A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do TD Garden em Boston, Massachusetts, rumo ao Extreme Rules do dia 26 de Setembro.

Resultados

– Raw Women’s Champion Charlotte Flair venceu Shayna Baszler (Non-Title Match)
– Drew McIntyre & Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Jinder Mahal, Shanky & Veer
– WWE United States Champion Damian Priest venceu Jeff Hardy
– Nikki ASH venceu WWE Women’s Tag Team Champion Tamina
– Rhea Ripley venceu WWE Women’s Tag Team Champion Natalya
– AJ Styles, Omos, Mace & T-Bar venceram New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods), Mustafa Ali & Mansoor
– Doudrop venceu Eva Marie
– WWE Champion Bobby Lashley venceu Randy Orton
Big E venceu WWE Champion Bobby Lashley

Report

O Raw abriu com o “Mr. Money In The Bank” Big E, mas ainda sequer deste conseguir falar tivemos os Raw Tag Team Champions RK-Bro a virem também ao ringue, mas estes nem sequer chegaram a entrar, quando o WWE Champion Bobby Lashley e MVP também apareceram. O primeiro a falar foi Big E, que afirmou que vai fazer o cash-in esta noite.

Já Riddle pediu para que este não fizesse o cash-in em Randy Orton, porque ele é seu “bro”. MVP completamente irritado com tudo isto insultou Big E e depois o “The Viper”, por este ter mudado a data do combate pelo WWE Championship. Randy Orton explicou que foi pedir para o combate ser esta noite e que lhe deram isso, porque ele é quem é, e que Bobby Lashley é um lutador incrível e se calhar só mudar a data do embate lhe daria uma hipótese para vencer, mas que quando o combate começar só irá ser preciso um RKO.

Os três lutadores insultaram-se por mais algumas vezes e quando já tínhamos um cara a cara entre Bobby Lashley e Big E, Randy Orton decidiu provar que tinha razão e acertou um RKO no WWE Champion.

Nos bastidores, a Raw Women’s Champion Charlotte Flair foi entrevistada e afirmou que não precisa de amigas e apesar de Shayna Baszler e Nia Jax serem boas lutadoras, não estão ao nível dela, e que hoje vai mais uma vez provar que é a “Queen”.

– Raw Women’s Champion Charlotte Flair venceu Shayna Baszler (Non-Title Match): O primeiro combate da noite foi bastante equilibrado e as duas lutadoras provaram conhecerem-se bastante bem. A agressividade e equilíbrio estiveram sempre presentes neste opener, sendo que Shayna Baszler só conseguiu virar o ímpeto a seu favor quando Charlotte Flair se distraiu com Nia Jax fora do ringue.

Ainda assim, o domínio da “Queen of Spades” não durou muito e Charlotte Flair começou a equilibrar, e as duas lutadoras acabaram por ter algumas hipóteses de vencer. No final, Nia Jax distraiu a sua parceira de equipa e a Raw Women’s Champion Charlotte Flair venceu o combate com uma grande Big Boot.

Assim que o combate terminou, Alexa Bliss veio ao ringue e entregou um presente à “Queen”, que não gostou muito da conversa e não o queria aceitar. Depois de muita insistência, Charlotte Flair aceitou o presente e quando o abriu estava lá dentro uma boneca vestida tal como ela. Alexa Bliss afirmou que a boneca se chama Charly.

As duas acabaram a trocar alguns insultos, antes de termos uma pequena brawl que foi vencida por Alexa Bliss.

– Drew McIntyre & Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram Jinder Mahal, Shanky & Veer: Ainda antes do combate começar, o trio liderado por Jinder Mahal atacou Drew McIntyre pelas costas, mas esse ataque terminou quando os Viking Raiders vieram a correr em auxílio do seu parceiro, e assim tivemos o início do combate.

O combate acabou por ser confuso desde o primeiro segundo, mas quando Drew McIntyre entrou em ringue vingou-se do ataque que sofreu, e mostrou estar num patamar muito acima. O escocês acabou por vencer este embate depois de um Claymore Kick em Shanky.

Nos bastidores tivemos a reunião dos New Day, com todos bastante entusiasmados com a possibilidade do cash-in de Big E.

Ainda nos bastidores vimos o WWE 24/7 Champion Reggie a fugir de vários lutadores, sendo que R-Truth e Akira Tozawa acabaram a discutir depois de Drake Maverick ter dito que a execução do plano falhou.

