Depois do Worlds Collide do último domingo, a WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida.

Resultados

– Doudrop & Nikki ASH venceram Toxic Attraction (Gigi Dolin & Jacy Jayne)
– JD McDonagh venceu Wes Lee
– Meiko Satomura venceu Roxanne Perez
– Ricochet venceu Trick Williams
Axiom venceu Nathan Frazer
– Unified NXT Champion Bron Breakker & Tyler Bate venceram Gallus (Mark & Joe Coffey)

Report

O episódio começou com um video package dos melhores momentos do NXT Worlds Collide.

Já em ringue tivemos Tyler Bate e este começou por agradecer o apoio dos fãs e quer agradecer a Bron Breakker pelo combate que tiveram, até porque ele irá ficar para a história como primeiro e último NXT UK Champion.

Os Gallus vieram então ao ringue e afirmaram que Tyler Bate deveria pedir desculpa a todos no Reino Unido e que no Worlds Collide ele envergonhou o NXT UK. O grupo atacou então o “Big Strong Boy”, isto até que Bron Breakker apareceu e livrou-se dos Gallus e desafiou-os para um combate de equipas neste NXT.

Nos bastidores, os Unified NXT Tag Team Champion Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) estavam a conversar com Lash Legend que afirmou que eles só ganharam por causa de Damon Kemp, algo que irritou os campeões de equipas.

A seguir, tivemos imagens de Meiko Satomura a falar depois da sua derrota no Worlds Collide, tendo Cora Jade aparecido para gozar com ela e dito que elas se deveriam enfrentar. “The Final Boss” rejeitou o desafiou e explicou que já tinha combate marcado com Roxanne Perez.

– Doudrop & Nikki ASH venceram Toxic Attraction (Gigi Dolin & Jacy Jayne): A dupla de Doudrop & Nikki ASH entrou de forma dominante, mas as Toxic Attraction conseguiram isolar a quase super-heroína durante vários minutos. A ex-Raw Women’s Champion foi aguentando a ofensiva e quando teve uma abertura fez o tag a Doudrop que usou o seu maior poderio físico para virar o combate do avesso.

Os minutos finais viu as duas equipas a ter algumas hipóteses de vitória, mas no final, Doudrop apanhou Gigi Dolin com o seu Running Crossbody e conquistou a vitória para a sua equipa.

Em seguida tivemos imagens de Apollo Crews, com esta a falar de como irá lidar com Grayson Waller e que este o pode ter tentado cegar, mas que ele se irá vingar.

– JD McDonagh venceu Wes Lee: Este embate começou de forma equilibrada, com Wes Lee a tentar colocar a sua velocidade em jogo, porém JD McDonagh só consegui colocar o ímpeto a seu favor, com alguma batota à mistura. O irlandês controlou durante alguns minutos, mas o ex-campeões de equipas nunca se deu por vencido e com isso as quase vitórias foram começando a aparecer.

Nos minutos finais, os dois mostraram estar bastante equiparados, mas JD McDonagh com um grande pontapé, seguido do Devil Inside conquistou a vitória.

No backstage vimos Tony D’Angelo e Stacks a beber café, com os Unified NXT Tag Team Champion Pretty Deadly a aparecerem, tendo o “Don do NXT” perguntado quanto eles tinham pago a Damon Kemp. Os Pretty Deadly ficaram mais uma vez irritados por esta insinuação e foram-se embora.

– Meiko Satomura venceu Roxanne Perez: O combate começou de forma bastante equilibrada, com as duas lutadoras a mostrarem bastante técnica, sendo que Roxanne Perez começou a aumentar a velocidade e com isso foi-se colocando no controlo. Ainda assim, a veterana aumentou a agressividade e com isso dominou a sua jovem adversária por varios minutos, mas Roxanne Perez nunca se deu por vencida e quando voltou a aumentar a velocidade, o equilíbrio voltou a ficar bem claro.

As duas lutadoras foram ficando cada vez mais perto da vitória, e quase tivemos uma surpresa por parte de Roxanne Perez quando acertou um Frankensteiner da terceira corda. Porém, no final Meiko Satomura aumentou a agressividade e garantiu a vitória com o seu Scorpio Rising.

