Depois do Royal Rumble deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, e rumo ao Elimination Chamber.

Resultados

– Riddle venceu WWE United States Champion Bobby Lashley (por desqualificação)
– Xavier Woods venceu Mustafa Ali
– Damian Priest venceu The Miz
– Raw Tag Team Champions Hurt Business (Cedric Alexander & Shelton Benjamin) venceram Lucha House Party (Gran Metalik & Lince Dorado)
– Lana & Naomi venceram Dana Brooke & Mandy Rose e Raw Women’s Champion Asuka & Charlotte Flair
– Jeff Hardy & Carlito venceram Elias & Jaxson Ryker
– Alexa Bliss venceu Nikki Cross
– Edge venceu Randy Orton

Report

O Raw desta semana abriu com o WWE Champion Drew McIntyre, que falou de tudo o que aconteceu no Royal Rumble, mas quando ia falar do Men’s Royal Rumble Match, foi interrompido pelo vencedor do combate, Edge.

Ainda antes do Hall of Famer poder falar, Drew McIntyre fez-lhe grandes elogios, mas Edge mostrou-se zangado pelo que o WWE Champion lhe estava a dizer, pois o “Scottish Warrior” deveria ter-lhe dado um pontapé na cabeça, porque ele é agora uma ameaça ao seu título.

Sheamus veio então ao ringue e disse que Edge não deveria falar assim de Drew McIntyre e que estava preparado para um combate. Edge disse que já estava nisto há muitos anos, que Drew McIntyre tem um grande alvo nas costas e que deveria ter cuidado com toda a gente, saindo depois do ringue.

O segmento acabou de forma surpreendente quando Sheamus acertou um Brogue Kick no seu amigo Drew McIntyre, mostrando que Edge tinha razão e que ele quer o WWE Championship.

Já nos bastidores, Sheamus foi entrevistado e mostrou-se irritado por ser conhecido como o “amigo de Drew McIntyre”, por isso já não é seu amigo e que quer o WWE Championship.

– Riddle venceu WWE United States Champion Bobby Lashley (por desqualificação): O primeiro combate da noite abriu de forma agressiva, com os dois lutadores a darem tudo, só que Bobby Lashley ainda estava aziado por não ter ganho o Men’s Royal Rumble Match que assim que teve hipótese aplicou o Hurt Lock, mesmo com Riddle nas cordas. O “All Mighty” decidiu não largar a sua submissão e o árbitro teve de o desqualificar.

Só que o WWE United States Champion estava-se a borrifar para o árbitro e continuou a atacar o “Original Bro” por vários minutos, tudo isto para alegria e também preocupação de MVP.

Nos bastidores vimos Bad Bunny a chegar ao ThunderDome de Bugatti, enquanto que perto do ringue vários oficiais da WWE estavam de volta de Riddle, que ainda estava completamente atordoado do ataque sofrido por Bobby Lashley.

No backstage tivemos Randy Orton a congratular Edge, mas o “The Viper” estava completamente possuído e disse que o rival é louco por achar que vai ao main event da WrestleMania, pois ele hoje não vai ter piedade dele. Assim, ficou marcado um combate entre Edge e Randy Orton para este Raw.

Noutra zona dos bastidores vimos Xavier Woods e Kofi Kingston a falarem de Mustafa Ali e o antigo campeão mundial afirmou que hoje é tudo sobre Xavier Woods e que ele vai vingar-se do líder dos RETRIBUTION.

– Xavier Woods venceu Mustafa Ali: Xavier Woods entrou melhor neste embate, mas Mustafa Ali conseguiu virar o ímpeto a seu favor.

Depois de alguns minutos de domínio, o lutador dos New Day começou a virar o rumo dos acontecimentos e quase ia vencendo, não fosse a presença de T-Bar. Porém, Kofi Kingston atacou os lutadores dos RETRIBUTION que estavam fora do ringue e toda esta confusão abriu espaço para que o seu amigo Xavier Woods, com um Crucifix Pin, vencesse Mustafa Ali.

