WWE transmitiu esta quarta-feira, a partir do Capitol Wrestling Center, a primeira noite do NXT TakeOver: Stand & Deliver na USA Network e WWE Network, a última em concorrência com o AEW Dynamite.

O WWE NXT TakeOver: Stand & Deliver é transmitido na Sport TV 5 e WWE Network. Subscreve aqui!

Resultados

– Zoey Stark venceu Toni Storm (Pre-Show)
– Pete Dunne venceu Kushida
– Bronson Reed venceu Isaiah “Swerve” Scott, Cameron Grimes, LA Knight, Dexter Lumis e Leon Ruff (Gauntlet Eliminator Match)
1. Isaiah “Swerve Scott” eliminou Leon Ruff
2. LA Knight eliminou Dexter Lumis
3. Bronson Reed eliminou LA Knight
4. Isaiah “Swerve Scott” eliminou Cameron Grimes
5. Bronson Reed eliminou Isaiah “Swerve Scott”
NXT UK Champion WALTER venceu Tommaso Ciampa
– MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) e Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza) (NXT Tag Team Championship Triple Threat Match)
– Raquel González venceu NXT Women’s Champion Io Shirai

Report

– Zoey Stark venceu Toni Storm (Pre-Show): O primeiro combate da noite aconteceu ainda no Pre-Show e Zoey Stark entrou melhor neste embate, tendo dominado a parte técnica e até começou a aumentar a intensidade, mas Toni Storm com um pouco de batota à mistura inverteu o rumo do domínio.

A australiana dominou durante vários minutos, mas cometeu o erro de subir à terceira corda. Zoey Stark aproveitou e com um Superplex equilibrou logo esta contenda. Depois de uma troca de strikes, Zoey Stark ganhou um grande ímpeto e quase venceu o combate logo ali, mas Toni Storm sobreviveu e também ela teve várias quase vitórias. No final, Zoey Stark surpreendeu Toni Storm e os fãs com um Small Package.

A primeira noite do NXT TakeOver: Stand & Deliver começou com Nita Strauss a tocar o hino dos Estados Unidos da América na sua guitarra elétrica.

– Pete Dunne venceu Kushida: Como seria de esperar, a luta entre Pete Dunne e Kushida abriu de forma bastante técnica e como nenhum dos dois lutadores ganhou vantagem, ambos decidiram que estava na hora de aumentar a agressividade, e fora do ringue acabou por ser o japonês a dominar esta fase do combate.

Pete Dunne conseguiu reverter o domínio a seu favor durante alguns minutos, mas Kushida estava decidido em fazer o “Bruiserweight” desistir, fazendo do braço esquerdo do britânico o seu alvo. Depois de várias false finishes, Pete Dunne conseguiu ganhar algum ímpeto e acertou o seu Bitter End, e assim venceu este primeiro combate do main card do NXT TakeOver: Stand & Deliver.

– Bronson Reed venceu Isaiah “Swerve” Scott, Cameron Grimes, LA Knight, Dexter Lumis e Leon Ruff (Gauntlet Eliminator Match): Leon Ruff e Isaiah “Swerve” Scott começaram o combate de forma agressiva e fora do ringue foi o primeiro que começou melhor, mas depois de uma guerra de 3 minutos tivemos a entrada de Bronson Reed, que veio com vontade de destruir os dois lutadores que já estavam neste Gauntlet Eliminator Match.

Cameron Grimes foi o quarto lutador a entrar neste combate e para além de pagar a Isaiah “Swerve” Scott para o ajudar, o ricaço do NXT fez de Leon Ruff o seu alvo.

Dexter Lumis foi o penúltimo lutador a entrar nesta contenda e o pouco ortodoxo lutador dominou por completo durante vários minutos, mas no meio da confusão Isaiah “Swerve” Scott eliminou Leon Ruff.

O último lutador a entrar foi LA Knight, que decidiu que era boa ideia entrar com um microfone e insultar todos os lutadores, mas acabou por ser atacado por Bronson Reed.