Após o combate terminar, as duas lutadoras cumprimentaram-se e mostraram grande respeito. Já depois de Meiko Satomura ter saído do ringue, Cora Jade atacou a sua rival pelas costas, mas acabou a fugir, quando a “Final Boss” veio ajudar Roxanne Perez.

No balneário do Unified NXT Champion Bron Breakker, este e Tyler Bate estavam a treinar, com o campeão a dizer que o inglês pertence ao NXT e os dois hoje irão destruir os Gallus.

A seguir, tivemos um video package de Damon Kemp a explicar que apesar de todas as suas credencias, a Diamond Mine nunca o deixou fazer nada e que decidiu então criar os problemas dentro da Diamond Mine e que foi ele que atropelou Roderick Strong e que este é o momento dele.

Nos bastidores, os Dyad tentaram convencer Kiana James a junta-se aos Schism mas esta recusou. No entanto, Kiana James foi falar com Arianna Grace e as duas concordaram que não gostam de Zoey Stark e Nikkita Lyons. No background, enquanto vimos as duas lutadoras conversar, vimos alguém a abraçar os Dyad.

– Ricochet venceu Trick Williams: Ricochet entrou a 100 à hora e dominou desde cedo, mas Trick Williams usou a sua maior força para ficar no controlo do “One and Only”. Porém, esse domínio só durou alguns momentos e o ex-USA Champion foi começando a equilibrar e quando voltou a aumentar a velocidade, acertou o Ripcord, antes de aplicar o Shooting Star Press e conquistou a vitória.

A seguir, voltamos a ver Tony D’Angelo e Stacks a beber café, tendo Cameron Grimes aparecido, com o “Don D’Angelo” a perguntar se este já pensou na oferta que lhe foi feita. Cameron Grimes rejeitou a oferta de se juntar à família do “Don do NXT” que relembrou que os últimos dois lutadores que lhe fizeram frente acabaram fora do NXT. Cameron Grimes atirou então o seu café contra Stacks e acabou atacado pelos dois lutadores, tendo atravessado uma mesa, cortesia dum Urunage de Tony D’Angelo.

Nos bastidores, os Creed Brothers foram entrevistados e Brutus Creed prometeu que iria destruir Damon Kemp, mas os dois irmãos antes prometera que iriam reconquistar os seus títulos. Os Pretty Deadly interrompeu a entrevista e mostraram-se fartos de serem desrespeitados, tendo dito que na próxima semana, será o WWE Universe que irá decidir a estipulação do combate entre eles.

Em seguida, tivemos um video package a promover a chegada de Sol Ruca em breve ao NXT.

– Axiom venceu Nathan Frazer: Os dois lutadores mostraram toda a sua técnica nos minutos iniciais deste embate e quando nenhum dos dois parecia que iria ganhar vantagem, Nathan Frazer meteu o pé no acelerador e começou a colocar-se no controlo porém Axiom voltou a baixar o ritmo e acabou por ser ele que teve maior controlo.

Os dois lutadores mostraram estar muito equiparados e com isso as quase vitórias foram aparecendo desde cedo. Perto do final, Nathan Frazer foi ficando cada vez mais frustrado por não conseguir vencer, e no final, Axiom meteu a quinta mudança e com um grande pontapé conquistou a vitória.

À porta do balneário dos Gallus, Javier Bernal começou a discutir com o chefe da equipa de seguranças que lhe disse que pode ser só um segurança, mas que ele lhe irá dar uma tareia.

A seguir, vimos um video package a promover a estreia de Quincy Elliott que acontecerá no próximo NXT.

Nos bastidores, o NXT North American Champion Carmelo Hayes foi entrevistado e vangloriou-se da sua vitória contra Ricochet no Worlds Collide, sendo que não ficou nada satisfeito quando McKenzie Mitchell lhe disse que na próxima semana, o seu adversário será escolhido pelo WWE Universe.

– Unified NXT Champion Bron Breakker & Tyler Bate venceram Gallus (Mark & Joe Coffey): Bron Breakker & Tyler Bate entraram de forma dominante e mostraram toda a sua velocidade e agilidade e com isso controlaram os minutos iniciais deste main event, isto até que Wolfgang nas costas do árbitro atacou o “Big Strong Boy”.

