A pandemia do COVID-19 tem afectado bastante a vida das pessoas e nem o mundo do Wrestling tem escapado, porque embora tenhamos vários programas a acontecer, a maior parte deles não têm público presente.

Para além da falta de público, as empresas de Wrestling também têm visto a sua programação ser influenciada por alguns casos pontuais ou até mesmo surtos de COVID-19. Recentemente tivemos os casos de Drew McIntyre e Keith Lee, sendo que o “Limitless” falhou o Elimination Chamber e ainda não regressou.

Entretanto, segundo o Fightful, Vince McMahon tem andado bastante irritado com os lutadores do roster por estes terem poucas precauções durante a pandemia. O site avança que esta irritação do presidente da WWE começou quando descobriu que um lutador esteve num parque de diversões sem máscara por altura do Super Bowl (7 de Fevereiro), desrespeitando as normas e esforços da empresa para manter o roster saudável.

O Fightful refere que Vince McMahon enviou uma mensagem a vários lutadores nessa altura, que coincide com a semana em que Steve Cutler foi despedido da WWE por causa do COVID-19, pedindo que estes não estivessem presentes em festas ou outros eventos sem máscara.

O site não avança a identidade dos lutadores em causa, mas não deixa de ser estranho que Keith Lee esteja afastado da WWE há praticamente um mês, tendo o seu último combate sido contra Matt Riddle no Raw de 8 de Fevereiro.


Achas que Vince McMahon tem motivos para estar chateado com alguns elementos do seu roster? Achas que o lutador em causa pode ser Keith Lee ou era apenas Steve Cutler?

21 Comentários

  1. Tem toda a razão

  2. Tem a sua razao, mas eu tamben estou irritado com o vince pela porcaria que tem vindo a fazer e dizer, black mass nessa cabeça e a seguir kiss black ass club bitch 🤬

  3. Hugo1 mês

    Bom….
    O Vince tem a razão toda e mais alguma.
    E deve dar a essas supostas superstars uma multa bem grande e até mesmo em situações extremas deixa-los no “banco”.

    • Concordo.

    • Concordo, porém acho que se for um Roman, Drew, Orton, ou seja, nomes de topo, acredito que ele não o fará, a meritocracia na WWE ultimamente vai até a página 2 somente…

  4. JP271 mês

    Dizemos muita merda do Vince mas aqui ele tem toda a razão do mundo. O mínimo que os wrestlers podem fazer é ter cuidado, não apenas pelos colegas de trabalho como pelas famílias e restante comunidade. Se esta é a razão para o Keith Lee estar de fora, é merecido

  5. JOAOPEDROOOOO1 mês

    Já não existe o sentimento de pertença que começou durante 1997 e perdurou até 2005. Só que não é só dos lutadores, Vinny, não não. É também duma empresa que começou a olhar mais para o dinheiro e menos para os fãs.

  6. El Cuebro1 mês

    É difícil eu concordar com algo feito pelo Vince, mas dessa vez ele está certo, todos tem que se proteger e ficar saudáveis enquanto não há vacinas disponíveis a todo mundo, nos EUA as coisas ainda não estão tão boas como poderiam estar, todo cuidado é pouco, a WWE tem que proteger todos os seus funcionários, bem como suas famílias!

  7. Rapha271 mês

    Apiiiiiita Camelo
    O gajo tem razão

  8. Eduardo1 mês

    Vince tem muita razão, infelizmente não só no wrestling, mas no mundo todo há um pessoal com uns miolos a menos que insiste em ignorar completamente o cenário que estamos vivendo.

  9. Everton1 mês

    Vince é sempre um velho doido mas nessa ele ta certo

  10. Anónimo1 mês

    Tem toda a razão aqui o Vince! Assim como os lutadores tem de ter segurança no trabalho. Os próprios fora dele também devem se manter em segurança. Fazem coisas dessas, e alguns ainda tem coragem de ir postar nas redes sociais. Tem de ter mais juízo, o vírus é algo que deve ser levado muito a sério.

  11. Têm toda a razão, têm de haver o máximo de segurança, nada a apontar!

  12. Facebook Profile photo

    Vince McMahon está certíssimo nesse caso, mas todos deveriam ser punidos igualmente caso desrespeitassem os protocolos de biosegurança, mas isso dificilmente aconteceria com Roman Reigns, Drew McIntyre como aconteceu com Steve Culter.