A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao Worlds Collide do próximo domingo, dia 4 de Setembro.

Resultados

– Grayson Waller venceu Apollo Crews
– NXT Women’s Tag Team Champions Katana Chance & Kayden Carter venceram Ivy Nile & Tatum Paxley
– Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) & Lash Legend venceram NXT UK Tag Team Champions Brooks Jensen, Josh Briggs & Fallon Henley
– Andre Chase venceu Charlie Dempsey
– Zoey Stark venceu Kiana James
– Gallus (Wolfgang, Joe & Mark Coffey) venceram Diamond Mine (NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) & Damon Kemp)

Report

– Grayson Waller venceu Apollo Crews: O opener deste NXT começou de forma equilibrada e quando a agressividade foi aumentando, isso fez com que Apollo Crews tivesse o domínio a seu favor, até que um dedo no olho por parte de Grayson Waller virou este combate do avesso. O australiano dominou durante vários minutos, mas o ex-Intercontinental Champion conseguiu aguentar a ofensiva do seu oponente e começou a equilibrar ao ponto de quase ter vencido.

No final, Grayson Waller conseguiu ganhar espaço fora do ringue e acertou o seu Stunner que lhe deu a vitória.

A seguir tivemos um video package a falar de todas as conquistas da NXT UK Women’s Champion Meiko Satomura.

Nos bastidores, os NXT Tag Team Champions Creed Brothers e Damon Kemp foram entrevistados e estavam a falar dos Gallus, sendo que Roderick Strong tentou mais uma vez falar com Julius Creed, mas este não quis ouvir o líder da Diamond Mine. O segmento terminou com Ivy Nile & Tatum Paxley a aparecerem e a dizerem para os seus colegas destruírem os seus rivais.

No balneário do NXT Champion Bron Breakker, este foi interrompido por Finn Bálor que relembrou que ele é o lutador com mais dias enquanto NXT Champion e que é sua responsabilidade manter o nível desse título, mas que não deveria subestimar Tyler Bate.

– NXT Women’s Tag Team Champions Katana Chance & Kayden Carter venceram Ivy Nile & Tatum Paxley: Ivy Nile & Tatum Paxley entraram de forma agressiva e tentaram vencer as campeãs desde cedo, mas Kayden Carter & Katana Chance foram aguentando a ofensiva das suas adversárias. No final, as Toxic Attraction causaram uma distração que tirou Ivy Nile do ringue e permitiu às campeãs acertarem o seu habitual golpe em equipa e reterem os seus títulos.

Após o combate terminar, Katana Chance & Kayden Carter afirmaram que enfrentam toda e qualquer equipa que entre no ringue com elas, mas como os NXT UK não têm uma dupla para elas enfrentarem então terão de festejar. Porém de forma inesperada, Doudrop & Nikki ASH, apareceram e desafiaram as campeãs para um combate no Worlds Collide desafio esse que foi aceite.

Em seguida tivemos Kiana James no seu escritório e mostrou-se irritada, tendo dito que Zoey Stark mesmo depois de ter perdido contra Mandy Rose, está iludida mas que isso irá mudar quando estiverem em ringue.

Joe Gacy e os Dyad estavam a ter uma cerimónia. tendo oferecido um lugar no grupo a Cameron Grimes.

A seguir vimos o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams a chegarem à arena, com o campeão a querer saber quem será o seu adversário.

No ringue, Joe Gacy acompanhado pelos The Dyad, começou a falar sobre mundos colidirem, tendo depois falado da vitória dos Dyad na semana passada. Enquanto este continuava a falar sobre o duo estar a subir de patamar no Schism, Cameron Grimes interrompeu o seu rival e este recusou o pedido para se juntar ao grupo, algo que Joe Gacy não gostou tendo então falado da família do ex-NXT North American Champion.

Cameron Grimes atacou então os Dyad, tendo Joe Gacy abraçado-o, o que fez Cameron Grimes sair do ringue.

A seguir tivemos um video package de Roxanne Perez com esta mostrar-se triste por tudo o que tem acontecido entre ela e Cora Jade, tendo o vídeo terminado com a jovem a enviar uma mensagem à sua antiga amiga.

No backstage, o NXT UK Champion Tyler Bate foi interrompido por Fit Finlay que apareceu com um iPad, onde vimos Butch a incentivar o seu velho rival para vencer o combate no Worlds Collide.

– Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) & Lash Legend venceram NXT UK Tag Team Champions Brooks Jensen, Josh Briggs & Fallon Henley: Este combate foi bastante agressivo desde os primeiros momentos e acabou por ser o trio de Brooks Jensen, Josh Briggs & Fallon Henley que dominou os minutos iniciais. Ainda assim os Pretty Deadly conseguiram isolar Josh Briggs durante algum tempo, mas este foi aguentando o ataque dos seus rivais, até que fez o tag a Brooks Jensen que virou o combate do avesso. No final, as duas equipas tiveram algumas hipóteses para vencer e uma distração dos Gallus abriu espaço para que os Pretty Deadly & Lash Legend conquistassem a vitória.

