A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT, mas desta vez no canal SyFy, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao TakeOver 36 do dia 22 de Agosto.

Resultados

– Pete Dunne & Oney Lorcan venceram Timothy Thatcher & Tommaso Ciampa
– Carmelo Hayes venceu Josh Briggs (Primeira Ronda do NXT Breakout Tournament)
– Kacy Katanzaro & Kayden Karter venceram Franky Monet & Jessi Kamea
– Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Hit Row (Top Dolla & Ashante “Thee” Adonis)
– Adam Cole venceu Bronson Reed

Report

O NXT abriu com um video package a relembrar o que aconteceu na semana passada entre o NXT Champion Karrion Kross, William Regal e Samoa Joe.

– Pete Dunne & Oney Lorcan venceram Timothy Thatcher & Tommaso Ciampa: Este opener foi bastante técnico e agressivo desde o primeiro segundo, sendo que Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher entraram melhor e dominaram até que Pete Dunne e Oney Lorcan conseguiram isolar o desdentado lutador.

Depois de alguns minutos de domínio, Timothy Thatcher fez o tag e Tommaso Ciampa entrou com tudo e virou o combate do avesso com a sua agressividade e capacidade física. Quando Tommaso Ciampa se preparava para vencer, Ridge Holland regressou e atacou Timothy Thatcher. Isto abriu espaço para que dentro do ringue Pete Dunne acertasse o Bitter End no “Psycho Killer” e arrecadasse a vitória.

Já depois do combate terminar, o trio de Pete Dunne, Oney Lorcan e Ridge Holland destruiu Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher.

A seguir tivemos os Hit Row nos bastidores e estes relembraram o que fizeram ao Legado Del Fantasma e avisaram os Imperium que se querem falar deles, vão sofrer como o trio liderado por Santos Escobar.

No ringue tivemos Samoa Joe, que fez questão logo de atirar uma mesa e uma cadeira para dentro do mesmo e acusar o NXT Champion Karrion Kross de ser cobarde por não estar no Capitol Wrestling Center, e acabou então por chamar o General Manager William Regal.

O “Samoa Submission Specialist” disse que sabe que William Regal vai despedir Karrion Kross, mas ele tem uma solução de três passos que servem os propósitos de todos. O primeiro foi Samoa Joe demitir-se de enforcer do NXT, em seguida apresentou um papel para voltar a ser um lutador da brand amarela, e por último um contrato para um combate pelo NXT Championship no NXT TakeOver 36.

O General Manager William Regal analisou e assinou os papéis que tinha de assinar e ficou então confirmado que no NXT TakeOver 36 teremos Samoa Joe vs Karrion Kross pelo NXT Championship.

A seguir vimos LA Knight e Cameron Grimes num campo de golfe, com o mordomo a lavar as bolas do Million Dollar Champion, mas a fazer um mau trabalho. LA Knight bem tentou jogar, mas Cameron Grimes só o chateou.

– Carmelo Hayes venceu Josh Briggs (Primeira Ronda do NXT Breakout Tournament): A vantagem de força e tamanho de Josh Briggs foi sempre um problema para Carmelo Hayes, que ainda assim nunca mostrou vontade de desistir, mas acabou por ser dominado pelo adversário.

O domínio durou vários minutos, mas quando Carmelo Hayes conseguiu colocar a sua velocidade finalmente criou algum ímpeto e até quase venceu, sendo que Josh Briggs também quase o conseguiu fazer com um Chokeslam incrível.

No final, Carmelo Hayes com um Leg Drop incrível da terceira corda venceu este combate do NXT Breakout Tournament, e vai enfrentar Duke Hudson nas meias-finais do torneio.

A seguir vimos imagens de uma promo que foi filmada na semana passada, onde Franky Monet falou da possibilidade de se juntar à Robert Stone Brand e até de se juntar a Jessi Kamea para irem atrás dos NXT Women’s Tag Team Championships. Kacy Catanzaro & Kayden Karter interromperam a promo e disseram que elas têm de ir para o fim da fila se querem lutar pelos títulos de equipas.

