A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao especial Vengeance Day do próximo dia 15 de Fevereiro.

Resultados

– MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Jacket Time (Kushida & Ikemen Jiro) (Quartos-de-Final do NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Solo Sikoa venceu Boa (No Disqualification, Falls Count Anywhere Match)
– Duke Hudson venceu Guru Raaj
– Kay Lee Ray, Persia Pirotta & Indi Hartwell venceram Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose & NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne)
– Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) venceram Andre Chase & Bohdi Hayward (Quartos-de-Final do NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Io Shirai venceu Tiffany Stratton
Cameron Grimes venceu Tony D’Angelo (NXT North American Championship Nº1 Contender’s Match)

Report

– MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Jacket Time (Kushida & Ikemen Jiro) (Quartos-de-Final do NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic):opener começou de forma equilibrada, com as duas equipas a tentarem usar a sua técnica e agilidade, e acabaram por ser os MSK que ficaram ao volante deste embate, quando conseguiram isolar Ikemen Jiro.

Os ex-campeões dominaram durante alguns minutos, mas o lutador nipónico conseguiu aguentar a ofensiva dos seus adversários e fez o tag a Kushida, que entrou com tudo neste embate e quase o venceu. Com o passar dos minutos, parecia que Kushida ia vencer com o Hoverboard Lock, mas os MSK usaram a sua versão do Hart Attack e venceram este embate, e seguem assim em frente no NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic.

Já depois do combate terminar, as duas equipas cumprimentaram-se, mostrando respeito mútuo.

A seguir vimos OllieJayy a chegar ao Capitol Wrestling Center para a performance musical que fará mais tarde, sendo acompanhada pelo NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams.

Nos bastidores, tivemos Io Shirai a conversar com Zoey Stark e esta estava a explicar-lhe que não vai recuperar a tempo do Women’s Dusty Rhodes Tag Team Classic e que a “Genius of the Sky” precisa de uma nova parceira para o torneio. No entanto, as duas não terminaram a sua conversa, pois Tiffany Stratton interrompeu-as e afirmou que irá enfrentar Io Shirai ainda esta noite.

Em seguida tivemos Cameron Grimes a falar do seu combate contra Tony D’Angelo e que este é para mostrar quem é o mais durão dos dois e que ele irá vencer e depois conquistar o NXT North American Championship.

De regresso ao ringue tivemos os Legado Del Fantasma, e Santos Escobar não perdeu tempo a falar de Bron Breakker e de como é mentira quando dizem que o NXT Champion vai ser uma estrela, e que a verdade é que ele não gosta do jovem e que odeia o facto das oportunidades que este tem recebido e deste ter sido NXT Champion antes dele.

O NXT Champion foi ao ringue e explicou que se Santos Escobar quer lutar é só dizer, mas este explicou que as coisas são feitas à sua velocidade. Joaquin Wilde e Raul Mendoza tentaram atacar Bron Breakker, mas o NXT Champion livrou-se dois lutadores sem problema.

A seguir foi anunciado que o NXT Vengeance Day vai realizar-se no dia 15 de Fevereiro.

– Solo Sikoa venceu Boa (No Disqualification, Falls Count Anywhere Match): Boa usou um kendo stick para atacar Solo Sikoa pelas costas e manteve-se no controlo com ajuda de uma cadeira e de um caixote do lixo.

Os dois lutadores acabaram por ir lutar para os bastidores, no que foi uma luta bastante agressiva de parte a parte.

Os níveis de agressividade nunca baixaram, e com o passar dos minutos, Solo Sikoa foi virando o combate a seu favor e os dois voltaram a aproximar-se da zona do ringue.

O combate terminou quando Solo Sikoa meteu Boa em cima de uma mesa que estava fora do ringue, tendo subido à terceira corda e acertado o seu habitual Splash para garantir assim a vitória.

De seguida tivemos um video package dos Imperium onde WALTER Gunther explicou a sua mudança de nome e de como está interessado em levar a stable ao sucesso no NXT 2.0.

– Duke Hudson venceu Guru Raaj: Duke Hudson entrou com tudo neste combate e depois da sua versão do Razor’s Edge garantiu a vitória.