A seguir tivemos mais uma edição da Miz TV que teve como convidado o músico Bad Bunny. Antes de haver perguntas, foram mostradas imagens do que aconteceu no Royal Rumble, onde The Miz partiu a mesa de DJ de Bad Bunny, antes do músico ter feito um Crossbody da 3ª corda para cima de The Miz e John Morrison, depois destes terem sido eliminados por Damian Priest.

The Miz pediu desculpa pelo que ele fez e os dois conversaram sobre Bad Bunny querer ser uma WWE Superstar. O segmento descambou quando The Miz e John Morrison começaram a cantar para tentar convencer Bad Bunny que eles deveriam gravar um CD juntos.

Antes que houvesse pancada, tivemos Bad Bunny a dizer que só aceitou estar na Miz TV porque um amigo dele também queria participar, e foi assim que tivemos a estreia de Damian Priest no Raw. O “Archer of Infamy” entrou em ringue e atacou The Miz e John Morrison muito rapidamente, terminando o segmento.

– Damian Priest venceu The Miz: Damian Priest entrou com tudo neste seu combate de estreia no Raw e dominou The Miz durante algum tempo, até este usar a sua maior experiência para virar o ímpeto a seu favor.

Ainda assim, o “Archer of Infamy” mostrou a sua força e voltou a virar o combate do avesso e parecia que ia vencer, mas John Morrison interferiu e quase abria espaço para que The Miz pudesse usar a sua mala do Money In The Bank, mas Bad Bunny impediu que isso acontecesse, tendo também atacado John Morrison.

Tudo isto fez com que The Miz se distraísse e Damian Priest acertou o Reckoning e venceu assim o seu combate de estreia no Raw.

– Raw Tag Team Champions Cedric Alexander & Shelton Benjamin venceram Lucha House Party (Gran Metalik & Lince Dorado): Os Lucha House Party tentaram usar a sua agilidade para dominar os minutos iniciais, mas a maior força dos Hurt Business virou o combate a favor dos campeões.

Cedric Alexander e Shelton Benjamin meteram as suas diferenças de lado durante vários minutos e isolaram Lince Dorado por bastante tempo. Porém, quando Gran Metalik entrou em ringue, virou a ação complemente do avesso, sendo que os Lucha House Party quase venceram o combate.

No final, Cedric Alexander parecia preparado para vencer, mas Shelton Benjamin fez-lhe um blind tag e acertou o seu Pay Dirt para vencer o combate, retendo os Raw Tag Team Championships.

Nos bastidores, Asuka e Charlotte Flair foram entrevistadas e ambas culparam Lacey Evans por terem perdido os WWE Women’s Tag Team Championships, mas afirmaram que estão focadas em os recuperar.

– Lana & Naomi venceram Dana Brooke & Mandy Rose e Raw Women’s Champion Asuka & Charlotte Flair: Depois de um começo algo caótico, tivemos a equipa de Dana Brooke & Mandy Rose a controlar a ação por alguns minutos, mas as ex-campeãs mostraram a sua maior experiência e acabaram por ser elas as grandes dominadoras deste embate.

A confusão começou a reinar ao fim de alguns minutos, com as três equipas em ringue, e quando parecia que Asuka & Charlotte Flair iam vencer, Lacey Evans e Ric Flair apareceram e a “Queen” fez o tag com a sua parceira, mostrando-se zangada com mais esta interferência da sua rival e pai.

Quem aproveitou foi Naomi, que com o Rear View em Asuka, fez com que a sua equipa com Lana conquistasse o direito a lutar pelos WWE Women’s Tag Team Championships.

Nos bastidores tivemos o WWE Champion Drew McIntyre, que se mostrou bastante triste pelo que aconteceu com Sheamus, tendo só dito que ele e o “Celtic Warrior” já lutaram antes, mas que isto é diferente. Se Sheamus quer deitar fora anos de amizade por uma hipótese pelo WWE Championship, então ele vai ter o combate.

A seguir tivemos um pequeno video package sobre Carlito, antes de mais um combate neste Raw.