Depois de uma grande confusão, LA Knight e Cameron Grimes conseguiram eliminar Dexter Lumis. Logo de seguida, Bronson Reed eliminou LA Knight, e quando este ainda se queixava do que aconteceu, Dexter Lumis aplicou a sua submissão e calou de vez o fala barato.

Isaiah Scott e Cameron Grimes tentaram fazer equipa para arrumar Bronson Reed, mas os dois de forma pouco inteligente começaram a tentar eliminarem-se um ao outro e “Swerve” com um pin batoteiro eliminou o adversário.

Os minutos finais foram completamente dominados por Isaiah “Swerve” Scott, que quase venceu por várias vezes, mas o “Colossal” foi sobrevivendo e usou toda a sua energia para com vários golpes deixar Isaiah Scott por terra.

No final, Bronson Reed acertou o seu Splash da terceira corda e assim venceu este Gauntlet Eliminator Match, ganhando o direito de enfrentar o NXT North American Champion Johnny Gargano na segunda noite do NXT TakeOver: Stand & Deliver.

– NXT UK Champion WALTER venceu Tommaso Ciampa: A agressividade neste combate pelo NXT UK Championship foi a que se esperava, com nenhum dos lutadores a querer ficar muito tempo em ringue com o outro lutador.

WALTER ficou com a sua mão lesionada depois de partir o topo da mesa de comentadores com uma chapada e apesar de ser um alvo para Tommaso Ciampa, o NXT UK Champion continuou dominante.

Apesar do domínio, já se sabe o que a casa gasta com o “Psycho Killer”, que nunca desiste, e depois de vários golpes conseguiu levar WALTER ao tapete, sendo que acertou o seu Fairytail Ending e quase terminou com o incrível reinado do lutador austríaco.

Mesmo com a vantagem física de WALTER, Tommaso Ciampa estava determinado em destronar o NXT UK Champion, focando o seu ataque na mão lesionada sempre que era possível.

A guerra continuou com várias quase vitórias e tivemos WALTER a não conseguir vencer o “Psycho Killer” com duas Powerbomb seguidas, mas depois de um Head & Arm Suplex, WALTER acertou o seu chop poderoso e conseguiu assim a contagem de 3, para reter mais uma vez o seu NXT UK Championship.

Logo a seguir tivemos imagens novamente do cão de Franky Monet a passear no Performance Center, para relembrar que a lutadora irá estrear no próximo NXT, que será transmitido na terça-feira, dia 13 de Abril.

– MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson) e Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza) (NXT Tag Team Championship Triple Threat Match): Como seria de esperar, esta Triple Threat pelos NXT Tag Team Championships começou de forma caótica e acabaram por ser os Grizzled Young Veterans a conseguir algum controlo do combate, tendo isolado Nash Carter.

Ainda assim, o domínio não foi muito prolongado, porque os MSK usaram a sua velocidade para virar o combate do avesso. No meio da confusão, o Legado del Fantasma isolou novamente Nash Carter e foi a vez destes dominarem.

Os Legado Del Fantasma acabaram por perder o controlo do combate e tivemos mais caos, como seria de esperar de um combate com seis lutadores.

As três equipas quase venceram por várias vezes, em especial os parte dos Grizzled Young Veterans, pois Zack Gibson quase fez Wes Lee desistir. Wes Lee ia sobrevivendo a tudo o que as outras equipas faziam e no final os MSK ficaram no ringue com os Grizzled Young Veterans.

No final, a dupla de Wes Lee e Nash Carter, com uma combinação de Spinebuster e Blockbuster, venceu o combate e são os novos NXT Tag Team Champions.

A nova contratação da WWE, Sarray, esteve no NXT TakeOver: Stand & Deliver ao lado de Stephanie McMahon.

– Raquel González venceu NXT Women’s Champion Io Shirai: Este combate começou como se esperava, com Raquel González a usar a sua força e Io Shirai a usar a sua agilidade, e foi a NXT Women’s Champion que entrou melhor.