Após o combate tivemos uma brawl entre as três equipas.

Nos bastidores, a NXT Women’s Champion Mandy Rose foi interrompida por Shayna Baszler e a campeã não perdeu tempo a provocar a “Queen of Spades” que só lhe disse que era bom que ela conseguisse unificar os títulos, porque se não tudo o que disse no último ano não valia nada.

Nos bastidores, JD McDonagh falou da sua raiva interna e explicou que isso é algo que ele consegue lidar, pois não é frágil emocionalmente como Wes Lee.

– Andre Chase venceu Charlie Dempsey: Desde cedo este embate foi bastante técnico e equilibrado, e quando parecia que Andre Chase estava a levar a melhor, Charlie Dempsey aumentou a agressividade e com isso foi ficando cada vez mais próximo da vitória, isto apesar do veterano nunca se dar por vencido.

Porém a frustração levou a melhor do lutador inglês que decidiu atacar Bodhi Hayward, e quando entrou em ringue, o professor da Chase U apanhou-o com um pin rápido e venceu este embate.

Em seguida, vimos a NXT UK Women’s Champion Meiko Satomura a chegar ao CWC, tendo Alba Fyre vindo falar com a sua rival e pedido para ela vencer o combate de unificação dos títulos femininos.

Ainda nos bastidores, o NXT UK Champion Tyler Bate foi interpelado pelo Intercontinental Champion Gunther que lhe falou do legado daquele título, tendo pedido para que este vencesse Bron Breakker no Worlds Collide.

– Zoey Stark venceu Kiana James: As duas lutadoras entraram de forma agressiva e acabou por ser Kiana James que com alguma batota à mistura, se colocou no controlo deste combate. O domínio durou alguns minutos, mas Zoey Stark nunca se deixou ficar e começou a equilibrar as contas, o que fez com que as duas lutadoras fossem tendo várias hipóteses para vencer. No final, Zoey Stark com um Superkick e a sua versão do GTS conquistou a vitória.

Depois do combate terminado, Kiana James tentou atacar Zoey Stark, mas Nikkita Lyons veio ao ringue ajudou a sua amiga.

Nos bastidores, Blair Davenport estava a ser entrevistada, mas foi interrompida por Rhea Ripley que veio explicar à britânica que ela tem uma oportunidade para fazer história e unificar os títulos femininos.

A seguir, vimos Nathan Frazer e Axiom a lerem banda desenhada, tendo os dois decidido enfrentarem-se num combate à melhor de três.

– Gallus (Wolfgang, Joe & Mark Coffey) venceram Diamond Mine (NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) & Damon Kemp): A Diamond Mine entrou de forma dominante com os campeões de equipas e Damon Kemp a dominarem durante vários minutos.

Ainda assim, os antigos lutadores do NXT UK conseguiram isolar Brutus Creed e controlaram durante algum tempo, mas o campeão de equipas conseguiu aguentar a ofensiva e fez o tag ao seu irmão que entrou decidido a tentar vencer o combate sozinho, mas sem sucesso.

A agressividade foi aumentando e as quase vitórias também, e quando parecia que Damon Kemp se preparava para vencer, Roderick Strong apareceu e distraiu os seus companheiros de grupo e abriu espaço para Joe Coffey acertar uma Lariat e vencer esta contenda.

Assim que o combate terminou, os Pretty Deadly e os NXT UK Tag Team Champions Brooks Jensen & Josh Briggs vieram para o ringue e tivemos uma grande brawl entre as quatro equipas, que teve de ser parada por vários outros lutadores e oficiais do NXT.

Novamente no balneário do NXT Champion Bron Breakker, este foi interrompido por Ciampa e o seu velho rival afirmou que quando se é NXT Champion existe uma certa responsabilidade e que é normal sentir pressão e que a única coisa que Bron Breakker tem de fazer é usar essa pressão para representar o NXT como este merece e acima de tudo para vencer.

A seguir tivemos mais uma promo de Quincy Elliot a promover a sua estreia no NXT.

Por fim, em ringue tivemos o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams, com os dois irritados por o “A-Champion” não ter adversário no Worlds Collide, tendo o campeão dito que tinha decidido não defender o título no evento.

De forma inesperada, Ricochet apareceu no NXT e até elogiou as capacidades de Carmelo Hayes, antes dos dois começarem a trocar algumas farpas, sendo que o “One and Only” prometeu que iria tornar-se NXT North American Champion pela segunda vez.