Assim que o embate terminou, Dante Chen apareceu e tentou atacar Duke Hudson, mas nem os árbitros o ajudaram.

Nos bastidores, Persia Pirotta & Indi Hartwell foram entrevistadas e fizeram questão de dizer que têm treinado bastante e que estão perto de serem as próximas NXT Women’s Tag Team Champions. Kay Lee Ray interrompeu as suas parceiras de equipa e explicou que ela vai tirar o NXT Women’s Championship a Mandy Rose.

Continuando no backstage, Joaquin Wilde e Raul Mendoza estavam irritados e querem enfrentar o NXT Champion Bron Breakker, e terá de o fazer sozinho se não encontrar alguém que queira fazer equipa com ele.

– Kay Lee Ray, Persia Pirotta & Indi Hartwell venceram Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose & NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne): As Toxic Attraction tentaram impor o seu plano de jogo, mas acabou por ser Kay Lee Ray, Indi Hartwell & Persia Pirotta a dominar os primeiros minutos. No entanto, o trio de campeãs com alguma batota à mistura colocou-se no controlo deste Six-Woman Tag Team Match.

Indi Hartwell foi dominada durante vários minutos, mas conseguiu aguentar a ofensiva das suas adversárias, tendo feito o tag a Persia Pirotta, que virou o combate do avesso. O caos ficou instalado, em especial quando Kay Lee Ray pegou no taco de basebol e começou a perseguir Mandy Rose até aos bastidores.

De novo em ringue, Persia Pirotta fez uso ao seu tamanho e força e conseguiu o pin vencedor em Gigi Dolin.

A seguir tivemos um video package da dupla de Malik Blade & Edris Enofé, com os dois bastante felizes por continuarem no NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic e agora só pensam em vencer o torneio e perguntar às Toxic Attraction se querem ir a um encontro com eles.

A seguir tivemos imagens de uma conversa entre Raquel Gonzalez e Cora Jade, com a jovem a tentar convencer a “Big Mami Cool” para as duas fazerem equipa, mas a ex-campeã continua a dizer que a jovem não tem o que é preciso para ser sua parceira. O segmento terminou quando Cora Jade ia dar um estalo a Raquel Gonzalez, mas esta não deixou e avisou a jovem para não se esticar.

– Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) venceram Andre Chase & Bohdi Hayward (Quartos-de-Final do NXT Men’s Dusty Rhodes Tag Team Classic): A dupla de Andre Chase & Bohdi Hayward entrou bastante dominante, mas os Grizzled Young Veterans conseguiram isolar o professor, mas este rapidamente fez o tag ao seu aluno.

Apesar de ter mostrado alguma ofensiva, Bohdi Hayward também mostrou a sua inexperiência e abriu espaço para que os Grizzled Young Veterans vencessem o combate.

Assim que o embate terminou, Von Wagner apareceu e atacou Andre Chase & Bohdi Hayward, sendo que Robert Stone apareceu e explicou que o poderoso lutador tem um novo agente.

A seguir tivemos Grayson Waller a falar de LA Knight e que ele está à sua espera, mas não está sozinho, fazendo menção ao seu novo guarda-costas.

– Io Shirai venceu Tiffany Stratton: De forma inesperada, Tiffany Stratton entrou melhor e dominou Io Shirai durante alguns minutos, mas a “Genius of the Sky” quando conseguiu inverter o ímpeto do combate acabou por não ter problemas em conseguir vencê-lo.

Já no backstage, Tiffany Stratton mostrou-se bastante frustrada pela derrota.

No balneário da Diamond Mine, Malcolm Bivens falou de Gunther e dos Imperium, e que eles podem dizer o que quiserem do seu futuro, mas este pertence à Diamond Mine. Por isso, para a semana, se tiverem coragem, teremos um Six-Man Tag Team Match entre os dois grupos.

A seguir tivemos OllieJayy a cantar a sua música no ringue do NXT 2.0, acompanhada pelo NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams.

– Cameron Grimes venceu Tony D’Angelo (NXT North American Championship Nº1 Contender’s Match): Cameron Grimes entrou com tudo neste main event, mas Tony D’Angelo conseguiu colocar a sua força em jogo e assim controlou o seu adversário.