– WWE United States Champion Damian Priest venceu Jeff Hardy: Jeff Hardy entrou melhor neste combate pelo WWE United States Championship, usando toda a sua agilidade, mas a maior força do campeão virou o combate do avesso.

O domínio de Damian Priest acabou de forma aparatosa depois de um golpe na terceira corda, que abriu caminho para que o “Charismatic Enigma” virasse o embate a seu favor e até quase vencesse. Com o passar dos minutos, as quase vitórias foram aparecendo, sendo que Damian Priest conseguiu vencer depois de um Reckoning.

Assim que o embate terminou, Sheamus entrou em ringue e atacou o seu rival e Jeff Hardy, mas Damian Priest aproveitou a bazófia do “Celtic Warrior” e com um grande pontapé deixou um aviso ao seu adversário.

Nos bastidores tivemos Rhea Ripley e Nikki ASH a conversar, mas as WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina interromperam e acabámos a ter uma brawl que foi parada por vários árbitros. No final, Sonya Deville marcou um combate entre a “quase super-heroína” e Tamina.

No balneário, Randy Orton estava a tentar concentrar-se enquanto Riddle estava a tentar perceber como é que o “The Viper” ia usar os dois títulos, sendo que o “Legend Killer” teve de colocar os seus auscultadores para ver se deixava de ouvir o seu parceiro de equipa. O segmento terminou quando Big E apareceu para desejar boa sorte a Randy Orton no combate contra o WWE Champion Bobby Lashley.

– Nikki ASH venceu WWE Women’s Tag Team Champion Tamina: A campeã entrou de forma bastante dominante, fazendo uso da sua força contra Nikki ASH e assim controlou durante vários minutos, mas a “quase super-heroína” começou a recuperar ao ponto de ter vencido de forma algo inesperada e com um botch pelo meio.

Assim que o combate terminou, Tamina voltou a atacar Nikki ASH e Rhea Ripley tentou ajudar a sua parceira, mas foi atacada por Natalya, dando origem ao combate seguinte.

– Rhea Ripley venceu WWE Women’s Tag Team Champion Natalya: Natalya entrou melhor neste combate, mas Rhea Ripley nunca se deixou dominar por completo, apesar da maior agressividade usada pela veterana.

A “Nightmare” conseguiu assim manter-se na luta e virou o ímpeto a seu favor, sendo que equilíbrio foi a nota de destaque dos minutos seguintes. Já com Nikki ASH novamente perto do ringue para impedir que Tamina interferisse, Rhea Ripley fez Natalya desistir e venceu o combate.

Nos bastidores, a Raw Women’s Champion Charlotte Flair foi entrevistada e em vez de responder a perguntas, decidiu pegar na Charly e meteu a boneca no lixo.

– AJ Styles, Omos, Mace & T-Bar venceram New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods), Mustafa Ali & Mansoor: Os New Day e Mansoor estavam a dominar, mas Mustafa Ali não gostou de ser deixado de fora e tentou entrar para mostrar o seu valor, mas isso só fez com que o quarteto liderado por AJ Styles começasse a dominar de forma agressiva. O domínio durou vários minutos, mas quando Kofi Kingston entrou em ringue o combate ficou bastante caótico, com os lutadores das duas equipas a estarem em ringue quer fosse a sua vez ou não.

A confusão aumentou ainda mais com o passar dos minutos, sendo que quando Omos entrou em ringue destruiu os seus adversários e venceu o combate.

Nos bastidores, MVP foi entrevistado em nome do WWE Champion Bobby Lashley e começou a falar de Randy Orton e de como este irá juntar-se a uma lista de lutadores que já foram destruídos pelo “All Mighty”. Porém, a entrevista só terminou quando Big E apareceu e voltou a afirmar que irá fazer o cash-in.

– Doudrop venceu Eva Marie: Eva Marie ainda tentou dar luta, mas Doudrop destruiu por completo a sua rival e venceu este embate sem problemas.

Nos bastidores tivemos Karrion Kross a falar de todos os lutadores que já destruiu e que o irá continuar a fazer.

– WWE Champion Bobby Lashley venceu Randy Orton: Randy Orton começou com uma estratégia peculiar, que foi ir saindo do ringue para irritar Bobby Lashley, e isso ajudou-o a ter algum controlo durante os primeiros momentos, tanto dentro como fora do ringue. No entanto, a força do “All Mighty” foi um problema, com este a dominar durante alguns minutos. Porém, o “The Viper” queria sair deste Raw com o WWE Championship e voltou a equilibrar a contenda, e com o passar dos minutos até parecia que poderíamos ter um novo campeão.

