A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao TakeOver: In Your House do próximo dia 13 de Junho.

Resultados

– Kyle O’Reilly vs Pete Dunne vs Johnny Gargano (No Contest)
– Jake Atlas venceu LA Knight
– NXT Cruiserweight Champion Kushida venceu Carmelo Hayes
– NXT Women’s Tag Team Champions Candice LeRae & Indi Hartwell venceram Zoey Stark & Zayda Ramier (Non-Title Match)
– NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza)

Report

– Kyle O’Reilly vs Pete Dunne vs Johnny Gargano (No Contest): O NXT abriu a 100 à hora, com os três lutadores a quererem acabar o combate o mais rapidamente possível, sendo que de forma pouco habitual num Triple Threat Match tivemos um início algo técnico, apesar de extremamente agressivo.

O caos foi uma constante, sendo que até acabou por ser Johnny Gargano o lutador que pareceu adaptar-se melhor ao que estava a acontecer, mas já se sabe que dominar um combate assim é praticamente impossível.

Com o passar dos minutos, os lutadores foram começando a estar cada vez mais cansados e ao mesmo tempo as quase vitórias foram começando a ser um pouco mais frequentes.

Kyle O’Reilly e Pete Dunne sempre que podiam tentavam fazer um dos seus adversários desistir, já Johnny Gargano tentou usar a sua manha e agilidade para também ele tentar vencer, só que os três estavam decididos a sobreviver a tudo.

Do nada, quando os três estavam no chão, Adam Cole com uma cadeira atacou primeiro Pete Dunne e Kyle O’Reilly, sendo que depois atacou também Johnny Gargano e o árbitro.

Este ataque só foi parado quando o General Manager do NXT, William Regal, apareceu com dois seguranças e expulsaram o antigo e histórico NXT Champion.

Quem aproveitou esta confusão foi Ember Moon, que decidiu fazer do NXT refém e desafiou a NXT Women’s Champion Raquel Gonzalez a vir ao ringue e tivemos uma brawl entre as duas. A confusão foi novamente travada por William Regal e os seus dois seguranças.

Ainda assim, as coisas só acabaram quando Dakota Kai atacou Ember Moon pelas costas.

A seguir tivemos o Legado Del Fantasma a prometer que vão tirar os NXT Tag Team Championships aos MSK.

Depois vimos imagens de uma discussão que aconteceu durante a tarde desta terça-feira, entre os Hit Row e a dupla de Drake Maverick & Killian Dain.

– Jake Atlas venceu LA Knight: Jake Atlas entrou melhor neste combate, tendo calado o carismático LA Knight durante alguns momentos, sendo que quando o fala barato começou a dominar, tivemos a aparição de Ted DiBiase, algo que distraiu LA Knight.

Ainda assim, este foi dominando durante alguns minutos, isto até Jake Atlas conseguir algum ímpeto neste embate, sendo que Cameron Grimes decidiu também aparecer para chatear a cabeça ao WWE Hall of Famer e distrair LA Knight, que acabou por perder o combate contra Jake Atlas.

De seguida foi anunciado que a cantora Poppy estará presente no próximo NXT.

No gabinete médico do NXT vimos os três lutadores que foram atacados por Adam Cole a serem assistidos, sendo que Oney Lorcan e Austin Theory começaram a discutir sobre quem teria de vencer e só não tivemos uma brawl entre eles porque os vários seguranças os conseguiram separar.

No ringue tivemos Adam Cole a afirmar-se como o verdadeiro candidato principal ao NXT Championship, pois numa só noite despachou três dos principais lutadores do NXT. A seguir, Adam Cole insultou o NXT Champion Karrion Kross e então o campeão e Scarlett vieram ao ringue, e este avisou o ex-campeão para não falar dele, pois vai-lhe correr mal.

O General Manager do NXT, William Regal, veio então ao ringue e disse que a ideia de Adam Cole não ia funcionar, mas Karrion Kross afirmou que isto será como ele quer e no TakeOver: In Your House ele quer os seus quatro adversários ao mesmo tempo em ringue, e William Regal aceitou essa sugestão.

Nos bastidores tivemos as NXT Women’s Tag Team Champions Candice LeRae & Indi Hartwell a serem entrevistadas, com a “Poison Pixie” irritada pela pergunta e depois ainda mais zangada porque a jovem lutadora estava a ouvir uma balada dos anos 80 para tentar ultrapassar o seu desgosto amoroso com Dexter Lumis.

De seguida tivemos imagens de Xia Li a relembrar o seu primeiro combate na WWE, onde perdeu contra Mercedes Martinez no Mae Young Classic e de como esta a tentou humilhar nessa noite e que ela agora se quer vingar.

