Faz login e remove a publicidade
Frank casino

Depois do Backlash deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, novamente no Performance Center, naquela que foi a primeira edição no caminho para o Extreme Rules.

Resultados

– Kevin Owens venceu Angel Garza
– Raw Tag Team Champions Street Profits & Viking Raiders venceram Akira Tozawa & Ninjas
– The IIconics venceram Liv Morgan & Natalya
– WWE United States Champion Apollo Crews venceu Shelton Benjamin (Non-Title Match)
– WWE Champion Drew McIntyre & WWE 24/7 Champion R-Truth venceram Bobby Lashley & MVP
– Raw Women’s Champion Asuka venceu Nia Jax
– Randy Orton venceu Christian (Unsanctioned Match)

Report

O Raw abriu com Randy Orton a vir ao ringue dizer que no Backlash humilhou Edge e que quer agradecer ao “Rated R Superstar” por o ter feito voltar a ter um fogo dentro de si, tal como quando era o “Legend Killer”, e que como ele venceu o “Greatest Wrestling Match Ever” ele é o “Greatest Wrestler Ever”, e não precisa de um título.

O “Viper” gozou com a lesão de Edge e que disse que ele só voltará em Julho de 2029, mas antes de Randy Orton continuar a falar, Christian interrompeu-o e afirmou que o seu amigo Edge não ia deixar a sua carreira acabar assim.

Randy Orton interrompeu Christian e afirmou que ele tem é inveja e que todos sabemos que no fundo o “Captain Charisma” só quer uma coisa: “one more match”, mas que não está autorizado pelos médicos da WWE para poder lutar, e que por isso ele desafia Christian para um Unsanctioned Match no main event deste Raw.

Já no backstage tivemos uma entrevista a Angel Garza, que afirmou que irá vencer Kevin Owens e depois quer uma entrevista especial conduzida por Charly Caruso. No entanto, Angel Garza foi interrompido por Andrade, que lhe desejou sorte para o combate.

– Kevin Owens venceu Angel Garza: O primeiro combate da noite entre Kevin Owens e Angel Garza começou agressivo, como se esperava, mas tivemos a aparição inesperada de Andrade. Kevin Owens continuou a dominar perante a surpresa de Angel Garza em ver Andrade perto do ringue, e a situação descambou quando os dois começaram a discutir e Zelina Vega, farta dos seus dois clientes, foi-se embora.

Depois disso, Angel Garza dominou durante vários minutos, mas no final, quando até parecia que se estava a encaminhar para a vitória, Andrade distraiu o seu suposto parceiro, o que deu abertura para que Kevin Owens, com um Stunner, vencesse o combate.

Assim que a luta terminou, Zelina Vega dirigiu-se novamente ao ringue e mandou os dois lutadores pararem de discutir, pois eles querem o mesmo e têm de começar a lutar em conjunto.

De novo no backstage, MVP e Bobby Lashley foram entrevistados e os dois mostraram-se visivelmente irritados pela tentativa de entrevista e pela derrota que o “All Mighty” teve no Backlash. MVP em especial mostrou-se bastante desagradado por Lana ter sido a causadora dessa derrota e a entrevista acabou com os dois a afirmarem que iriam resolver o problema de seguida.

No ringue, MVP mostrou-se irritado por tudo o que aconteceu no Backlash e por o “All Mighty” não ser já o WWE Champion, tudo por culpa de Lana, que deveria ter ficado no backstage. Lana acabou por vir ao ringue e as acusações de MVP, sobre Lana de não ser uma mulher séria, levou que tivéssemos uma discussão das antigas entre marido e mulher.

O casal trocou várias acusações, com o “All Mighty” a acusar Lana de só querer saber dos likes nas redes sociais e de que só quis dormir com ele para ser famosa. Lana refutou dizendo que se quisesse dormir com um homem para ser famosa, teria dormido com Drew McIntyre.

O segmento acabou com Bobby Lashley a pedir o divórcio.

De novo no backstage tivemos uma entrevista aos Raw Tag Team Champions Street Profits e aos Viking Raiders, que falaram da amizade que têm e que já pensaram no merchandise e numa série animada e tudo. Os quatro lutadores foram interrompidos por Akira Tozawa e os seus ninjas, que querem participar na sequela. Quando os Viking Profits gozaram com Akira Tozawa, ele chamou de novo o ninja gigante.

– Raw Tag Team Champions Street Profits & Viking Raiders venceram Akira Tozawa & Ninjas: Os “Viking Profits” enfrentaram Akira Tozawa e 3 dos seus ninjas, mas o japonês nem chegou a participar no combate. Como seria de esperar, a vitória dos Raw Tag Team Champions e dos Viking Raiders foi fácil.

