A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da FTX Arena em Miami, Flórida, rumo ao Extreme Rules do dia 26 de Setembro.

Resultados

– Raw Tag Team Championship Nº1 Contender’s Turmoil Match (Parte 1)
1. New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) eliminaram Viking Raiders (Erik & Ivar)
2. New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) eliminaram Jinder Mahal & Veer
3. New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) eliminaram Lucha House Party (Grand Metalik & Lince Dorado)
4. New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) eliminaram Mace & T-Bar
Sheamus venceu Drew McIntyre (WWE United States Nº1 Contender’s Match)
– Nikki ASH & Rhea Ripley venceram WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina (Contender’s Match)
– Karrion Kross venceu John Morrison
– Raw Women’s Champion Charlotte Flair venceu Nia Jax
– WWE 24/7 Champion Reggie venceu Akira Tozawa
– WWE Champion Bobby Lashley & MVP venceram o Raw Tag Team Championship Nº1 Contender’s Turmoil Match (Parte 2)
5. New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) eliminaram Mustafa Ali & Mansoor
6. AJ Styles & Omos eliminaram New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods)
7. WWE Champion Bobby Lashley & MVP eliminaram AJ Styles & Omos

Report

O Raw abriu com as várias equipas que vão participar no Tag Team Turmoil Match e com todas a prometer que se vão tornar os próximos candidatos principais aos Raw Tag Team Championships.

Já no ringue tivemos os Raw Tag Team Champions RK-Bro e pela voz de Randy Orton começaram por insultar o WWE Champion Bobby Lashley. Quanto ao Tag Team Turmoil Match, Riddle começou a dizer coisas sem sentido (como é habitual) sobre as equipas que vão participar nesse combate.

Os RK-Bro foram interrompidos pelo WWE Champion Bobby Lashley e MVP, e estes acusaram o “The Viper” de ser medroso e por isso o atacou pelas costas na semana passada, e que se fosse num combate normal não teria hipótese.

Randy Orton disse então que até pode lutar contra Bobby Lashley, mas este tem de meter o seu WWE Championship em jogo. O “All Mighty” aceitou esse desafio para que o combate aconteça no Extreme Rules e que vão falar com os oficiais da WWE para também eles fazerem parte do Tag Team Turmoil Match, para que Bobby Lashley no final disto tudo se torne duplo campeão.

Os New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) interromperam esta promo e afirmaram que se Bobby Lashley & MVP querem participar no Tag Team Turmoil Match têm que se despachar, porque o combate começa já a seguir.

– Raw Tag Team Championship Nº1 Contender’s Turmoil Match (Parte 1): Os Viking Raiders (Erik & Ivar) entraram com tudo, dominando os New Day, mas já se sabe que Kofi Kingston & Xavier Woods nunca se deixam dominar facilmente, mas ainda assim a força dos Vikings Raiders foi um problema. Quando até parecia que os Viking Raiders se mantinham no controlo, os New Day mostraram porque são uma das melhores equipas de sempre e do nada eliminaram o seus adversários.

A equipa de Jinder Mahal & Veer entrou em seguida e aproveitaram o cansaço dos New Day para dominar de imediato. Depois de terem isolado Xavier Woods durante vários minutos, a equipa liderada por Jinder Mahal perdeu o controlo deste embate e os New Day viraram o combate do avesso, e conseguiram manter-se neste combate.

Os Lucha House Party (Grand Metalik & Lince Dorado) também aproveitaram o cansaço dos New Day para dominar durante vários minutos, mas do nada os New Day voltaram a mostrar porque são uma equipa lendária da WWE e arrecadaram mais uma vitória, mantendo-se nest Tag Team Turmoil Match.

Mace & T-Bar foram a equipa seguinte e por várias vezes quase eliminaram os New Day, mas estes hoje vieram decididos a se tornarem os novos candidatos principais aos Raw Tag Team Championships e com um pin rápido mantiveram-se na luta.

Frustados pela derrota, Mace & T-Bar atacaram os New Day, sendo que Mansoor tentou vir na ajuda dos antigos campeões e ele e o seu parceiro Mustafa Ali acabaram por sofrer às mãos da equipa que foi eliminada.