O italo-americano dominou durante vários minutos, mas Cameron Grimes conseguiu aumentar a velocidade e virou o combate do avesso. O cansaço foi-se começando a apoderar dos dois lutadores e com isso as quase vitórias foram surgindo de parte a parte.

No final, Tony D’Angelo foi atacado por Pete Dunne fora do ringue e nas costas do árbitro, e isto fez com que fugisse para dentro do mesmo, e isso abriu espaço para Cameron Grimes acertar o seu Cave-In e assim vencer o combate, tornando-se o candidato principal ao NXT North American Championship.

O NXT Champion Bron Breakker ia a sair do Capitol Wrestling Center quando parecia que os Legado Del Fantasma o iam atacar, mas Tommaso Ciampa apareceu e ficou lado a lado com o campeão, tendo o trio liderado por Santos Escobar fugido, naquele que foi o último momento deste NXT.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

5 Comentários

  1. Gostei:
    – MSK vs Jacket Time. Um bom combate para começar. O público gostou e tivemos várias manobras criativas.
    – Segmento entre Legado del Fantasma e Bron Breakker. É um bom segmento, mas nada demais.
    – Solo Sikoa vs Boa. Os 2 usaram a estipulação do combate a seu favor e entregaram um ótimo combate. Já há umas semanas tinha expressado o desejo de ver uma desforra entre os 2 com algum tempo e os 2 não desiludiram aqui.
    – 6-Woman Tag. Um combate que superou as minhas expetativas, honestamente. Não estava à espera de grande coisa e acabou por ser um ótimo combate com uma boa história, com KLR a querer atacar Mandy Rose o combate inteiro.
    – GYV vs Chase U. Bom combate. Chase U continua a ser absolutamente engraçada e os GYV fizeram o que sabem fazer melhor.
    – Segmento entre Raquel Gonzalez e Cora Jade. Até estou a curtir a história entre estas 2, parece que são um par de irmãs.
    – Promo de Grayson Waller… que mais dizer? Este homem é mesmo incrível em promo work.
    – Io Shirai vs Tiffany Stratton. A gimmick desta última não é a melhor, mas ela tem talento no ring. Conseguiu aguentar com uma das melhores do mundo e até fizeram um combate muito bom, mesmo com pouco tempo.
    – Promo dos Diamond Mine. Adoro, tanto, o Malcolm Bivens. ”Should’ve been dumbass, in all caps” 😂
    – Cameron Grimes vs Tony D’Angelo. Mais um ótimo combate, num show com uma boa quantidade deles. Teve uma boa quantidade de tempo e os 2 mostraram, mais uma vez, a sua imensa qualidade. Aquele exploder suplex no canto foi algo de belo.
    – O show termina com os Legado del Fantasma a tentar atacar Breakker, mas Ciampa impede. Era previsível que Ciampa fosse ser o companheiro de Breakker, mas era a melhor decisão. Uma ótima forma de terminar o show.

    Não Gostei:
    – Duke Hudson vs Guru Raaj. Basicamente uma squash para Hudson, nada demais.
    – Entrevista a Pirotta, Hartwell e KLR. Nada de novo, todas querem ganhar títulos.
    – Vinheta de Enofe & Blade. Eles querem avançar no Dusty Classic para… tentar engatar as Toxic Attraction? O quê?

    Overall: 7/10. Um show sólido, com boas progressões de storylines, a descoberta de novos candidatos aos títulos e vários bons combates. Um bow show do NXT esta semana.

    • HAHAHAHAHA, essa do Enofé e do Blade tá quentinho, tá🤣🤣

    • Nick Evans4 meses

      Poxa Soares…abre um canal no Youtube pra vc. Adoro seus comentários e a forma que vc faz. Se fizer isso abrangendo todas as brands da WWE (Principalmente o do NXT UK que eu adoro) e até de outras empresas que acompanho (Como por exemplo a NWA e Impact) até ajudo a divulgar o canal rs

  2. joao (diferenciado)4 meses

    ai ollie jayy… o punho do superman punch chega a tremer

  3. Anónimo4 meses

    Destaco os combates Solo Sikoa vs Boa e Cameron Grimes vs Tony D’Angelo, foram bons.