Já depois do combate, parecia que finalmente íamos ver o ninja gigante em ação, mas o que tivemos foi a presença inesperada de Big Show, que acabou por também ele atacar os outros ninjas de Akira Tozawa. Isto fez o lutador japonês e o ninja gigante fugir de volta para o backstage.

No backstage tivemos uma curta entrevista a Seth Rollins, que se estava a encaminhar para o ringue para enviar uma mensagem a Rey Mysterio e ao seu filho Dominik.

Noutra zona do Performance Center vimos Christian ao telefone, claramente sem saber o que fazer em relação ao desafio de Randy Orton para um combate neste Raw.

De novo no ringue, o “Monday Night Messiah” afirmou que só queria conversar com Rey Mysterio para explicar tudo o que aconteceu e de que como apesar de tudo, o lendário luchador é um herói, mas que o facto que Rey Mysterio foi cobarde ao não aparecer no Raw, mas que Dominik está lá.

Antes que sequer Dominik aparecesse, tivemos Rey Mysterio no titantron, que ameaçou Seth Rollins para não fazer nada contra o seu filho. A discussão entre os dois continuou até que Dominik apareceu nas costas de Seth Rollins e atacou o “Monday Night Messiah”.

Dominik continuou o ataque até que Murphy e Austin Theory vieram no seu encalço, mas o filho de Rey Mysterio mostrou que também ele é ágil e conseguiu fugir antes de ser apanhado.

No backstage, o WWE 24/7 Champion R-Truth foi falar com MVP e Bobby Lashley e afirmou que estas últimas 24 horas estão a correr mal ao “All Mighty”, que ainda deve estar com jet lag da viagem a “Claymore Country” e ainda se vai divorciar. Quando parecia que Bobby Lashley e MVP já estavam fartos da brincadeira, R-Truth fugiu.

De novo no backstage, MVP e Bobby Lashley finalmente encontraram R-Truth, mas desta vez o WWE Champion Drew McIntyre apareceu para ajudar o seu parceiro. Depois de uma longa troca de palavras e acusações, MVP e Bobby Lashley desafiaram o WWE Champion Drew McIntyre e o WWE 24/7 Champion R-Truth para um combate em que a equipa vencedora ficava com os dois títulos. O desafio foi aceite por R-Truth.

– The IIconics venceram Liv Morgan & Natalya: As IIconics dominaram o combate logo desde o primeiro segundo, mas Liv Morgan com a sua agilidade e adrenalina quase conseguiu virar o mesmo do avesso. Porém, a dupla de Billie Kay & Peyton Royce mostrou a sua experiência como equipa e venceu o combate rapidamente.

Assim que o combate terminou, as IIconics a desafiaram as WWE Women’s Tag Team Champions Bayley & Sasha Banks para um combate pelos títulos no próximo Raw.

De regresso ao backstage, vimos novamente Christian e desta vez Big Show apareceu e disse-lhe que se fosse a ele que Randy Orton tivesse dito o que lhe tinha dito, ele tinha-lhe tirado o sorriso com um soco. O segmento acabou com Christian a dizer que já sabe o que tem de fazer e a sair da sala.

Noutra zona do backstage tivemos Natalya a discutir com Liv Morgan por não ter disciplina, mas a jovem lutadora deixou Natalya a falar sozinha. Lana apareceu entretanto e afirmou que compreende Natalya, pois neste momento deveria estar casada com o WWE Champion, mas que se vai divorciar-se de Bobby Lashley.

Logo de seguida, na zona de entrada, Christian foi entrevistado e afirmou que conquistou tudo o que queria na sua carreira, mas que não vai ser desrespeitado. Por isso, aceita o desafio de Randy Orton para um Unsanctioned Match.

A seguir vimos o WWE United States Champion Apollo Crews a aquecer para o seu combate e viu o seu aquecimento interrompido por MVP, que tentou recrutar Apollo Crews, que recusou a oferta.

No backstage tivemos Ric Flair a falar com a sua filha Charlotte e como ela é a melhor lutadora do mundo, mas que não se pode deixar afetar pelo que os outros dizem sobre ela. A “Queen” afirmou que faz o que quer na WWE.

– WWE United States Champion Apollo Crews venceu Shelton Benjamin: Tivemos um combate bastante físico e equilibrado desde o primeiro segundo. Os dois lutadores quase ganharam por várias vezes, em especial Shelton Benjamin, que tentou fazer batota, mas foi apanhado pelo árbitro. Quem não foi apanhado pelo árbitro foi Apollo Crews, que usou também ele as cordas para vencer com um School Boy.