De volta ao campo de golfe, LA Knight continuava a não conseguir jogar sossegado, pois Cameron Grimes decidiu narrar o jogo como se fosse o narrador do BBC Vida Selvagem. LA Knight acabou por mandar a bola para a “piscina”, sendo que quando Cameron Grimes estava a ir buscá-la, o “Million Dollar Man” Ted DiBiase apareceu e explicou que este não tem de fazer isto, pois ele tem alma de campeão e não tem de trabalhar para LA Knight.

A seguir tivemos Ridge Holland a explicar que Tommaso Ciampa não foi a primeira pessoa a quem ele deu uma tareia e não será a última.

De regresso ao ringue tivemos a NXT Women’s Champion Raquel Gonzalez e Dakota Kai, e a campeã vangloriou-se de ter vencido toda a gente. Já Dakota Kai afirmou que tem orgulho em dizer que a sua melhor amiga é a campeã mais dominante de sempre do NXT e lançou o desafio a qualquer mulher que a queira enfrentar no NXT TakeOver 36.

Quando ninguém respondeu, as duas lutadoras e amigas começaram a festejar, isto até Dakota Kai dar um grande pontapé à sua amiga, terminando esta amizade.

Nos bastidores, Adam Cole explicou que todas as semanas os outros lutadores falam dele porque querem ser como ele e que hoje irá vencer Bronson Reed, e este será mais um grande capítulo na sua carreira.

A seguir tivemos imagens de Io Shirai a treinar sozinha, sendo que Zoey Stark apareceu e explicou que a “Genius of The Sky” não tem de treinar sozinha e que elas, se são as NXT Women’s Tag Team Champions, deveriam treinar juntas e ser amigas. Io Shirai não estava muito inclinada para essa ideia, mas aceitou o convite para um dia ir sair com Zoey Stark, para que as duas criassem uma ligação.

Nos bastidores vimos Mandy Rose a falar com Gigi Dolin e Jacy Jayne, mas não deixou que o camera man chegasse perto.

– Kacy Katanzaro & Kayden Karter venceram Franky Monet & Jessi Kamea: Kacy Katanzaro & Kayden Karter usaram a sua agilidade para entrar melhor neste combate, mas Jessi Kamea usou o seu tamanho para o virar, sendo que depois a força e experiência de Franky Monet fez ainda mais a diferença, sendo que até parecia que ia vencer.

Isto até Robert Stone achar giro atirar uma mala contra Franky Monet, numa tentativa de ajudar a sua equipa, mas isso criou uma distracção que Kacy Katanzaro & Kayden Karter aproveitaram, e depois da sua combinação de Neckbreaker e 450 Splash venceram o combate.

A seguir vimos uma entrevista de Wade Barrett a Roderick Strong e Malcolm Bivens, e o “Messiah of the Backbreaker” afirmou que não teve paciência para as confusões da Undisputed ERA e por isso saiu de cena. Já Malcolm Bivens afirmou que Roderick Strong é o melhor lutador da sua geração e deu a entender que deveria ter uma hipótese de lutar pelo NXT Cruiserweight Championship. Ainda assim, ficou marcado para a semana um embate entre Roderick Strong e Bobby Fish.

A seguir vimos Dakota Kai a fugir do Capitol Wrestling Center…

– Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Hit Row (Top Dolla & Ashante “Thee” Adonis): Os Imperium conseguiram isolar Ashante “Thee” Adonis e assim dominaram desde o primeiro segundo, o problema foi quando Top Dolla entrou em ringue e usou a sua força para virar o combate a favor dos Hit Row, e estes isolaram Marcel Barthel e dominaram durante alguns minutos.

No entanto, os Imperium voltaram ao controlo quando isolaram Ashante “Thee” Adonis, mas o mais atlético dos lutadores dos Hit Row conseguiu sobreviver e fez o tag a Top Dolla, que virou o combate do avesso com a sua força.

Só que o Legado Del Fantasma atacou Isaiah “Swerve” Scott e isso fez com que o grandalhão do grupo fosse atrás do grupo de Santos Escobar, o que abriu espaço para que Marcel Barthel & Fabian Aichner vencessem o combate.

