A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT, novamente no canal SyFy e a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao TakeOver 36 do dia 22 de Agosto.

Resultados

– Hit Row (Ashante “Thee” Adonis & Top Dolla) venceram Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendonza) (por desqualificação)
– Ridge Holland venceu Ikemen Jiro
– Roderick Strong venceu Bobby Fish
– Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) venceram Million Dollar Champion LA Knight & Cameron Grimes
– Trey Baxter venceu Joe Gacy (Primeira Ronda do NXT Breakout Tournament)
– Johnny Gargano venceu Dexter Lumis (Love Her or Leave Her Match)

Report

O NXT abriu com um video package do que aconteceu na última semana e com o que irá acontecer nesta semana.

– Hit Row (Ashante “Thee” Adonis & Top Dolla) venceram Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendonza) (por desqualificação): Os Hit Row começaram o combate de forma bastante agressiva, com Ashante “Thee” Adonis e Top Dolla a dominarem sem problema, sendo que os Legado del Fantasma só com batota feita nas costas do árbitro conseguiram colocar o ímpeto a seu favor.

Os Hit Row conseguiram isolar Ashante “Thee” Adonis durante alguns minutos e tentaram vencer, sem que Top Dolla voltasse a entrar em ringue. Porém, quando este entrou em ringue ia virando o combate do avesso, mas Santos Escobar decidiu atacar o grandalhão dos Hit Row com uma cadeira e assim o combate terminou em desqualificação.

Depois do combate, o Legado del Fantasma continuou o ataque e queriam destruir Isaiah “Swerve” Scott.

O problema foi que Top Dolla não estava KO e com a ajuda de B-Fab, que deu uma cadeirada em Joaquin Wilde, o gigante atirou os restantes membros do Legado del Fantasma para fora do ringue e no final os Hit Row enviaram uma mensagem enfática a Santos Escobar.

Nos bastidores, Samoa Joe estava à espera de Karrion Kross, mas o General Manager William Regal apareceu e explicou ao seu antigo enforcer, que a sua antiga equipa de seguranças vai ficar a tomar conta dele, para que ele e o NXT Champion Karrion Kross não se toquem até ao NXT TakeOver 36.

Também no backstage, vimos Dexter Lumis a fazer uma série de desenhos dele e de Indi Hartwell.

– Ridge Holland venceu Ikemen Jiro: O lutador japonês tentou usar a sua velocidade, mas a palavra-chave é “tentou”, porque Ridge Holland usou toda a sua força e agressividade para o dizimar e venceu este combate de regresso.

Assim que o combate terminou, Pete Dunne pegou no microfone e afirmou que Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher podem achar que são uns mauzões, mas isso é até entrarem no ringue consigo, Ridge Holland e Oney Lorcan.

Nos bastidores, Franky Monet, Jessi Kamea e Robert Stone foram entrevistados e a “Wera Loca” disse que os outros dois são uns perdedores e que se o grupo quer ter sucesso, tem de ser remodelado à sua imagem.

– Roderick Strong venceu Bobby Fish: Este combate abriu de forma bastante agressiva e com os dois lutadores a usarem a sua técnica para tentar ganhar vantagem, sendo que o equilíbrio foi-se mantendo até ao momento em que ambos decidiram que estava na altura de começarem a acertar strikes, e foi aí que Bobby Fish, com o seu background em Muay Thai, começou a levar a melhor, mas Roderick Strong acabou a usar os seus backbreakers para virar o ímpeto a seu favor.

O domínio do lutador da Diamond Mine durou alguns minutos, sendo que a toada agressiva foi-se mantendo durante todo o combate. Quando Bobby Fish voltou a conseguir acertar alguns strikes, voltou a virar o combate a seu favor.

O cansaço foi começando a sentir-se, até porque os dois nunca tiraram o pé do acelerador e mantiveram-se agressivos desde o primeiro segundo. Depois de várias quase vitórias por parte de ambos, Roderick Strong aplicou um Backbreaker incrível e venceu esta “guerra”.

No balneário, o Million Dollar Champion LA Knight queria saber se Cameron Grimes o ia apoiar neste combate e este afirmou que sim, mas deu a entender que não acredita que o campeão faça o mesmo. O segmento terminou com LA Knight a mandar Cameron Grimes limpar as suas botas.

– Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) venceram Million Dollar Champion LA Knight & Cameron Grimes: Os Grizzled Young Veterans mostraram o seu melhor trabalho de equipa e com alguma batota à mistura dominaram tanto LA Knight como Cameron Grimes. O ricaço do NXT quando começou a ter algum ímpeto quis fazer o tag em LA Knight, mas este não quis entrar no ringue e deixou o seu mordomo sozinho.