O ataque foi tão grave que Sonya Deville e Adam Pearce pararam o combate e preferiram dar tempo aos New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) e Mustafa Ali & Mansoor de recuperarem, prometendo que o Tag Team Turmoil Match terminou por agora, mas irá recomeçar mais tarde…

– Sheamus venceu Drew McIntyre (WWE United States Nº1 Contender’s Match): Drew McIntyre e Sheamus entraram bastante agressivos, como é habitual sempre que estão em ringue um com o outro, sendo que acabou por ser o “Celtic Warrior” que teve algum ascendente neste embate.

Depois de alguns minutos a ser dominado, Drew McIntyre começou a recuperar o ímpeto e a ter algum controlo, mas um erro quando tentou dar uma cabeçada contra a máscara de Sheamus acabou por voltar a trazer o “Celtic Warrior” para o comando deste combate.

Com o passar dos minutos, a “guerra” entre estes dois não baixou de agressividade e como seria de esperar as quase vitórias foram começando a aparecer. Quando o “Scottish Warrior” arrancou a máscara do seu rival, parecia que ia ter a vitória, mas Sheamus com um pin rápido enquanto segurava as trunks acabou por vencer este combate.

Já depois do embate terminar, Drew McIntyre livrou-se da sua tensão e primeiro acertou com a máscara na cara de Sheamus, antes de acertar um Claymore Kick no seu rival.

Nos bastidores, o WWE United States Champion Damian Priest elogiou os dois lutadores, antes de explicar que ele tem um plano para vencer Sheamus, pelo que no Extreme Rules irá manter-se campeão.

Ainda no backstage, Nikki ASH e Rhea Ripley foram entrevistadas e mostraram que sabem que são bastante diferentes, mas ambas afirmam que querem ser campeãs e que isso pode passar pelos WWE Women’s Tag Team Championships.

Continuando nos bastidores, tivemos a Raw Women’s Champion Charlotte Flair a dizer que Nia Jax pode tê-la vencido na semana passada, mas que ela continua campeã e isso irá continuar depois do combate desta noite.

– Nikki ASH & Rhea Ripley venceram WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina (Contender’s Match): A improvável dupla entrou melhor neste combate, sendo que só saíram do domínio quando as campeãs fizeram alguma batota.

Natalya & Tamina dominaram assim dominar Nikki ASH durante vários minutos, mas esta usou os seus “super-poderes” para conseguir fazer o tag a Rhea Ripley, que usou a sua brutalidade para virar o combate do avesso. Depois de alguns minutos, a “Nightmare” acertou o seu Riptide em Natalya e assim venceu o combate para a sua equipa.

A seguir tivemos mais uma edição da Moist TV, que desta vez teve Karrion Kross como convidado. Este até começou por responder de forma ponderada, antes de ameaçar John Morrison, que não gostou muito das ameaças e assim ficou marcado o combate entre os dois para este Raw.

– Karrion Kross venceu John Morrison: John Morrison tentou usar a sua agilidade, mas tentou é a palavra chave… Karrion Kross foi bastante dominante e acabou por não ter problemas em vencer “Johnny Drip Drip” depois de mais um Krossjacket.

Nos bastidores, Nia Jax afirmou que Charlotte Flair foi humilhada na semana passada e hoje irá acontecer o mesmo quando ela lhe tirar a dignidade e o Raw Women’s Championship.

Ainda antes do combate começar, Shayna Baszler pegou no microfone e disse que não sabe se Nia Jax consegue vencer Charlotte Flair duas vezes seguidas, mas que ela sim conseguirá.

– Raw Women’s Champion Charlotte Flair venceu Nia Jax: O combate começou confuso, tal como na semana passada, e parecia que Charlotte Flair não estava com vontade de lutar neste Raw, mas uma distracção da “Queen of Spades” abriu espaço para que Nia Jax voltasse a ter algum ímpeto.

Nia Jax dominou durante alguns minutos, mas por alguma razão Shayna Baszler decidiu distrair a sua companheira de equipa, e a “Queen” com um Natural Selection acabou por reter o seu título.

Assim que o combate terminou, Alexa Bliss apareceu no titantron e convidou Charlotte Flair para ir até ao seu recreio. A “Queen” rejeitou o convite, mas Alexa Bliss disse que se Charlotte Flair não vai até ao seu recreio, ela leva o recreio até à Raw Women’s Champion. Depois das luzes da arena se apagarem e voltarem a acender, Alexa Bliss já estava no ringue e mostrou que quer um combate pelo título.