No entanto, Dakota Kai tentou interferir e acabou por levar o cartão vermelho por parte do árbitro e foi expulsa de perto do ringue. Porém, depois de uma sequência fora do ringue, a força de Raquel González veio ao de cima e a poderosa lutadora virou o combate a seu favor.

Depois de um longo domínio, Io Shirai usou a sua explosividade para virar o ímpeto a seu favor e as duas lutadoras acabaram a lutar fora do ringue. A “Genius of The Sky” decidiu que era boa ideia subir ao topo do stage do NXT e saltou para cima de Raquel González em Crossbody.

Já em ringue, Io Shirai quase venceu com o seu Moonsault, mas fora do ringue a poderosa lutadora acertou a sua Powerbomb, tendo levado de novo a “Genius of The Sky” para dentro do ringue, tendo finalizado o combate com mais uma One-Handed Powerbomb. Assim, Raquel González conquistou o NXT Women’s Championship!


O que achaste desta primeira noite do WWE NXT TakeOver: Stand & Deliver?

20 Comentários

  1. Este NXT tem mais público. 👍

  2. Zoro sola2 semanas

    Combate de tag foi disparado o combate da noite

    • mrdb2 semanas

      gostei mais do walter vs ciampa

    • Zoro sola2 semanas

      O final do walter vs ciampa foi zuado, terminou com um tapa, homenagem a the great khali

    • mrdb2 semanas

      imagino que não conheças muito bem o walter, porque senão sabias que as chops dele são devastadoras, e isso foi muito bem vendido quando ele partiu a mesa com a mão, o estilo dele é old school, para se fazer um bom combate não é preciso acrobacias e spots vistosos, este combate foi a prova disso, muito bom de inicio ao fim, emotivo, agressivo, os 2 lutadores estiveram 5 estrelas, e no final o walter ataca o pescoço do ciampa que foi operado ao pescoço recentemente, aplica lhe 2 powerbombs, sleeper suplex antes de lhe dar a chapada final, achas isto final zuado??

    • O final do Walter vs Ciampa foi muito esquecido!

  3. Facebook Profile photo

    Só de ouvir o público no evento eu assisti o show inteiro com um sorriso de orelha a orelha, como é bom ter reações mais naturais depois de tanto tempo.

    Gostei muito dos combates e fui surpreendido pela positiva com o resultado da Gauntlet match, espero que o THICC BOI tome o título do Gargano. Sinto ainda que KUSHIDA vs Dunne podia ter tido uns minutinhos a mais…
    WALTER, você pode entrar na minha casa e dar chop no peito de toda minha família.
    Ótima luta pelos tag titles e fico feliz pelos MSK ao mesmo tempo que quero ver justiça sendo feita pra os GYV, a espera deles ainda tem de ser recompensada alguma hora.
    Quanto ao main event, era o que todos esperávamos. Queria muito que tivessem mais tempo e que talvez a Io Shirai desse um kickoutzinho ali no final ainda pra poder dar uma enganada, mas tudo bem. Raquel campeã e que tenhamos um reinado interessante.

    • mrdb2 semanas

      o walter tem é que deixar o nxt uk e ir para o nxt definitivamente distribuir chops em todo o roster, isso sim hihihhihi
      ele e o resto dos imperium claro 🙂

    • Facebook Profile photo
      Andre2 semanas

      Mrdb ele ja disse que nao quer viver no EUA, muito dificil de isso acontecer

    • mrdb2 semanas

      sim eu sei, mas ele numa entrevista recentemente deixou em aberto a possibilidade de sair da europa para continuar a evolução da sua carreira, ficar na europa mesmo que esteja na wwe uk é pouco para o seu potencial, neste momento está estagnado, na europa não há empresa capaz de o elevar para um outro patamar de acordo com o seu potencial.

  4. Gostei da primeira noite, penso que o final do WALTER vs Ciampa foi um pouco esquisito, gostei da Raquel campeã e também muito do combate de tag team como o Gaunlet Match!
    Que venha a segunda noite!