No final, Randy Orton decidiu vir fora do ringue atacar MVP com um RKO, mas isso abriu espaço para que o “All Mighty” com um Spear retivesse o WWE Championship.

Assim que o combate terminou, Bobby Lashley continuou o ataque e destruiu os Raw Tag Team Champions RK-Bro fora do ringue, deixando um aviso para um title match que se avizinha.

Foi então que a música de Big E tocou e este veio ao ringue fazer o seu cash-in.

– Big E venceu WWE Champion Bobby Lashley: O “All Mighty” tentou de tudo para reter o WWE Championship, mas Big E aproveitou a sua maior frescura física e depois de sobreviver a um Spear, acertou o seu Big Ending e tornou-se WWE Champion pela primeira vez na sua carreira.

O Raw terminou com todos os elementos dos New Day a festejar a grande conquista de Big E!


O que achaste do WWE Raw desta semana?

41 Comentários

  1. 19041 semana

    Hoje começa logo com a entrada do Big E?! AHAHHA

  2. jefferson silva1 semana

    mais um show meia boca

  3. 19041 semana

    cash in falhado…enfim! É o que estou a ver

  4. Jake Carr1 semana

    Na hora que o Big E entrega maleta a Fox Sport vai para propaganda parabéns Fox Sport cada dia pior deve ser para combinar com o show horrível do raw.

    • Sabes que não é a FOX Sports a responsável por isso, certo? O intervalo foi para o mundo inteiro, não só para o Brasil… Foi anti-climático, sim, mas não foi por culpa da FOX Sports.

    • Jake Carr1 semana

      A quer dizer que foi a wwe que deu intervalo no mundo? Então o que falei da Fox sports viro para a wwe e sim criou um anticlimax

    • Dragão1 semana

      Foi intervalo mundial, anti clima total

    • Sim Jake é exatamente isso. Então vai lá no YouTube e procura o vídeo completo sem a interrupção do intervalo pra vc ver se acha… pode pesquisar na transmissão espanhola, americana Oq for.

  5. 19041 semana

    BIG E JÁ MERECIA UM REINADO MUNDIAL!!!! BRUTAL!

    • Jake Carr1 semana

      Não deve durar muito, talvez até novembro se muito.

  6. Big E1 semana

    New WWE Champion Big E

  7. Boa para o Big E !!!

    E ainda tinha gente querendo que ele fizesse o cash no Roman Reigns, só se fosse para desperdiçar a chance dele!
    Melhor decisão da WWE foi trazê-lo ao Raw para se tornar campeão!

  8. 3 horas disto é insuportável. Ainda bem que estive a fazer outras coisas. Que monotonia.

    Parabéns ao Big E, 2021 acabou por ser mesmo o ano dele. Já o merecia, está ali há quase 10 anos. Relembro que foi contra ele que o Seth Rollins ganhou a final do torneio para determinar o primeiro Campeão do NXT.

    Acho que fizeram bem em não o colocar a vencer o Roman Reigns. Não só não está ao seu nível como o Bobby Lashley tem uma história com os restantes membros dos New Day (que eu não sei se vão aproveitar).

    • Jake Carr1 semana

      Raw horrivel

    • Magno1 semana

      Negativo, o Seth fez a fundo do torneio com o Jinder Mahal, posteriormente o Seth vem a perder o título para o Big E.

    • Verdade, Magno. Erro meu. Os 2 primeiros campeões foram Seth, Big E e Bo Dallas.

      Seja como for, o facto de o Big E ter sido o segundo campeão mostra há quanto tempo ali está.

  9. joao (diferenciado)1 semana

    parabens ao big E. o programa começou bem e como sempre foi piorando até ao main-event. orton vs lashley entregou e depois o cash-in tambem. em geral mais do mesmo.

  10. Joelson Souza Ribeiro1 semana

    NA MINHA OPINIÃO, O BIG E PODE ENTREGAR BOAS LUTAS NÃO SERIA RUIM! ELE COMO CAMPEÃO MUNDIAL. ELE UM BOM PERFIL PRA SER O NOME DO RAW E DA WWE
    ELE É TALENTOSO SÓ É UM POUCO PALHAÇO.