Depois de vermos um video package com as últimas defesas do WWE 24/7 Champion Reggie, este veio ao ringue para defender o seu título.

– WWE 24/7 Champion Reggie venceu Akira Tozawa: Akira Tozawa ainda tentou usar o seu Karate, mas Reggie usou toda a sua agilidade e venceu este combate sem problemas.

Depois do combate terminar, Reggie conseguiu fugir de vários pretendentes ao WWE 24/7 Championship, sendo que ainda tivemos o regresso de Drake Maverick ao Raw.

Depois de revermos imagens da rivalidade entre Doudrop e Eva Marie, a lutada escocesa foi entrevistada nos bastidores e insultou a rival, desafiando-a para um combate, tendo dito que se isso acontecer vai ser inesquecível.

– WWE Champion Bobby Lashley & MVP venceram o Raw Tag Team Championship Nº1 Contender’s Turmoil Match (Parte 2): A segunda parte do Tag Team Turmoil Match começou com Mustafa Ali e Mansoor a dominar Kofi Kingston, mas este domínio foi curto, pois o ex-WWE Champion conseguiu fazer o tag a Xavier Woods, que virou o combate a seu favor. O que tivemos depois foram alguns minutos de confusão e depois de um Trouble In Paradise de Kofi Kingston e uma Elbow Drop de Xavier Woods, estes mantiveram-se em combate.

Depois e como seria de esperar, AJ Styles & Omos dominaram os New Day sem problemas e durante vários minutos, sendo que Kofi Kingston e Xavier Woods ainda tentaram dar luta, mas o cansaço já era demasiado. Depois de um Styles Clash no ex-WWE Champion, AJ Styles & Omos eliminaram os New Day.

No último combate do Tag Team Turmoil Match, Bobby Lashley entrou dominante contra AJ Styles, mas o que queríamos ver mesmo era o “All Mighty” a bater de frente com Omos, e foi o gigante que mostrou ter mais força neste frente a frente com o WWE Champion.

O combate ficou uma grande confusão fora do ringue quando os lutadores decidiram atacar os Raw Tag Team Champions RK-Bros, e isto abriu espaço para que AJ Syles falhasse o seu Pheonomenal Forearm. Bobby Lashley teve assim hipótese de acertar o seu Spear e arrecadou a vitória no Tag Team Turmoil Match.

Ainda assim depois do combate terminar, Omos mostrou-se mal disposto e atacou Bobby Lashley.

A noite do “All Mighty” acabou ainda pior quando Randy Orton decidiu aplicar-lhe mais um RKO, naquele que foi o último momento deste Raw. O combate pelos Raw Tag Team Championships aconteceu já na próxima semana.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

29 Comentários

  1. Ronaldo2 semanas

    ALL OUT 10/10, como fazer frente a um dos melhores PPV da década? Um RAW cheio de tag team matchs…

    • Kay Orton2 semanas

      Depois do AEW All Out, eu faço um favor de nem cogitar assistir qualquer combate desse Raw.

      De um ppv de nota 9 pra 10 pra um show de 2 pra 4,5 eu escolho ser feliz longe das segundas feiras.

  2. 19042 semanas

    será que iremos ter um “winner take all” match pelo titulo da WWE e pelos titulos de equipas do raw? Seria ridiculo

  3. Joe2 semanas

    E o enterro ao McIntyre continua enfim… 😞

  4. tomatoo2 semanas

    Mas quantos mais contender’s matches vai haver pelo título de duplas feminino? 🤣🤣🤣

  5. jefferson silva2 semanas

    raw fraco como sempre

  6. Ronaldo2 semanas

    é meus amigos, sem palavras para o monday night raw

  7. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

    Chris Jericho tem razão. Assim, vão competir em audiências daqui a uns meses com o Raw, pois este não melhora.

  8. Depois do All Out de um dia antes, assistir isso é um pesadelo

  9. Ruben2 semanas

    Nao da pra assistir raw, muito fraco

  10. Kay Orton2 semanas

    minha única pergunta é: um contender match não é um combate pra ENCONTRAR desafiantes ao título ?
    ou seja as campeãs estariam de fora disso ?
    eu não entendo mais nada.

    • A WWE tem agora a mania de fazer Contender’s Match entre possíveis candidatos e campeões. Se os possíveis candidatos vencerem os campeões, ganham uma oportunidade futura pelos títulos. Antigamente chamavam-lhes simplesmente Non-Title Match, mas agora é mais pomposo.