    • O gauntlet foi mal escolhido o vencedor, nada contra o bronson que tem vindo a crescer e ter o seu espaço mas o lumis merecia muito mais e até já estava em feud com o gargano, até achei ideia meia á vince, abortou a feud com o gargano e iniciou uma com o la knight porque sim, quando o la knight estava em feud com o bronson… ou seja troca por troca sem explicação

  5. El Cuebro2 semanas

    Grande primeira noite de TakeOver, ótimos combates, confesso que na Gauntlet queria ver ou o Swerve ou o Lumis vencendo, mas o Bronson mereceu também!

  6. BRRM2 semanas

    Em primeiro lugar, quero dizer que para um evento com duas noites, este Takeover teve uma construção feita demasiado à pressa e em cima da hora (o mesmo serve para a WrestleMania btw), mas enfim:

    Zoey vs Toni – combate sólido

    Dunne vs Kushida – uma obra prima de technical wrestling. Adorei, só foi pena não ter tido mais uns minutos

    Gauntlet match – penso que o facto de não ter sido um gauntlet match tradicional foi uma boa decisão. Pecou por o Lumis e o LA Knight terem sido eliminados tão rapidamente mas no geral foi um bom combate.

    WALTER vs Ciampa – combate bué hard-hitting que me deixou a desejar que lhes tivessem dado mais tempo. Brutal.

    Triple threat tag match – foi mais ou menos o que se estava à espera mas a quantidade de tempo que uma das equipas (geralmente os LoF) passou no chão do lado de fora do ring enquanto as outras duas equipas lutavam dentro do ring foi algo que podia ter sido mais bem trabalhado.

    González vs Io – fiquei contente com a vitória da Raquel e o combate foi outro que gostava que tivesse durado mais tempo mas que mesmo assim já foi bem nice. Espero é que agora a Shirai não perca destaque porque ela é fantástica.

    Resumindo, houve três combates que acho que mereciam mais tempo e dois que, não tendo sido maus também não fizeram nada por mim portanto ya gostei, foi uma boa primeira noite de Takeover, mas podia ter sido melhor.

  7. Anónimo2 semanas

    Foi uma boa primeira noite do Takeover. Bom combate entre o Pete Dunne e Kushida. Também destaco o combate entre o Ciampa e WALTER. E foi bom ver mais público presente.

  8. Muito bom NXT.
    – Zoey vs Toni
    Bom combate, pensei que a vitória iria cair para o outro lado.
    – Pete Dunne vs KUSHIDA
    Muito bom combate técnico, pena foi o tempo ser escasso
    – Gauntlet Match
    Bom combate, gostava que o Lumis tivesse ganho, e realçar o destaque que o Isaiah teve
    – WALTER vs Ciampa
    Muito bom combate, brutal
    – MSK vs LdF vs GYV
    Muito bom combate, qualquer um dos resultados era bom
    – Raquel vs Io Shirai
    Bom main event, feliz pela Raquel, vamos esperar e ver o que se segue para ambas

  9. Foi um Takeover sólido mas não tão forte como o Vengeace Day por exemplo.

    Pete Dunne vs Kushida
    Foi um ótimo opener entre dois grandes wrestlers técnicos.
    Meteu o público hot e tivemos momentos muito bons durante o combate.

    Walter vs Ciampa
    Foi um combate muito bom,cumpriu as minhas expetativas.
    Match da noite.

    MSK vs GYV vs LdF
    Foi um combate de boa qualidade e onde os MSK e o GYV foram os protagonistas deste combate.

    Raquel vs Io Shirai
    Foi um bom combate para fechar a noite.
    A Raquel impos-se pelo seu dominio fisico perante a Io,que tentou acalmar a adversária mas sem sucesso.
    Mudança de campeã mais que anunciada mas necessária.

  10. Ótima primeira noite. Gostei de todos os combates de um modo geral e creio que cada um teve as suas especificidades, o que os tornou especiais. Aquela obra-prima entre WALTER e Tommaso Ciampa foi mesmo brutal de se assistir.