– Jeff Hardy & Carlito venceram Elias & Jaxson Ryker: A equipa de Jeff Hardy e Carlito entrou melhor neste embate contra Elias e Jaxson Ryker, mas estes usaram alguma batota para isolarem Jeff Hardy por alguns minutos. Quando o “Charismatic Enigma” fez o tag Carlito, este mostrou continuar em boa forma e virou o combate do avesso antes de acertar o seu Backstabber. Seguiu-se um Swantom Bomb de Jeff Hardy, que arrecadou assim a vitória.

De seguida tivemos um video package sobre Edge, desde a sua lesão, ao seu regresso e a tudo o que lhe aconteceu em 2020, terminando com a sua vitória no Men’s Royal Rumble Match deste ano.

Logo a seguir tivemos o uma promo do “Rated R Superstar”, que disse que Randy Orton tem é inveja de não ser um homem como ele e que neste Raw vai acabar com o “The Viper”, porque ele tem de se focar na WrestleMania 37 e em reconquistar o título que nunca perdeu.

– Alexa Bliss venceu Nikki Cross: Nikki Cross entrou melhor neste combate, mas Alexa Bliss virou o ímpeto a seu favor com a sua estranha ofensiva. Já quando Nikki Cross estava de novo no controlo, Alexa Bliss lá mudou de roupa e apareceu com a gear de “Goddess da WWE”, o que tirou Nikki Cross do sério. Ainda assim, a escocesa continuou a dar luta, isto até termos a lutadora novamente a mudar de roupa e a voltar a ser a Alexa Bliss do Playground.

Tudo isto acabou por ser demasiado para Nikki Cross, que acabou por perder com uma versão modificada do Sister Abigail.

Ainda antes do main event da noite, Edge trocou algumas palavras com Damian Priest no backstage e Randy Orton cruzou-se com Alexa Bliss durante a sua entrada.

– Edge venceu Randy Orton: A agressividade esteve presente desde o primeiro segundo neste main event e acabou por ser Randy Orton que aproveitou o maior cansaço de Edge para dominar este embate. O domínio de Randy Orton durou alguns minutos, mas Edge desde que regressou mostra uma vontade inabalável de vencer e foi começando a criar ofensiva para virar o ímpeto.

Porém, o desgaste do Royal Rumble fez-se sentir por parte do “Rated R Superstar” e o “The Viper” começou a ganhar um balanço incrível para a vitória. Quando parecia que ia acertar o seu RKO, Alexa Bliss apareceu do nada sentada no topo de um dos cantos do ringue, enquanto lhe escorria “sangue” da boca.

Esta distração foi o suficiente para Edge acertar o seu Spear em Randy Orton e assim vencer este main event.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

36 Comentários

  1. Facebook Profile photo
    Daniel Rodrigues1 mês

    É possível assistir o Raw ao vivo através da WWE Network?

  2. Xana1 mês

    O Drew e o Sheamus podem parar de ser amigos como personagens e o Andrew e o Stephen vão continuar a ser amigos

  3. Eu percebi mal, ou o Drew Gulak deu as malas ao Sheamus?

  4. Victor WWE1 mês

    Começou bem com o Sheamus atacando o Drew kkkkk, o combate deles vai ser hoje?

  5. Allan Wallker1 mês

    Sheamus x Drew no elimination chamber

  6. Victor WWE1 mês

    Damian Priest foi pro Raw e eu pensando que ele ia pro Smack ajudar o Rey e o Dominik contra o King Corbin.

  7. Do que já vi do RAW:
    -Boa promo do Edge e do McIntyre a dar o tease para um combate entre eles na Mania.No final ainda tivemos o turn do Sheamus no Drew,que acredito que levará a um match entre eles no Fast Lane ou Elimination Chamber.
    -Atitude mais agressiva do Lashley perante o Riddle
    -Match ok entre o Woods e o Ali.

