Frank casino

É o fim de uma era. Depois de anos em que a WWE promovia a WWE Network dizendo que o primeiro mês era grátis, a partir desta quinta-feira já não existe mais essa promoção.

O fim do primeiro mês grátis que a empresa de Vince McMahon oferecia para promover a WWE Network chegou esta semana, poucos dias depois de ter sido anunciado que a WWE Network tem agora uma versão gratuita.

A versão gratuita da WWE Network não tem acesso aos grandes eventos da empresa, pelo que os grandes eventos voltam a ter um formato pay-per-view, com o já conhecido preço de 9,99 dólares a continuar a ser o preço mensal para vermos todo o conteúdo da plataforma.

Quem quiser pode ver aqui mais informações sobre a versão gratuita da WWE Network, sendo que é possível continuar a subscrever a plataforma através do link: wrestling.pt/network.


Algum dia pensaste ver a WWE Network sem o seu mítico primeiro mês grátis? Pensas que esta medida vai beneficiar ou prejudicar o número de subscritores da plataforma?

7 Comentários

  1. Acho que tem lógica tendo em conta que oferecem uma versão grátis,a que perceber a perspetiva negocial da empresa…e apesar do conteúdo free ser limitado e um bom trial para quem quer ver se vale a pena ou não

  2. Tinha que trazer água no bico a nova versão gratuita

  3. Normal, se há agora uma versão grátis, não faz sentido o primeiro mês na versão normal continuar a ser grátis.

  4. Anónimo4 meses

    Sendo que agora oferecem uma versão grátis da WWE Network, faz sentido essa mudança.

  5. L26MC4 meses

    Acho bem, muitas pessoas ativam várias vezes o seu primeiro mês grátis para ver PPV’s. Eu honestamente nunca ativei porque sempre vi em sites e como não há conteúdo legendado em português, nunca quis subscrever-me.

  6. Para mim seria algo previsível que isto viesse a acontecer a partir do momento em que o número de subscritores da WWE Network começou a descer.
    Creio que isto será algo custoso ao início (decerto havia muita gente que subscrevia no 1.º mês para ver que conteúdo existia), mas pode ser que na long run as coisas voltem a estar no ponto pré-pandemia.