      Mas a lógica é uma m*rda e um 50/50 booking completo. Os possíveis candidatos derrotam os campeões no Contender’s Match, enfraquecendo os campeões, para depois muito provavelmente perderem no Championship Match. Ora ganho eu, ora ganhas tu. Foi o que aconteceu com a Nia Jax e Charlotte Flair…

    • BigMando2 semanas

      O que acho estranho é terem feito 2 contenders matches com a Shotzi e Nox em que depois nem lutaram pelos titulos de equipas ainda e agora fazem outro mas com outras candidatas. Não faz sentido nenhum para mim

    • Kay Orton2 semanas

      Obrigado pela explicação Salvador, e como sempre “a mesma velha m*rd*” que pra variar, não faz sentido. Toda semana a mesma porcaria. Divisão feminina, divisão de womens tags, estipulação do combate, é incrível como eu não consigo mastigar isso de jeito nenhum. É um pesadelo assistir isso.

    • Kay Orton2 semanas

      exatamente BigMando 🤦🏾‍♂️

      Shotzi e Tegan Nox ou Rhea e Nikki serão as próximas campeãs, não vejo mais ninguém como opção.
      Pras duas primeiras, bem vindas ao main roster, e eu sinto muito por elas.

    • BigMando, aí o problema é outro. A menos que isto dê em Triple Threat Tag Team Match, algo em que cada vez menos acredito, o mais provável é a WWE (Vince McMahon e companhia) ter desistido da Shotzi & Tegan Nox e preferido apostar na Rhea Ripley & Nikki ASH… E claro, não explicam/justificam a mudança. É como o Sheamus ter ficado perto de ser o próximo rival do Bobby Lashley e entretanto já é o Randy Orton, ou o Damian Priest vencer um Triple Threat Match e agora ter de defender o título contra o ex-campeão. Tudo é uma roleta e lógica é o que menos existe na WWE.

  11. Francisco2 semanas

    Tão , mas tão , mas tão fraquinho….

    Anda o Orton a carregar o programa ás costas mais o seu parceiro.

  12. Gostei:
    – Promo dos RKBro, e eles são interrompidos tanto por Lashley & MVP, bem como os New Day. Isto foi um ótimo segmento. Riddle continua a ser hilariante. Randy Orton vs Bobby Lashley no Extreme Rules pelo WWE Title será algo interessante, bem como ver a vontade de Lashley em ser double Champion.
    – A turmoil começa com New Day vs Viking Raiders. Ambas as equipas fizeram um ótimo combate com, com os New Day a avançarem. Segue-se Jinder e Veer. Não foi o melhor tag match, mas ainda foi decente, com os New Day a avançar. Depois temos a Lucha House Party. É curto, dura menos de 5 minutos, mas ainda é divertido de se ver. Os New Day afirmam-se como os Iron Men ao avançar mais uma vez. Segue-se T-Bar & Mace, um combate decente entre ambas com Woods a conseguir a vitória com a manobra mais devastadora da história, um roll-up. Bar e Mace destroem os New Day por tal. Mansoor, acompanhado por Ali, tentam verificar o estado dos New Day, mas também levam coça de Bar e Mace por tal. A turmoil recomeçará com New Day e Ali & Mansoor mais tarde. Em geral, até que foi uma ótima parte do Raw. Tivemos bons combates dos New Day com Raiders e LHP, e Bar e Mace saem daqui como ameaças legítimas à tag division. A decisão de continuar mais tarde também é boa, para as 2 equipas estarem no seu melhor. Vejam esta turmoil!
    – Drew McIntyre vs Sheamus. Um ótimo combate violento, como seria de esperar. O spot onde Drew reverte o Brogue Kick num Future Shock DDT foi muito bom. No final, Sheamus vence com batota, mas é assassinado por Drew após o combate. O Drew tem ficado muito violento nestas últimas semanas… Heel turn para breve? Que seja assim! 🤞
    – Promo de Charlotte sobre o combate com Nia. A promo até é boa, apesar do pouco tempo.
    – Nikki & Rhea vs Tamina & Natalya. Bom combate. Gosto da história de Nikki e Rhea não serem totalmente cooperativas mas funciona na mesma. As 2 conseguem a vitória sobre as campeãs que estão sempre a perder (Não pensem que me esqueço que a Nox & Shotzi ainda não receberem a sua oportunidade). Estou a curtir desta nova tag e que continue assim.
    – Charlotte Flair vs Nia Jax pelo título. O começo é algo bizarro… Shayna diz que Nia não consegue derrotar Charlotte 2 vezes seguidas, seguido de Nia e Charlotte aparentemente a meterem-se à bulha de novo mesmo (apesar desta vez se calhar ter sido mais um work do que shoot), seguido de Charlotte a dizer a Shayna para se calar. O combate até teve um bom ritmo após isto e, não vou mentir, achei um bom combate. Charlotte retém quando Shayna Baszler trai a sua parceira. FINALMENTE!!! (apesar de ser algo aleatório, mas quem quer saber! Shayna a solo!)
    – Após o combate, Alexa Bliss aparece no titantron e depois no ring. A Charlotte aceita o desafio e temos combate para o Extreme Rules. Gostei da atitude da Charlotte e do facto que a Alexa Bliss não levou isto para aquela porcaria da Lilly. Destaco que, quando Bliss aparece no ring, foi dos maiores pops da noite, que foi algo curioso.
    – Main event, o restante da turmoil. New Day vs Ali & Mansoor. Novo ótimo combate, com os New Day a avançar mais uma vez. Seguem-se os ex-campeões, AJ Styles & Omos. Este foi o combate mais longo (quase 20 minutos) que realmente solidifica os New Day como os Iron Men. O combate é ótimo e a fadiga dos New Day prova ser crucial e Styles & Omos vencem. Segue-se Bobby Lashley & MVP. Lashley & Omos tem uma ótima sequência, o que foi bom de se ver. O público fez muito barulho com estes 2. No fim, Lashley reverte a Phenomenal Forearm num Spear e Bobby & MVP vencem a turmoil. Pos-combate, tanto Omos como Randy Orton atacam Lashley. A turmoil foi ótima. Todas as equipas tiveram os seus momentos para brilhar, em especial os New Day como Iron Men. Gosto da escolha dos vencedores, que avança a história de Lashley querer ser Double Champion.