    Por agora é tudo,termino a minha análise mais tarde…

    • Continuando,para alem dos destaque que mencionei acima acrescento o seguinte:
      -Bom match entre os Hurt Business e os Lucha House Party,mais uma vez tivemos um desentendimeto entre o Shelton e o Cedric…espero no entanto que nao começem a separar os HB,é das melhores coisas do RAW.
      -Boa estreia do Priest
      -Bom ver que o Carlito é para ficar,parece estar em boa forma.
      -Esta versao twisted da Alexa é excelente…cada vez gosto mais.
      -Bom main event entre o Edge e o Orton,com menos tempo que costumavam ter mas contaram uma otima historia…e a Bliss mais uma vez a atormentar o Orton.

      No geral foi um bom RAW,algo que ja nao acontecia a algumas semanas.

    • Victor WWE1 mês

      Em relação ao combate do Edge vs Orton eu achava que finalmente o The Fiend ia aparecer, mas tenho expectativa que ele pode aparecer no combate do Mcintyre vs Orton.

  8. mrdb1 mês

    saudades dos tempos em que as raws após as royal rumbles eram grandes construções das feuds para culminar na wm, mesmo que depois alguns desses combates nas wm não dessem aquilo que se esperava, mas aos poucos essas grandes construções tem se perdido e nos últimos anos têm sido só umas construções normais sem nada de especial, que nos crie aquele entusiasmo para uma wm, apesar das ultimas wm até tem tido um bom nivel disso não me queixo mas as construções têm deixado muito a desejar, dizem que começou a road to wrestlemania mas as raws não trasmitem nada disso.

    • Kurt Angel1 mês

      Subscrevo, raw nada de especial, gostei do priest e pouco mais. Já agora, preferia o Carlito sem bigode.

    • cavadela1 mês

      Tempos que já não voltarão, infelizmente. Hoje em dia a curiosidade sobre isto, é para ver até onde a mediocridade vai.

    • mrdb1 mês

      se calhar o que mais gostei foi na promo inicial o edge ignorar completamente o sheamus, a cara que ele faz depois do sheamus falar para ele, e ele ignora-o e fala para o drew, foi muito bom, de resto foi uma raw como as de ultimamente o melhor que tem tido para mim é a alexa, o resto é encher chouriços, feuds sem interesse.

  9. Facebook Profile photo

    Sou fã do Edge desde o seu início de carreira. Contudo acho que tudo tem o seu tempo. A RR devia ter ido para o Cesaro ou uma personagem prestes a explodir. Critica-se o Goldberg, mas o Edge anda lá perto. Fazer uns shows seria suficiente. Ser o candidato principal já acho em demasia. Há muita velha guarda na wwe actualmente. Gosto de ver, mas qb. Um Cesaro, um Big E ou até um Ali seria bem melhor. Sangue novo

    • mrdb1 mês

      o goldberg ao fim de 3 minutos de combate está morto, só faz 2 golpes ou melhor 1 visto que já nem o jackhammer consegue fazer, o edge aguentou 1hora na royal rumble e a participar no combate, não esteve num canto encostado por isso essa comparação não faz sentido, para além dos combates que fez após o seu retorno, longos, puxados e de bom nivel, por isso ele ainda tem muito para dar, não o quero a ver a lutar e aparecer todas as semanas ou ate mesmo lutar em todos os ppvs mas sim ser uma presença regular e ser guardado para grandes feuds, eu não gosto nem apoio essa politica da wwe apostar nos velhos quando já não conseguem dar bons combates como o caso do goldberg ou o taker no final, eu quero ver bons combates se são velhos ou novos é me igual, achas mesmo que o cesaro (apesar de gostar muito dele) ou o ali, têm condições para ganhar uma rumble? o cesaro continua perdido no midcard, o ali para alem de não ter qualquer carisma nunca mostrou nada para merecer tal prémio, o big E tem um titulo neste momento, concordo com o sangue novo mas para se apostar em novos é preciso os construir com tempo, aos poucos, algo que a wwe não faz, ou só faz de modo exagero com aqueles que acha que vão ser a cara da companhia.

