sempre foi.

É assim que sempre agimos e é por isso que acredito que a AEW tem o ambiente mais seguro e é o lugar mais seguro no Wrestling profissional e é por isso que a AEW tem o melhor histórico de segurança no wrestling. Acredito que mantemos isso.

Chris Jericho lutou no Worlds End, fazendo equipa com Sammy Guevara, Sting e Darby Allin para derrotar Ricky Starks, Big Bill, Konosuke Takeshita e Powerhouse Hobbs num Eight-Man Tag Team Match.


O que achas destes comentários de Tony Khan às acusações a Chris Jericho?

2 Comentários

  1. Guido2 meses

    Vai dá nada isso, Jericho é do grupo dos protegidos do Toninho Khan

    • tosse2 meses

      Tinonini é o grande heel da aew: destroi tudo à sua volta!