    Não Gostei:
    – O show começa com as tag teams da turmoil de hoje a fazer promos no backstage. As promos são boas, apesar de curtas. O problema: todas as equipas fazem a mesma exata promo.
    – Promo de Damian Priest, onde fala do seu combate com Sheamus no Extreme Rules. Nada demais, mas nada de mau.
    – Promo de Nikki Ash e Rhea Ripley, que passam a chamar-se: Super Brutality. A promo não é má, mas também é algo comum nestas tag teams da WWE em que temos alguém badass e alguém super ingénuo. Mas isso geralmente corre bem, portanto tenho esperanças para estas 2.
    – Moist TV com Karrion Kross (??). Interessante… Honestamente, o segmento até tem piada. Morrison: “Que ambições tens na Raw?” Kross: “Destruir-te.” Morrison: “E ganhar títulos?” Kross: “Claro… Após destruir-te.” A seriedade com que Kross diz isto tem piada e a promo de Kross até é decente. Mas porra… Estes 2 deviam estar a fazer outras coisas que não isto.
    – Karrion Kross vs John Morrison. Foi a parte mais fraca do show, mas ainda cumpriu. Kross domina e vence.
    – Promo de Nia Jax onde fala da promo de Charlotte. Meh… Algumas léguas abaixo da de Charlotte.
    – Reginald vs Akira Tozawa. Típico combate 24/7. Cumpriu, mas ninguém quer saber.
    – R-Truth, Humberto Carrillo e Cedric Alexander (o que eles vos estão a fazer Humberto e Cedric) perseguem Reginald até Drake Maverick (!!) regressar ao Raw, com cara de poucos amigos… Curioso. Mesmo assim, segmento bem meh.
    – Promo de Doudrop, onde fala da sua feud com Eva Marie. Promo decente, mas isto devia ter acabado na semana passada com Doudrop a derrotá-la num verdadeiro combate.

    Overall: 7/10. Um show sólido. A turmoil foi ótima, Charlotte vs Nia até foi bom e Drew vs Sheamus tiveram um ótimo combate. Os principais pontos negativos são Kross vs Morrison e o 24/7 Title mas nem esses foram muito maus e ainda há algo a aproveitar nisso. A melhor Raw dos tempos recentes, a meu ver.