A seguir tivemos Dexter Lumis a encontrar os auscultadores de Indi Hartwell e ficou ele a ouvir a sua música.

– NXT Cruiserweight Champion Kushida venceu Carmelo Hayes: Carmelo Hayes entrou bastante bem neste seu primeiro combate no NXT, tendo dominado o NXT Cruiserweight Champion Kushida de forma surpreendente.

No entanto, o japonês mostrou porque é campeão e começou a ganhar ímpeto com o passar dos minutos, sendo que os últimos minutos foram bastante equilibrados. No final, o “Timesplitter” conseguiu aplicar o seu Hoverboard Lock e reteve o seu título neste open challenge.

Já depois do combate ter terminado, Kushida fez questão de apertar a mão a Carmelo Hayes e assim mostrou respeito ao seu adversário.

Logo a seguir tivemos os NXT Tag Team Champions MSK a serem entrevistados e a dizerem que os Legado Del Fantasma não merecem ser campeões e eles vão reter os seus títulos.

A seguir tivemos Franky Monet toda feliz pelos elogios que a sua estreia teve, sendo que ela ainda só está a começar.

– NXT Women’s Tag Team Champions Candice LeRae & Indi Hartwell venceram Zoey Stark & Zayda Ramier (Non-Title Match): Candice LeRae e Indi Hartwell entraram melhor neste embate, tendo isolado Zayda Ramier desde o primeiro segundo, sendo que quando esta conseguiu finalmente o tag, Zoey Stark entrou em ringue com vontade de virar o combate do avesso.

Porém, o ímpeto criado foi sol de pouca dura, pois quando Zayda Ramier voltou ao ringue, as NXT Women’s Tag Team Champions acabaram por vencer de forma bastante rápida.

Nos bastidores, tivemos Mercedes Martinez a afirmar que percebe que Xia Li já não é a mesma lutadora do Mae Young Classic e que é agora bem mais perigosa, mas que ela também o é, e que a vai vencer novamente.

A seguir tivemos mais um video package do Diamond Mine, sendo que foi dito que irá abrir em breve.

No backstage do Capitol Wrestling Center tivemos uma entrevista a Ember Moon, que explicou que na próxima semana irá vencer Dakota Kai e no In Your House irá tirar o NXT Women’s Championship a Raquel Gonzalez.

– NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza): O main event deste NXT abriu com os campeões de equipas a impor a sua maior velocidade, mas os dois lutadores do Legado Del Fantasma conseguiram isolar Nash Carter durante alguns minutos, sendo que até tivemos uma pequena brawl entre os Grizzled Young Veterans e o duo de Timothy Thatcher & Tommaso Ciampa.

Nash Carter conseguiu colocar alguma velocidade neste combate e quase inverter o ímpeto, mas Raul Mendoza & Joaquin Wilde acabaram por isolar Wes Lee e assim dominaram por mais alguns minutos.

Quando Wes Lee conseguiu fazer o tag, Nash Carter impôs a sua velocidade e agilidade e virou o combate do avesso e o Legado Del Fantasma, mesmo com a interferência de Santos Escobar, não conseguiu vencer.

No final, já depois de Bronson Reed ter atacado o ex-Cruiserweight Champion, os MSK dentro do ringue aplicaram a sua versão do Hart Attack e mantiveram assim os NXT Tag Team Championships.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

14 Comentários

  1. Zoro sola2 semanas

    Ja tem data pro proximo take over ?

  2. Carmelo kkkkkkkkkkkkkkk logo logo ele vai debutar no mr sendo Sommelier da carmella kkkkkk

  3. Novamente um episódio sólido e este mais caótico do que os mais recentes. Ótimo opener com várias combinações de manobras muito bem conseguidas até à interrupção de Adam Cole (que destruiu Karrion Kross nas promos e segmento que tiveram mais tarde, btw), estreia muito boa por parte de Carmelo Hayes e excelente main event que apresentou um estilo frenético e ação non-stop.

    • Cole destruiu o Kross??? Nao achei, para mim o kross quando manda o regal se calar apartir da i o homem teve brilhante mesmo

    • Aí o Kross esteve bem como campeão destemido que lida com qualquer um, mas antes disso o Adam enterrou-o completamente com o conteúdo e entrega da sua promo (houve uma altura em que até disse algo do género: “a ti deram-te a entrada, a theme song, tens a miúda; já eu, bastou tocarem a campainha para provar o que valho”). O Karrion ficou arrumado e especado a olhar para o Cole, se reparares xD

    • Aaah sim, a i tens razao, mas após a cena com o regal ele teve top e o cole piou fininho e saiu foi do ringue

  4. TakerVanderVaart232 semanas

    Episódio um pouco caótico mas mais uma vez um NXT sólido.