Cameron Grimes usou a raiva para virar o combate do avesso sozinho e até quase venceu, mas os Grizzled Young Veterans mostraram a sua experiência como equipa e acabaram por vencer facilmente.

Já depois do combate ter terminado, o “Million Dollar Man” Ted DiBiase veio até ao ringue e falou com Cameron Grimes, explicando que sabe que este tem a sua palavra e a quer manter, mas que ele tem de sair desta situação.

Em seguida tivemos um video package a relembrar a carreira de Samoa Joe no NXT.

A seguir tivemos uma promo de Dakota Kai a explicar que ela foi buscar Raquel Gonzalez quando ela não era ninguém e que esta a ajudou a vencer as suas inimigas e que se tornou uma estrela, mas que lhe roubou a hipótese de ser NXT Women’s Champion no NXT TakeOver: Stand & Deliver, e que desde então todos olham para ela como a ajudante de Raquel Gonzalez e não o contrário. Dakota Kai terminou dizendo que foi ela que trouxe Raquel Gonzalez para a ribalta e vai ser ela que a vai tirar da ribalta.

Nos bastidores, Johnny Gargano e Candice LeRae afirmaram que são eles que sabem o que é melhor para Indi Hartwell e o líder dos The Way explicou que não será uma decisão popular, mas hoje terminará com os InDex.

– Trey Baxter venceu Joe Gacy (Primeira Ronda do NXT Breakout Tournament): Este combate teve dois lutadores a tentarem usar duas estratégias totalmente diferentes e foi Joe Gacy que conseguiu usar a sua força e agressividade para dominar Trey Baxter. Depois de minutos de domínio por parte de Joe Gacy, Trey Baxter conseguiu finalmente meter a quinta mudança e começou a voar como se tivesse asas. Depois de alguns minutos de equilíbrio, este acertou um Sommersault Double Foot Stomp e venceu o combate.

Em seguir tivemos as NXT Women’s Tag Team Champions num restaurante japonês, com Zoey Stark a tentar ao máximo ser amiga de Io Shirai, mas acabou por não conseguir o que queria, além de detestar a comida.

Nos bastidores, Indi Hartwell foi entrevistada e explicou que está divida, pois de um lado está a família e do outro está Dexter Lumis, e que vai perceber se está destinado a acontecer ou não.

Em seguida, tivemos o NXT Champion Karrion Kross a vir à mesa de comentadores dizer que foi Samoa Joe que o provocou e desafiou o seu rival para vir ao ringue. Ainda antes que Samoa Joe chegasse, o campeão saiu de cena e quem sofreu foi a equipa de seguranças do NXT, que foi despachada pelo “Samoa Submission Specialist”.

A seguir tivemos um video package a promover o combate pelo NXT UK Championship entre o campeão WALTER e Ilja Dragunov, que irá acontecer no NXT TakeOver 36.

– Johnny Gargano venceu Dexter Lumis (Love Her or Leave Her Match): Johnny Gargano entrou melhor neste embate, até que Indi Hartwell veio para perto do ringue, o que fez o líder dos do The Way perder o foco e controlo do combate.

Ainda assim, Candice LeRae veio para perto do ringue e foi causadora de mais um momento de caos, e “Johnny Wrestling” voltou ao controlo. Depois de alguns minutos de domínio, Dexter Lumis começou a recuperar o ímpeto e o cansaço foi começando a aparecer, e com isso as quase vitórias também foram surgindo.

Depois de Dexter Lumis falhar um Springboard Elbow Drop, Johnny Gargano conseguiu aplicar o Gargano Escape, mas o rival conseguiu sobreviver. Só que no meio da confusão, Dexter Lumis acabou por acertar em Indi Hartwell e o pouco ortodoxo lutador ficou distraído por ter magoado a sua amada. Com tudo isto, Johnny Gargano acertou o One Final Beat e venceu o combate.

Parecia ser o fim dos InDex, mas Indi Hartwell acabou por não ouvir o que Johnny Gargano e Candice LeRae lhe tinham para dizer e correu para cima de Dexter Lumis, e os dois beijaram-se de forma apaixonada no ringue.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

7 Comentários

  1. filipe2 meses

    Aleluia hehe boy

  2. filipe2 meses

    Lumis conseguiu boa Soldado.