  13. joao (diferenciado)2 semanas

    nao foi mau, gostei de finalmente darem algum impeto ao mace e ao t-bar, a ver se continuam. sou só eu que nao aguento as reações embutidas?

  14. Mais um RAW fraco, típico
    Como sempre a WWE a abusar dos rool-ups, a típica criatividade. Tal como previ, agora o Drew é mais um dispensável.
    Pelos vistos a Rhea e a Nikki são uma equipa, mais uma random tag team para a divisão.
    Que segmento ridículo do Kross e do Morrison, e coitado do John Morrison, ainda há pouco havia esperança que tivesse um push agora como face, mas é para esquecer
    A sério que a Nia se distraiu com aquilo? A WWE insiste sempre em que os seus wrestlers passem por parvos. A sério que a Alexa e a Lily voltaram? Juro que não percebo quem compra aquela boneca
    O Jeff Hardy atrás do título 24/7? Ainda bem mesmo que o Adam Cole foi para a AEW
    Na semana passada elogiei a WWE por fazer algo novo, o RK-BRO vs Lashley & MVP, mas pelos vistos para a semana já há rematch. Que falta de originalidade

  15. Blissful2 semanas

    É um pouco engraçado abrir qualquer notícia da WWE aqui, porque sempre vem gente reclamar do produto, da companhia e mais especificamente do Vince. Primeiramente, por que as pessoas insistem em ver ou falar sobre algo que não as agradam? É o completo ócio do que fazer, porque não há explicações. Não vejo essas mesmas pessoas indo comentar que não gostaram de algum show da AEW, até porque, em shows normais, a quantidade de comentários que tem esses posts é bem menor, sendo normalmente as pessoas que assistiram as que comentam. Outro ponto, é muito fácil comparar um PPV da AEW à um show semanal do RAW, afinal, um foi PPV, que contou com várias estreias de ex-superstars da WWE, o outro é um show semanal comum. Se a WWE tivesse feito no domingo uma Wrestlemania com retorno do The Rock, AJ Lee / Paige ou até mesmo estreias de nomes quentes do NXT, os comentários seriam completamente diferentes, só porque apareceram nomes grandes.
    Sei que o que estou fazendo também é uma reclamação, mas chega a ser engraçado abrir os posts da WWE nesse site ultimamente, porque são sempre os mesmos comentários, fazendo comparações e exigências que são descabidas. A AEW e a WWE são empresas diferentes com propostas diferentes e shows diferentes, não tem comparação, não existe guerra quando duas partes lutam por objetivos distintos.
    Enfim, o show foi razoável, não houve muitas novidades, mas com o aproximar do Extreme Rules as rivalidades devem ficar mais concretas. Não acho que o Lashley vença o título de duplas, afinal os atuais campeões venceram há pouco tempo, porém não acho que ele perca esse título para o Orton. Pra ser bem honesta, não faço ideia de quem possa tirar o título do Lashley, só espero que não seja um old school. Divisão feminina está bem, provavelmente a Nia Jax deve ir para o Smackdown, longe da Shayna, principalmente depois do que aconteceu ontem. Com o aproximar do draft não sei muito bem quais resultados esperar desse Extreme Rules, mas estou ansiosa para ver.

    • Weslley Gomes1 semana

      Kkkkkkkkkkkkkkkkk
      Uma coisa voce tem razao uma empresa que entrega lutas boas e outra que nao gosta de lutas e prefere historinhas e utiliza o mesmo formato pra tudo. Ta certo. Acho que o produto ruim sempre vai ter mais comentários mesmo ja que o produto ruim tem um destaque maior. Quando o produto bom tiver o mesmo destaque ai tera varios comentarios.

  16. Goat WK2 semanas

    Eu parei de ver com 5 minutos e não me arrependi.

  17. Anónimo2 semanas

    Bom combate entre McIntyre e Sheamus.

  18. O RAW que aprenda que não tive aquela vontade e hype de ver como vi o All Out..

  19. Show decente, no máximo. Destaco: o segmento inicial; Sheamus vs Drew McIntyre (apesar da dirty finish); e o Tag Team Turmoil Match e angle pós-combate a fechar o programa.

  20. O Tozé2 semanas

    “O combate pelos Raw tag team championships aconteceu já na próxima semana” ?

  21. Weslley Gomes1 semana

    Esse povo ta bookando drogado so pode. Hoje um rolamento e o maior movimento dos lutadores na wwe.