  5. Bom NXT.
    Destaques:
    -Opener estava a ser bastante bom e terminou ainda melhor com a inserçao do Cole na luta pelo titulo.
    -Main event decente.
    -Estreia interessante do Cameron Hayes frente ao Kushida

  6. Bom nxt, mas o maior destaque foi o Kross, meu deus, esteve brilhante o homem

  7. El Cuebro2 semanas

    A WWE está achando que essa Diamond Mine vai salvar a empresa, depois de eles terem mandado tantos grandes e potenciais nomes embora, não dá para entender, aliás tanta promoção assim pode levar a nada hein, melhor revelarem logo!

  8. Anónimo2 semanas

    Mais um bom NXT. Destaco o combate entre o Kyle O’Reilly, Pete Dunne e Johnny Gargano, foi muito bom. E bom segmento entre o Adam Cole e Karrion Kross.

  9. Gostei:
    – O’Reilly vs Dunne vs Gargano pelo #1 Contendership. Em geral, combate fantástico e gostei do 2v1. A ação estava boa até Adam Cole regressar e atacar toda a gente. William Regal e segurança vieram pará-lo mas de nada serviu e Cole fez um superkick a O’Reilly. No Contest, e este fim parecia algo saído do Raw. (Não, isso não é bom).
    – Enquanto Regal e segurança removiam Cole, Ember Moon apareceu e chamou Raquel González. A campeã veio e as 2 lutaram até Regal e segurança voltarem. Enquanto removiam Raquel, Dakota Kai atacou Moon por trás.
    – É perguntado a Drake Maverick sobre o que aconteceu entre ele e Indi na semana passada. Ever-Rise aparecem e publicitam a sua merch. The Hit Row chega num SUV preparada para humilhá-los. Quando as tensões começam a disparar entre Isaiah Scott e Drake Maverick, Killian Dain aparece. Isaiah Scott diz a Dain para vigiar Maverick ou eles irão sofrer.
    – Adam Cole veio ao ring e anunciou que fazia 2 anos que tinha conquistado o NXT Championship. Quer Regal queira ou não, ele é o candidato principal. Diz que desapareceu durante 2 meses, com todos a tentarem fazer melhor que ele, mas ultimamente a falhar. Pensam que o Kross é um monstro, mas ele é só um cabeçudo overrated que não está ao mesmo nível. Isto trás Kross e Scarlett. Kross pega no microfone e começa a chamar Cole de pequenino. Ele diz que entende o ataque na triple threat, ele quer ser o campeão. Mas pouco importa o que ele faz, perde na mesma. Cole já não era do calibre que era quando chegou. Regal aparece e diz que Cole não terá uma oportunidade, ao que Kross diz-lhe para se calar. Kross quer TODOS no TakeOver. Kyle O’Reilly, Johnny Gargano, Pete Dunne e o pequenote Adam Cole. Segmento absolutamente brutal, que recomendo a verem!
    – Carmello Hayes (ex-Christian Cassanova) vs KUSHIDA pelo Cruiserweight Championship. O combate mostrou a qualidade de Hayes. No entanto, KUSHIDA carregou o combate. KUSHIDA venceu para continuar campeão. Bom combate.
    – The Way vs Zoey Stark & Zayda Ramier. O combate foi claramente uma squash devido ao domínio das campeãs. Zayda e Ramier não saíram mal com a pouca ofensa que conseguiram. As campeãs vencem.
    – MSK vs Legado del Fantasma pelos NXT Tag Team Titles. O combate começou técnico. GYV apareceram a meio, mas Ciampa & Thatcher trataram deles. O combate ganhou ritmo, várias near falls incríveis, como os Legado a fazerem o finisher em Wes Lee mas Nash Carter a salvar. O combate acabou com distração de Bronson Reed a atacar Santos Escobar. MSK vencem. Ótimo combate.

    Não Gostei:
    – LA Knight vs Jake Atlas. LA Knight quer mostrar que é melhor que Grimes. O combate estava a ser decente, com Knight a dominar. Grimes & DiBiase estavam a ver. Atlas venceu após distração de Grimes. Faltou algo aqui, não sei bem o quê.

    Overall: 7/10. Este NXT foi estranho. Tens ótimos combates e uma ótima estreia, mas o booking foi problemático. Já na semana passada tinha sentido algum booking de main roster, e esta semana voltei a sentir. Começamos pelo 1º combate não ter desqualificações, mas termina numa no contest, 2 dos 4 outros combates terminaram com distrações. Mas pronto, a construção dos combates até ao TakeOver ainda está a ser boa, espero que não arruínem isto de forma catastrófica.

  10. Bom NXT.
    Destaco:
    – boa combate de abertura e bom main event