    • Facebook Profile photo

      Na realidade o Goldberg é bem mais velho que o Edge. Na realidade o Goldberg apaga passado 3 minutos. O Edge foi dos que se manteve mais em forma. Mas esta RR não devia ser dele. Há o receio dos fãs se fartarem. Olha o caso do Flair? É um icon, mas esta feud com a filha, até dói a alma de tão má que é. Olha o Cesaro foi um caso de não preparação por parte da wwe. Tiveram tempo e rivais bons para isso. O Ali é verdinho, mas parece que não o deixam evoluir. Mas até pode ser que eles vejam algo que nós não vemos. Até pode ser daqueles difíceis de lidar no balneário

    • Anónimo1 mês

      Ali e Big E são apenas mid cards r nada mais, e ainda bem que o Edge venceu.

    • Qual é a idade limite para ganhar na WWE amigo?

    • mrdb1 mês

      tambem não gosto de ver o flair aparecer constantemente, acho que quando o corpo já não aguenta devem sair, como é o caso dele e goldberg, agora um edge ou lesnar ou até mesmo um lashley que ja vai com 44anos ainda tem espaço para aparecerem porque ainda são capazes de fazer combates, e olhando para a wwe como as coisas estão o edge foi uma boa opção para vencedor da rr é alguem credível para desafiar um roman ou o drew, se fosse um ali, um cesaro ou ate mesmo um big E ninguem ia acreditar que eram capazes de vencer um roman ou drew numa wrestlemania, para os por num combate desse nivel elevado eles tem que estar como lutadores no topo da companhia algo que nenhum deles é neste momento.

  10. Hugo1 mês

    Bom….
    Foi um Raw igual a tantos outros mas pelo menos teve o condão de acabar( eu espero) com os fake boys,acho que a tag Carlito/Hardy é bem melhor.

  11. DheFan1 mês

    O que aconteceu com o Keith Lee??

    • Bankonthat1 mês

      A mia yim tem.covid

    • Atoress21 mês

      A Mia Yim que é a namorada dele tem covid por isso ele está de quarentena

  12. Foi um bom RAW pós Rumble!
    Veremos como irá ficar essa história do Edge sobre quem vai escolher, ainda temos Randy Orton que têm ainda acesa a feud com Fiend que não acabou ainda e têm o Edge à espreita e os mind-games da Alexa!
    Muito bom RAW sinceramente!

  13. Miz distrai-se durante o combate, dá as costas ao adversário, sofre o Finisher e perde;
    Asuka distrai-se durante o combate, dá as costas à adversária, sofre o Finisher e perde;
    Orton distrai-se durante o combate, dá as costas à adversária, sofre o Finisher e perde;

    Um programa de 3 horas… e fazem a mesma sequência 3 vezes.

  14. El Cuebro1 mês

    Uma dúvida sobre a luta da Alexa contra a Nikki e também da luta da Alexa contra a Asuka semana passada, ela foi gravada antes para termos as mudanças no personagem da Alexa em cabelo, roupa, maquiagem, etc?

  15. Bom RAW
    Destaco:
    – boa abertura, já era esperado que o Sheamus ia fazer o turn a qualquer momento
    – bom main event, bem o Edge e Orton, foi um bom combate apesar do tempo ser curto
    – muito bem a Alexa, a personagem dela está cada vez mais a melhorar

  16. Anónimo1 mês

    Foi um bom Raw. Destaco a promo entre o Edge e Drew, e bom main event.

  17. É capaz de ter sido o melhor Raw de 2021 até ao momento. No entanto, nem por isso foi assim tão bom. Destaco pela positiva o segmento inicial que culminou no turn de Sheamus para com Drew McIntyre (algo que já vinha sendo construído mas cuja execução me pareceu demasiado forçada para a história que estavam a contar), a boa estreia de Damian Priest (ainda que isso tenha continuado a descredibilizar o Mr. Money in the Bank, The Miz), a promo legit por parte de Edge e o main event que estava a ser porreiro até Alexa Bliss distrair Randy Orton.