Nos momentos finais deste episódio, Ricochet acertou um Spinning Kick em Trick Williams antes de apanhar Carmelo Hayes no ar com o seu Recoil.


O que achaste deste WWE NXT?

14 Comentários

  1. Natan1 mês

    Esse segmento tá bombando hein, Nikki e Niven na luta pelo cinturão feminino de duplas da Nxt e o que será que o Judgement Day foi fazer, lutar pelos títulos ou tentar recrutar para a stable ? É o que descobriremos nos próximos episódios

    • Natan1 mês

      Bem, na verdade o motivo da Judgement Day aparecer é torcer para que o Bron Breaker e Blair Davenport ganhem e unifiquem os títulos

  2. Neno1 mês

    Alguém me fala o que houve com o Carmelo. Vai enfrentar o Noam Dar?
    Ele tá postando que quer lutar no Worlds Collide

  3. Zickelous1 mês

    Um episódio extremamente nostálgico para os fãs do antigo NXT Black and Gold, tantas memórias e tantos lutadores incríveis, apenas para um cameo tivemos: Ciampa, Rhea, Bálor, Shayna, Gunther(Walter), Butch(Pete Dunne), Alba(KLR) lembrando que ela é a maior campeã da história do NXT UK, Nikki ASH(Cross), e ainda teremos Carmelo Hayes vs Ricochet no WC, será uma grande luta com certeza

  4. Rui Jesus Messias1 mês

    Estou muito ansioso para ver o worlds Collide, este nxt foi especial, muito nostálgico, é assim que deve ser

  5. Gostei:
    – Apollo Crews vs Grayson Waller. Um combate que se focou mais em contar uma história do que em spots e tivemos aqui boa ação para começar o show.
    – Segmento entre Cameron Grimes, Joe Gacy e The Dyad. Um ótimo segmento aqui. Promos muito sólidas de ambos os lados, com a melhor parte a ser mesmo o Joe Gacy a invocar o seu inner Christian Cage e a dizer que Grimes não tem pai.
    – Gallus vs Diamond Mine. Bom combate aqui. Todos os envolvidos estiveram bem sólidos e foi bem desfrutável.
    – Promo de Hayes e Williams, interrompidos por Ricochet. Mais um segmento sólido, com uma promo especialmente boa de Carmelo (para variar) e Ricochet não esteve mal. Carmelo vs Ricochet é um combate que me entusiasma!

    Não Gostei:
    – Paxley & Nile vs Chance & Carter. Combate curto que termina com distração. Nikki ASH e Doudrop a desafiar pelos NXT Women’s Tag Titles é interessante, apesar do combate não chamar muito a minha atenção.
    – Mixed 6-Person Tag Match. Combate medíocre. A única coisa que captou o meu interesse foi o Briggs a lançar completamente a Henley para fora do ring. De resto, nada demais. Mesmo o hot tag não funcionou.
    – Andre Chase vs Charlie Dempsey. O combate não foi mau, mas precisava de mais tempo. Mais uns 3 minutinhos e podia ter sido um combate bem sólido.
    – Zoey Stark vs Kiana James. Um combate curto com pouco a dizer.

    Overall: 6.5/10. Um NXT carregado de nostalgia, com a aparição de várias estrelas do passado (Bálor, Ripley, Baszler, Ricochet, Nikki ASH, Gunther, Pete Dunne, Ciampa). Ajudaram a construir para o Worlds Collide e a guerra entre o NXT e o NXT UK. Em termos de combates e de outros segmentos, foi um show algo medíocre, com o único destaque a ser mesmo o segmento entre Grimes, Gacy e a The Dyad. E só quero dizer mais uma coisa: a forma da Roxanne cortar a Cora Jade da sua vida ser bloquear o nº de telemóvel dela é absolutamente cómico.

  6. Vitor Oliveira1 mês

    Achei muito aleatório Ricochet, Doudrop & Nikki ASH no worlds collide

    • Shockmaster1 mês

      É pra terem pessoal já de nome no evento

    • Vitor Oliveira1 mês

      Eu até entendo (ñ concordo mto), mas assim voltar pra perderem é meio feio kkkk

    • Vitor Oliveira1 mês

      e poderiam ter colocado o Apollo q já lá

  7. Shockmaster1 mês

    Excelente go home show, gostei de ver o Dempsey, e a Chase U é um pagode😂😂

  8. Lucas Sarmento1 mês

    A Zoey e a Gigi estavam lesionadas mesmo ou era só kayfabe , retornaram bem rapidamente

  9. Anónimo1 mês

    Destaco o combate entre o Grayson Waller vs Apolo Crews, e as aparições de alguns lutadores do main roster.