Os irmãos Coffey dominaram Tyler Bate durante vários minutos, mas este conseguiu aguentar o ataque dos seus adversários e fez o tag a Bron Breakker que virou o combate do avesso, sendo que os dois quase venceram com o Super Steiner Driver. Os Gallus ainda deram luta por mais alguns momentos, mas no final, Tyler Bate acertou o seu Tyler Driver e conquistou o combate.

Enquanto os dois lutadores festejavam, JD McDonagh atacou-os pelas costas, mas saiu de ringue antes de sofrer represálias.


O que achaste deste WWE NXT?

8 Comentários

  1. Zickelous3 semanas

    Esse próximo NXT vai ser realmente tipo um Cyber Sunday ou é só encheção de linguiça de que o WWE Universe escolhe msm?

  2. El Cuebro3 semanas

    Show interessante, bons combates e momentos de backstage também, a brasileira Giovanna aparecendo com a Kiana também, vamos ver como será o próximo com as escolhas dos fãs!

    • Natan3 semanas

      Eu já estava desconfiando de uma moça que estava do lado da Kiana conversando com a Ariane, não sabia que era brasileira no Nxt, bom demais ter um (a) brasileiro (a) no wrestling mundial

    • El Cuebro3 semanas

      Pois é, espero que a Giovanna seja mais do que uma mera assistente da Kiana, que possa lutar e fazer bem por lá, sinceramente não gosto da gimmick se ficar só assim, quem sabe só para o começo mesmo, quem sabe possamos ver algo com a Rita no futuro!

  3. Toxic Attraction vs. Doudrop & Nikki A.S.H – ⭐️⭐️⭐️ ¾

    JD McDonagh vs. Wes Lee – ⭐️⭐️⭐️⭐️

    Meiko Satomura vs. Roxanne Perez – ⭐️⭐️⭐️⭐️ ¼

    Ricochet vs. Trick Williams – ⭐️⭐️⭐️ ½

    Best of Three: Part 1 – ⭐️⭐️⭐️⭐️

    Bron Breakker & Tyler Bate vs. Gallus – ⭐️⭐️⭐️ ¾

    💥 Um episódio stacked com ótimos combates e um bom final. Nada de extraordinário aconteceu mas foi consistentemente acima da média. Destaque para os segmentos de bastidores que estão cheios de pormenores interessantes, algo que acontece desde a nova era.

    🤷‍♂️ Talvez o lugar onde o Best of 3 Series não tivesse sido o melhor, e sinto que prejudicou o feeling do combate.

    🤢 Atenção ao booking dos Gallus.

  4. Anónimo3 semanas

    Destaco Ricochet vs. Trick Williams e o main event.

  5. Gostei:
    – Promo do Tyler Bate, atacado pelos Gallus e salvo pelo Bron Breakker. Foi um segmento sólido para começar o show. O público a cantar “You lost too” para os Gallus teve imensa piada.
    – Toxic Attraction vs ASH & Doudrop. Uma tag match sólida para dar uma vitória de volta a ASH e Doudrop após perderem 2 combates seguidos.
    – JD McDonagh vs Wes Lee. Um combate divertido entre 2 ótimos atletas, apesar de esperar melhor. Wes Lee continua a mostrar o seu talento e espero que um push esteja na mesa.
    – Roxanne Perez vs Meiko Satomura. Um bom combate com uma história simples e eficaz: a novata a tentar provar-se contra a veterana. Roxanne esteve muito bem neste combate, especialmente no selling.
    – Ricochet vs Trick Williams. Foi um combate decente; nada de fantástico mas nada de horrível. Cumpriu para devolver uma vitória ao Ricochet, que tem estado bem nestes tempos recentes.
    – Gallus vs Breakker & Bate. Parece que Breakker e Bate vão ter a mesma storyline que o 1º teve com o Ciampa na altura: amigos, mas que continuam a mirar para o título principal que, na minha opinião, é uma boa decisão. O combate foi ótimo e, a meu ver, o melhor da noite.

    Não Gostei:
    – Nathan Frazer vs Axiom. Um combate estranho. Sim, as manobras técnicas foram boas, mas a personagem destes 2 está muito pouco desenvolvida, portanto não liguei muito ao combate. Vamos ver se isto muda no 2º combate.

    Overall: 6/10. Um show decente esta semana. Não avançou grandes storylines, nem criou assim nenhuma de mais, mas nenhum combate foi muito mau. O main event foi o combate que mais me saltou à vista.