  3. El Cuebro2 meses

    Achei um tanto desnecessário o Lumis perder, só não sei como o beijo da Indi vai afetar a The Way! No mais desnecessária também a derrota do Joe Gacy, aliás do Josh Briggs também, ambos deveriam ter avançado no Breakout! Interessante a rivalidade entre Hit Row e Legado, gostei do domínio do Holland e os Kings of NXT estão mais do que prontos, só faltando o Burch! Sei que não estou gostando nada de como estão tratando o Cameron Grimes e outra coisa que me chateou foi a falta de mulheres combatendo no episódio, o NXT tem ótimos talentos femininos!

  4. Gostei:
    – Hit Row vs Legado del Fantasma a abrir o show. Hit Row conseguem uma vantagem após um ataque pre-combate mas Escobar distrai e o combate termina em desqualificação após ataque de Escobar. Um bom combate aqui, com destaque para a exibição de Top Dolla. Esta rivalidade tem sido de qualidade e espero que mantenham o mesmo nível.
    – Após o combate, os Legado del Fantasma continuaram o ataque em Isaiah Scott mas Adonis e Top Dolla pararam com isso. Um bom segmento que continua muito bem a progressão desta feud.
    – Roderick Strong vs Bobby Fish. Um combate repleto de ação com um bom tempo de destaque para ambos, com Strong a sair vitorioso. Um ótimo combate entre os 2 ex-membros da Undisputed Era. Só espero que continuem dar destaque ao Fish. Continuo a temer pelo futuro dele dado ao facto que era o menos popular da stable.
    – Grizzled Young Veterans vs LA Knight & Cameron Grimes. Basicamente, Knight cagou completamente em Grimes ao longo do combate e GYV vencem. Após o combate, Ted DiBiase aparece e diz a Grimes para tentar sair deste acordo. A rivalidade entre estes 2 têm sido excelente, talvez a melhor feud do NXT este ano. Grimes está super over e Knight tem imenso heat. Cada vez que aparecem, seja in-ring, promos ou segmentos, os 2 revelam uma enorme química e complementam-se muito bem.
    – Dakota Kai explica as suas ações. Disse que estava farta de ser a ajudante de alguém que criou. A fala da “sidekick” foi excelente. Facilmente uma das melhores promos, senão a melhor promo de Dakota Kai no NXT. A rivalidade tem tido um bom começo, veremos se mantém o mesmo ritmo. Vejam esta promo!
    – William Regal contratou um montão de seguranças para manter Kross e Joe separados. Kross chama Joe ao ring, Joe limpa todos os seguranças mas Kross desaparece. A rivalidade tem sido intensa e eu adoro-a, mas não consigo de deixar pensar em como o Kross parece inferior devido ao seu começo no main roster.
    – Johnny Gargano vs Dexter Lumis no main event num Love Her or Lose Her. Um combate dividido mas que termina com 2 One Final Beat a Lumis para Gargano vencer. Apesar do resultado, Indi ignora a estipulação e vai para o ring beijar Lumis (My Man 😎). O combate foi bom, o pós-combate foi ainda melhor. De destacar os comentários de Beth Phoenix, que esteve excelente aqui.

    Não gostei:
    – Ridge Holland vs Ikemen Jiro. Uma squash match para exibir Holland. O selling de Jiro foi bom mas o combate está aqui pois Jiro merecia mais, a meu ver. Ele não merece ser vítima de uma squash.
    – Joe Gacy vs Trey Baxter. Este combate teve o mesmo problema que outros combates do Breakout Tournament: muito curto. Não conseguimos ver muito bem os melhores atributos em combates de 5 minutos… Baxter conseguiu a vitória.

    Overall: 7/10. O show melhorou relativamente à semana passada. Os segmentos foram todos bons. A qualidade de combates variou (destaque para Fish vs Strong e Lumis vs Gargano), mantendo-se o problema do tempo dos Breakout matches. Mas tivemos boa progressão de storylines. Joe vs Kross promete, finalmente o início de Index, Grimes vs Knight continua maravilhoso e o build para Kai vs González começa bem.

    • Extremept2 meses

      Não poderia estar mais de acordo quanto aos pontos negativos que referiste , não mudo nada do teu comentário estou de acordo , aquela promo da dakota foi fenomenal

  5. Anónimo2 meses

    Mais um bom NXT. Bom combate entre Hit Row contra Legado del Fantasma, destaco também o main event.

  6. Bom show, no global. Desfrutei do seguinte: regresso in-ring vitorioso por parte de Ridge Holland; combate bem agradável entre Roderick Strong e Bobby Fish; Ted DiBiase a confortar Cameron Grimes; promo muito boa de Dakota Kai; excelente Prime Target para WALTER vs Ilja Dragunov II; e o main event.