Vimos em seguida o WWE 24/7 Champion R-Truth a aquecer, mas foi interrompido por Akira Tozawa e os seus ninjas, e parecia que o lutador nipónico queria o WWE 24/7 Championship. Só que foi demovido quando viu que o WWE Champion Drew McIntyre estava por perto, que se mostrou irritado por R-Truth ter aceite o desafio de MVP e Bobby Lashley e que é bom que ele perceba a gravidade da situação. R-Truth mudou de expressão e afirmou que percebia a situação.

A seguir, a Raw Women’s Champion Asuka foi entrevistada e afirmou que Nia Jax pode ter começado, mas que ela vai acabar a luta.

Drew McIntyre estava a aquecer quando foi interrompido por R-Truth, que lhe explicou que falou com os responsáveis do Raw e que agora, o combate de Tag Team deles terá apenas o WWE Championship em jogo, algo que deixou o campeão escocês ainda mais irritado.

Os Raw Tag Team Champions Street Profits e os Viking Raiders continuavam a discutir o que deveriam fazer para mostrar qual era a melhor equipa, até que foram interrompidos por Big Show, que disse que só há uma forma de provar qual é a melhor equipa: com um Raw Tag Team Championship Match no próximo Raw.

– WWE Champion Drew McIntyre & WWE 24/7 Champion R-Truth venceram Bobby Lashley & MVP: O combate Tag Team pelo WWE Championship começou favorável para o WWE Champion Drew McIntyre, que dominou sozinho a dupla de Bobby Lashley & MVP. Quando parecia que teríamos Claymore Kick em MVP, R-Truth fez um tag nas costas do WWE Champion, mas acabou por sofrer um Belly-to-Belly Suplex de MVP.

Agora com R-Truth isolado do WWE Champion Drew McIntyre, MVP & Bobby Lashley dominaram o combate durante vários minutos, porém quando o escocês voltou a entrar no ringue mostrou estar num patamar superior a todos na WWE, e venceu o combate sozinho quando acertou um Claymore Kick em MVP. No entanto, quem fez o pin foi R-Truth, depois de um Splash.

De seguida vimos Christian a preparar-se para o seu Unsanctioned Match contra Randy Orton e tivemos Ric Flair a tentar demover Christian da ideia de enfrentar o “The Viper”, mas o “Captain Charisma” mostrou-se focado e determinado em enfrentar Randy Orton.

De regresso ao ringue tivemos as WWE Women’s Tag Team Champions Bayley & Sasha Banks, que vieram festejar a sua vitória no Backlash e também o aniversário da SmackDown Women’s Champion Bayley.

As duas continuaram a vangloriar-se até que foram interrompidas pelas IIconics, que relembraram que venceram Bayley & Sasha Banks na WrestleMania 35. O “bate-boca” continuou até que Peyton Royce deu um estalo em Sasha Banks, o que fez Bayley aceitar o desafio para um WWE Women’s Tag Team Championship Match na próxima semana.

– Raw Women’s Champion Asuka venceu Nia Jax: O combate pelo Raw Women’s Championship começou de forma agressiva e equilibrada, como seria de esperar, com Asuka a manter a mesma estratégia do Backlash ao tentar apanhar Nia Jax numa submissão. No entanto, a força de Nia Jax foi um factor neste combate e a “Irresistible Force”, com uma Powerbomb fora do ringue, começou a dominar.

O domínio durou vários minutos e Nia Jax foi ficando cada vez mais frustrada por Asuka continuar em combate, e essa frustração foi o que derrotou a “Irresistible Force”, que acabou por empurrar o árbitro. Esta distração toda deu abertura para que Asuka, com um Roll Up e uma contagem rápida do árbitro, vencesse o combate.

No backstage tivemos Randy Orton a dizer que Christian é uma lenda e que no Unsanctioned Match que eles vão ter, ele vai destruir a sua carreira.

– Randy Orton venceu Christian (Unsanctioned Match): Ainda antes do main event começar, tivemos Ric Flair a tentar convencer Christian mais uma vez a não lutar. Quando não conseguiu, o “Nature Boy” acertou um Low Blow em Christian, e logo de seguida Randy Orton com o seu Punt Kick deixou o “Captain Charisma” inconsciente, e venceu o Unsanctioned Match.

Já depois do combate Randy Orton pediu várias vezes desculpa a Christian e pediu aos médicos da WWE para tratarem do “Captain Charisma”. O “The Viper” afirmou várias vezes que a culpa disto ter acontecido é inteiramente de Christian, e que só fez o que tinha de fazer.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

38 Comentários

  1. Eles não censuraram o “son of a b*tch”

  2. UNSANCTIONED MATCH? Oh boy.

  3. Grande LASHLEY. Ele quer o divórcio. 😂

  4. LOL o MVP chamou “thot” à Lana

    Btw, que storyline é esta com ninjas? Com cada uma.