Depois do combate, o Legado Del Fantasma continuou o ataque, isto até o NXT North American Champion Isaiah “Swerve” Scott aparecer com uma cadeira e fazer os seus rivais fugir.

No balneário dos The Way, estes continuavam a discutir, sendo que Indi Hartwell recebeu um presente que era um desenho de Dexter Lumis onde este já pertencia à família, algo que desorientou Johnny Gargano e Candice LeRae. Indi Hartwell teve então a ideia de na próxima semana Johnny Gargano defrontar Dexter Lumis, e se este vencer, os The Way têm de lhe dar uma hipótese. Candice LeRae concordou com esta ideia, se tivesse também na aposta que se Johnny Gargano vencesse, Indi Hartwell parava falar de Dexter Lumis.

LA Knight continuava a tentar jogar golfe, mas os Grizzled Young Veterans vieram também incomodá-lo. Depois de perder mais uma aposta, LA Knight mandou Cameron Grimes jogar e este sem querer acertou com o taco primeiro onde dói mais e depois na cabeça do Million Dollar Champion, tendo também acertado no buraco à primeira.

– Adam Cole venceu Bronson Reed: A força de Bronson Reed foi um problema para Adam Cole durante alguns minutos, mas o ex-NXT Champion conseguiu usar o seu engenho e com alguma batota à mistura colocou-se no controlo do combate.

Durante vários minutos, o ímpeto do combate esteve do lado de Adam Cole, mas o “Colossal” começou a equilibrar usando a combinação de força e agilidade que possui. Com o passar dos minutos, o cansaço foi-se começando a notar e as false finishes foram aparecendo de forma cada vez mais frequente.

No final, Bronson Reed falhou o seu Tsunami e abriu espaço para que Adam Cole, com um Superkick seguido do Last Shot, arrecadasse a vitória neste main event.

Já depois do combate terminar, Kyle O’Reilly aproveitou enquanto Adam Cole festejava para com uma cadeira atacar o seu rival. O ataque terminou com Kyle O’Reilly a pegar em Adam Cole e a acertar um Brainbuster nas escadas.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

10 Comentários

  1. Et billu2 meses

    episódio sólido

  2. Joelson Souza Ribeiro2 meses

    Samoa Joe vs karrion kross pra mim. vai ser última vez, do kross no nxt talvez ele perca ja pra subir logo no main roster do raw.

  3. Show consistente. Destaco: o segmento entre Samoa Joe e Mr. Regal; o combate entre Carmelo Hayes (que continuo a achar que será o vencedor do torneio) e Josh Briggs; as interações entre Cameron Grimes e LA Knight; o segmento entre Dakota Kai e Raquel González que culminou no turn da primeira contra esta última; e o main event e ataque pós-match. Por outro lado, odiei que Franky Monet já tenha sofrido um pin em tão pouco tempo no NXT e receio que isso seja um mau prenúncio para o seu futuro…

    • Nuno Ramos2 meses

      este ataque da dakota ja agora e face turn ou heel turn?

    • Eu diria que é um heel turn da Dakota na Raquel mas penso que a maioria dos fãs presentes no show ficaram do lado da primeira, portanto vai ser interessante perceber qual a dinâmica rumo a um eventual combate entre ambas no NXT TakeOver 36.

  4. El Cuebro2 meses

    Que main event foi esse, grande luta do Adam e do Bronson, vitória do primeiro e a rivalidade com o Kyle permanece e está on fire, aliás o golpe do Kyle no Adam nos degraus me pareceu meio imprudente hein, com o meio das costas atingindo a dobra do degrau! No mais não gostei de colocarem os Veterans como motivo piada, tal qual fizeram com os Raiders antes e achei um tanto injusto o Josh Briggs perder no Breakout!