  11. Dragão1 semana

    Que raw horrivel com final feliz

  12. Que seca de Raw. Não há uma história de jeito agora o Mustafa é face e divisão feminina está o roster todo perdido.
    Ou muito me engano mas vão ter que alterar a personagem do Big E radicalmente se não ninguém o atura e as audiências não se manterão muito tempo

  13. Impressionante como a WWE não consegue fazer um RAW bom de assistir, depois de um show fantástico do Smackdown eles nos presenteiam com esse show esdrúxulo que foi salvo pelo cash-in do Big E

  14. MC7 dias

    A sério, quantas semanas mais vou ter de ver o Drew a dar Claymores no Veer, Shanky ou no Jinder? Já chega desta feud, já toda a gente percebeu que o Drew sai/saiu por cima. Chega.. UGH

  15. Gostei:
    – O show começa com promo de Big E. RKBro, bem como Bobby Lashley & MVP interrompem. Riddle volta a ser hilariante neste segmento e MVP mete Big E bem over aqui. Um ótimo segmento de abertura! Todos os 3 homens tiveram o destaque suficiente, o público estava super aceso por este segmento, nomeadamente por Randy. Este segmento indicava logo que ia ser bom o que íamos ver hoje.
    – Charlotte Flair vs Shayna Baszler. Este combate foi bom para Shayna por 2 razões: 1- Teve uma boa porção do combate a dominar a campeã. Ótimo. 2- Foi o primeiro combate bom que teve nos últimos meses, mas claro, não podes fazer muito no fundo do card. O combate termina com Nia Jax a distrair Shayna e a campeã vence.
    – Após o combate, Alexa Bliss e Lilly aparecem com uma prenda. As 2 discutem até Charlotte finalmente aceitar a prenda, que é a Charly, a própria boneca da Charlotte Flair! Alexa diz que todos merecem um amigo, até mesmo uma b*tch como a Charlotte. Adorei essa, bem como o público. As 2 metem-se à bulha e Bliss vence. Quando eu vi Bliss e Lilly a aparecer, eu pensei em desligar. Mas o segmento foi melhor do que o esperado. O público ajudou imenso este segmento, eles estavam a fazer imenso barulho. E vêm WWE? Quando não abusam nas porcarias da boneca como a personagem da Alexa Bliss já parece muito melhor do que era há uns tempos?
    – NEW! DAY ROCKS! Eles estão de volta! Big E pede conselhos a Kofi, com este a dizer para não estar nervoso e que ele vai arrasar como campeão! Este segmento foi muito wholesome e foi algo que todos queriam ver. Os New Day estão de volta, mesmo que só seja por 1 noite (por enquanto ;)).
    – Damian Priest vs Jeff Hardy pelo U.S. Title. Uma promo curta de Priest antes do combate, onde diz que sempre quis enfrentar Jeff. Sheamus faz comentários aqui e é divertido! O combate foi ótimo. Jeff vendeu bem a história do seu desespero para conquistar um título. O fim é ótimo com Priest a reverter o Twist of Fate num Reckoning e a reter o título.
    – Segmento com Riddle e Randy. O segmento é hilariante, com Riddle a perguntar-se como Randy usaria 2 títulos ao mesmo tempo. Termina com Big E, ainda com intenções de fazer o cash-in hoje.
    – Rhea Ripley vs Natalya. Muito melhor que o combate anterior. O combate é dividido e Rhea Ripley vence com ajuda de Nikki ASH. Este combate foi melhor que o das parceiras destas 2 mas também não é algo brutal. Mas ainda é bom.
    – Mustafa Ali & Mansoor & New Day vs Mace & T-Bar & AJ Styles & Omos. Promo de Mace & T-Bar antes, cheia de nada. O combate até chega a ser bom. O T-Bar a atirar Mansoor para fora do ring foi hilariante. Omos consegue a vitória para um bom pop do público.
    – Promo de Bobby Lashley & MVP. Uma boa promo, que termina com Big E novamente com a mala!
    – Promo de Karrion Kross. Facilmente a melhor promo do gajo desde que chegou ao Raw! Ótima promo! Mais disto, por favor!
    – Bobby Lashley vs Randy Orton pelo WWE Championship. O combate é bom. Lashley retém após Orton aplicar um RKO a MVP fora do ring, que estava numa guerra de palavras com Riddle. O fim também, gosto da história de Orton a perder porque escolheu sair de ring e ajudar Riddle.
    – Após o combate, Lashley ataca Orton e Riddle mas está lesionado da perna. Ele dá um sell muito bom à lesão. E aqui vem Big E com a mala!!! O pop foi ótimo e o buildup igualmente!
    – Big E vs Bobby Lashley pelo WWE Championship. Há um ótimo spot em que Lashley quase vence, mas a lesão acaba por ser demasiado e temos NOVO WWE CHAMPION! Que momento fantástico! O público ficou doido, todos nós, acredito eu, ficamos doidos. Big E festeja com os New Day para acabar. Vejam este final de Raw.

