Desde que criou a All Elite Wrestling que Tony Khan apareceu muitas poucas vezes no Dynamite, guardado a maior parte das aparições para antes ou depois da transmissão dos programas.

Entretanto, em entrevista no podcast de Renee Young, o Oral Sessions, o presidente da AEW revelou não ter vontade de ser uma personagem nos programas televisivos da empresa.

Não estou interessado em ser uma personagem. Fiz uma grande excepção para aparecer no programa de tributo ao Brodie Lee, porque pensei que era a coisa certa a ser feita por parte da companhia e quis mostrar à Amanda e à sua família o quão importante Brodie Lee era para nós e também para os apoiar.

Mas não quero ser uma personagem nos programas. Posso aparecer ocasionalmente, como está a acontecer com a história com o Impact Wrestling, mas não é algo que queira fazer sempre.

Nós temos um tempo televisivo limitado e temos um excelente roster e francamente um General Manager não tem de aparecer na televisão. Eu sou o General Manager de uma equipa da Premier League, e não é por isso que eu estou na NBC todas as semanas.

O trabalho do General Manager não é aparecer todas as semanas, não há necessidade para que uma personagem assim esteja na televisão todas as semanas.


Pensas que Tony Khan tem razão quando diz que a sua personagem não precisa de estar todas as semanas na televisão?

15 Comentários

  1. CoffinMeme1 mês

    claro que nao necessita de aparecer sempre e mto menos para fazer um personagem. Deve andar ocupado com organizações de combates e outras coisas relacionadas a sua presidencia, tal como o Vince na WWE.

  2. Tem razão, falou bem.

  3. Anónimo1 mês

    Concordo, não é preciso estar sempre aparecer.

  4. The Phenomenal One1 mês

    Penso que sim, e ele teve uma observação muito importante, a AEW tem um excelente roster, e quanto mais tempo puder dar para esse roster, melhor, e realmente o Tony Khan não precisa aparecer semanalmente no Dynamite, pois não há necessidade de aparecer, tal como o Vince McMahon na WWE, ano passado apareceu pouquíssimas vezes, só me lembro dele aparecer no episódio especial do SmackDown que comemorava os 25 anos da carreira de Triple H na WWE em que ele falou sobre o “The Game”, e também no episódio inaugural do SmackDown no Thunderdome, em que ele deu as boas vindas e foi interrompido pelo “The Fiend”.

  5. Não digo o Tony em si, mas eu particularmente sou mark da imagem de um General Manager, uma pessoa que aparentemente “deixa a casa em ordem”.
    Acho que se bem feito, incrementa as histórias, porque se for analisar bem quando as lutas aparecem na AEW, logo passa pela cabeça “quem fez isso? O Khan, Cody, os Bucks?”
    Um exemplo interessante é o que está acontecendo no SD, o Pierce não é exatamente um General Manager, é um oficial da WWE, mas desempenha claramente essa função também e na minha opinião tem dado super certo. Exemplo também do Regal no NXT que dispensa comentários.

  6. Facebook Profile photo

    O Tony Khan so disse a verdade ele nao precisar ser montra todas as semanas no Dynamite

  7. Concordo com a sua maneira de pensar

  8. Facebook Profile photo

    Desta vez não concordo! Eu quando comecei a ver wrestling neste caso, WWE, sempre fui habituado a ter um GM, Paul Heyman, Teddy Long, Vickie e por aí… quando marcavam aqueles combates que os “heels” não gostavam, partia-me a rir, mas claro depende da perspectiva dele como GM. No Wrestling acho que seja necessário aparecer uma vez ou outra, nem que seja só para marcar uns combates assim de repente quando existem aquelas “brawls!” mas sei lá, é só o que eu penso e posso seguramente estar errado!

  9. Ele têm toda razão, ele têm várias áreas em negócios e não pode estar presente em tudo!