  5. NXT de boa qualidade na maior parte do show.
    Destaques:
    -Opener bastante interessante que culminou com o regresso do Ridge Holland.Foi um combate muito intenso de inicio ao fim.
    -Segmento entre o Joe e o Regal,já tinha saudades da forma intensa e agressiva do Joe em termos de postura e da forma como fala.
    -Segmentos entre o Grimes e o LA Knight,super engraçado e tem uma dinâmica entre eles muito boa.E o cameo dos GYV também foi muito bem incorporado.
    -Turn da Dakota na Raquel,algo que finalmente aconteceu e já esperava a algum tempo.
    -Bom main event entre o Reed e o Cole,e o ataque do KOR no Cole é indicativo que iremos ter o 3 combate entre eles,que pode indicar a despedida do Cole do NXT.

  6. Gostei:
    – Ciampa & Thatcher vs Dunne & Lorcan. Eu fiquei interessado quando vi que este combate ia acontecer, e não desiludiu. Um ótimo violento combate. A cada tag match que vejo de Ciampa e Thatcher, mais coesos ficam os 2. Dunne consegue a vitória após ajuda de Ridge Holland, a regressar da sua grave lesão. Sempre bom ver Ridge de volta, esperemos que a lesão nunca mais aconteça.
    – Após o combate, Ridge continuou o ataque a Ciampa e Thatcher, cimentando já a sua posição no card e elevando esta stable dele, Dunne e Lorcan. Bom trabalho.
    – Samoa Joe vem ao ring e faz uma excelente promo, e chama William Regal. Sabendo que Regal está furioso pela semana passada, Joe entrega 3 contratos ao general manager. Regal assina a demissão de Joe, a contratação dele como lutador e o combate entre Joe e Kross no próximo TakeOver. Este segmento foi perfeito. Samoa Joe está a trazer uma nova intensidade e o seu regresso à competição já era sem tempo. Entusiasmado para Joe vs Kross. Vejam este segmento, sem dúvida alguma!
    – Carmelo Hayes vs Josh Briggs. Ambos os lutadores mostraram o seu potencial e fizeram uma ótima exibição, proporcionando-nos talvez o melhor combate do torneio até agora. Vejo um futuro risonho para ambos.
    – Raquel González e Dakota Kai vem ao ring à procura de uma nova adversária para a campeã. Dakota diz que Raquel é a melhor lutadora do mundo e ninguém a destronará. Uns momentos depois, Raquel está a beijar a sapatilha de Dakota que ataca-a. Esta feud era previsível, mas o segmento foi mesmo bem feito. Será interessante ver Raquel a funcionar como face. A feud tem potencial, o combate tem potencial. Veremos o que resultará daqui. Por enquanto, um bom início. Vejam o segmento.
    – Imperium vs Hit Row. Um bom combate, com enorme destaque para a grande exibição de Adonis. Imperium vencem com ajuda dos Legado del Fantasma (aff). Ainda tentaram atacar depois do combate, mas Scott impediu tal.
    – Adam Cole vs Bronson Reed. Para vos ser honesto, o combate desiludiu-me um bocado. Não se enganem, é bom, mas a química não estava lá. Houveram alguns soluços pelo combate e isso desiludiu.
    – Após o combate, Kyle O’Reilly manteve o mesmo comportamento da semana passada e atacou Cole brutalmente com uma cadeira. Isto vai levar obviamente ao derradeiro combate entre estes 2 e, já sabendo do que eles são capazes, mal posso esperar. Uma ótima forma de terminar o show.

    Não Gostei:
    – Team KC vs Robert Stone Brand. O combate até estava a ser decente, mas depois chegou o fim. Robert Stone distrai Franky Monet e esta sofre o pin. É um bocado mau a primeira derrota por pinfall de Monet ser para Kacy e Kayden, sem ofensa para estas 2. Robert Stone, eu sei que esta é a gimmick dele, mas as constantes interrupções ficam irritantes.

    Overall: 7/10. Os segmentos deste show foram todos muito bons. Os combates variaram entre decente e muito bom. Houveram grandes melhorias comparado à semana passada. No entanto, as várias distrações/interrupções nos combates por outros lutadores foram demasiado a meu ver.

  7. Anónimo2 meses

    Mais um bom NXT. Bom segmente entre Samoa Joe e Regal, e destaco também o main event, foi um bom combate.

  8. Pedro2 meses

    Cade a io shirai ?