    Não Gostei:
    – Promo de Charlotte Flair. Charlotte, interessantemente, diz a Shayna para largar o ”peso morto”, senão Charlotte será campeã para sempre. A promo foi medíocre, mas veremos o que eles podem fazer com a Shayna.
    – Nia Jax confronta Shayna Baszler sobre a semana passada. Nia quer fazer as pazes, Shayna não está interessada em tal. Um segmento curtíssimo, mas ainda bem que vão continuar com a separação.
    – Drew McIntyre & Viking Raiders vs Jinder Mahal, Veer & Shanky. Os heels tentam conseguir uma vantagem ao atacar o Drew antes do combate, mas os Vikings salvam. Drew consegue a vitória rapidamente com o Claymore. O Drew esteve ótimo, mas é um combate que podem saltar à frente.
    – 24/7 Title. Aparentemente, Drake Maverick fez um plano juntamente com o resto da divisão, só que foi mal executado. Estou curioso por esta ideia do Maverick unir a divisão contra Reginald.
    – Após o U.S. Title match, Sheamus ataca Priest mas Priest rapidamente reverte o ímpeto para o seu lado. Este tipo de segmento tem sido demasiado frequente nesta feud…
    – Segmento entre Rhea Ripley & Nikki ASH, bem como Natalya & Tamina. As 2 tags metem-se à bulha e vamos ter Natalya vs Rhea e Tamina vs Nikki. O segmento até chega a ser algo mas depois a Sonya Deville engana-se e diz Nikki AHS.
    – Nikki ASH vs Tamina. O combate começou bem. No entanto, o fim tem um botch enorme! Nikki faz um tornado DDT, Tamina dá kick-out mas o árbitro conta até 3 e Nikki vence… Que raios foi isto?
    – Promo de Charlotte. Hesitante em fazer a promo, mas depois diz que vai meter Charly no lixo, juntamente com Alexa. Uma promo bem meh.
    – Doudrop vs Eva Marie. Ainda bem que foi rápido… Doudrop, felizmente, vence.

    Overall: 7/10. O Big E a vencer o título é daqueles momentos que fica na história. Foi algo tão mágico. O show foi desfrutável. Houveram alguns momentos bem negativos, mas depois tivemos momentos bem positivos a compensar isso. Uma das melhores Raw’s deste ano, facilmente.

  16. Gumball.237 dias

    Amei…super a ideia de Big E ser um campeão. E queria que o The Cooper ganhasse também,mas enfim….

  17. Show decente, no máximo. Destaco: o segmento inicial; o bom combate entre Damian Priest e Jeff Hardy pelo WWE United States Championship; uma série de botches e erros na produção pouco usuais; e o main event e posterior cash-in de Big E para acabar o Raw numa toada feliz.

  18. Broddie griffin7 dias

    Feliz pela conquista do big E, mas o raw não chega aos pés do produto apresentado no smack, precisa melhorar muito!

  19. Hugo Ramires7 dias

    Podia era ter feito no smackdown para deixarmos de ter o roman como campeão
    Esse nojento

    • Anomino7 dias

      Mas para a WWE infelizmente esse cara vai continuar com o título durante anos

    • Hugo ramires em ação de novo, tu és melhor quenrowan atkinson e adam sandler juntos, és um caso sério na comédia sem sombra de duvidas, enorme talento 👏

  20. Kick_Ass7 dias

    RAW fraquinho mas com um final feliz e apressado.
    Entende-se esta mudança apressada de título visto a WWE parecer ter medo da concorrência.
    Agora é esperar que o draft anime um pouco este RAW, está um show miserável.

    • É cagada que vai, a brand vermelha é a pior. O draft vai ser Drew para o SD e Big E para o Raw o resto é o normal do costume encalhados e jobbers singles e tag trocam.

  21. El Cuebro7 dias

    Teremos uma reunião do New Day?

  22. Joe7 dias

    Alguém sabe onde ver os shows da wwe sem ser na wwe network ou sporttv ?

  23. Anónimo6 dias

    Bom início de show. Bom combate entre o Priest e Jeff Hardy. Bom main event. E bom final de show com o cash-in do Big E.

  24. Joe6 dias

    Muito obrigado 👌🏻

  25. Muito feliz pelo Big E!

    Fucky Yeah!

  26. Will5 dias

    Esperando um heel turn do Drew para desafiar o Big E