    • Dreamer2 meses

      Quando ele chamou a Lana assim, eu comecei a rir de tão inesperado hahahaha

  5. O Christian aceitou. OMG

  6. O Raw está a ser muito bom. A forma como estão a entrelaçar certas histórias e segmentos, especialmente com o MVP, está a ser brutal. Muito bem bookado este show.

  7. O R-Truth vai turnar no Drew e o Lashley vai ganhar o título hoje, heard it here first.

  8. Ric Flair seu……. 😡😡😡😡

  9. Melhor finisher de sempre !!

  10. Este é o melhor Orton desde 2009.

  11. Fabio Pereira2 meses

    Que raw bom esse de hoje. Valeu cada segundo

  12. Aconteceu várias coisas nesse episódio, foi muito bom.
    Gostei do fato de ter mais promos nesse episódio e que cada segmento serviu para avançar uma história, além de várias histórias contadas durante o show que prendia a atenção. Tiveram poucos “fillers” match, que é algo que normalmente o Raw tem demasiado.
    Não acho que conseguirão manter esse ritmo todas semanas, mas pelo menos me deixou ansioso para assistir semana que vem.

  13. Um “developmental talent” tem covid. Sei que não tem a nada a ver com o artigo, mas mesmo assim é importante dizer.

  14. Nuno2 meses

    Eu não percebo uma coisa ou devo ter ouvido mal se o r truth fez o PIN e pelas palavras do Drew posso tar enganado ele não era WWE champion? Ou devo ter percebido mal

  15. Surf2 meses

    E este raw já é sem o Heyman, tanto choro vindo de vocês e estão a adorar o show, com cada um..

  16. Dreamer2 meses

    Gostei desse episódio, várias histórias progrediram bem. Estou curioso pra ver o futuro do Dominik nesse imbróglio com o Rollins e os rumos do Orton daqui por diante.

  17. Belo episódio! Se o Raw for sempre assim a partir daqui, então a ausência de Paul Heyman não será assim tão notada. Praticamente tudo o que aconteceu criou várias possibilidades, tanto em angles como em combates. Houve vários cliffhangers e reviravoltas que me fizeram prender para a próxima semana.

  18. Carlosilva2 meses

    O Randy Orton é a melhor coisa no wrestling neste momento, de longe, muito longe.

  19. Um episódio bastante bom, talvez o melhor do ano (não é dificil, mas still). Fizeram um ótimo trabalho em termos de progressão de storylines e deram uma razão ao espetador para continuar a ver o show – o dilema do Christian ao longo do episódio sobre o desafio do Orton foi interessante e os vários segmentos curtos entre o Truth e o Drew foram muito engraçados. Também gostei imenso de ver o MVP a tentar recrutar o Shelton e o Apollo (e tendo em conta que o Apollo fez batota para ganhar, acho que temos aqui um heel turn in the works). Curioso para ver como isto progride, um heel turn ao Apollo pode ser um game changer para a sua carreira, especialmente com o MVP como manager. O ponto alto do Raw para mim foi mais uma vez o Randy Orton – está a passar por um período fantástico. Um combate brutal com o Edge, promos muito boas e o seu heel work está no ponto. Um Orton motivado é muito forte e um dos melhores do mundo overall. O segmento do Rollins e do Dominik também foi bastante bom. Muita coisa boa neste episódio, entrelaçaram algumas histórias e segmentos e progredirem bem certos angles com várias promos backstage. Gostei muito.

  20. Cristiano Ronaldo2 meses

    Christian; Ninja gigante; vou tentar ver esse raw.

  21. Bea Ospreay2 meses

    Raw foi bem animado, Randy Orton esta imparavel.

  22. Facebook Profile photo

    Dou 9 a este RAW que aconteceu!
    Isto já têm mão do pailho que substituiu o Heyman?

    • Foi supostamente o primeiro Raw com o Prichard ao leme, mas não esquecer que o Vince dá sempre a última palavra portanto não sabemos o quão influente o Bruce foi. De qualquer das formas, o Raw foi bastante sólido.

  23. Excelente Raw.

    Entre todos os pormenores que fizeram deste um episódio tão bom, gostei do facto de ter sido o R-Truth a obter o “pinfall” decisivo, uma vez que era ele sobre ele que recaíam as dúvidas.todas.

  24. El Cuebro2 meses

    Só uma coisa, na luta da Asuka e da Nia o juíz claramente fez a contagem mais rápida com raiva da Nia, me soou também como uma punição talvez?!

  25. Foi um RAW de boa qualidade e no geral pareceu-me bem bookado.

    Pontos Positivos:
    -Mais uma excelente promo por parte do Orton para começar o show,que qualidade,nota-se que está motivado e isso reflete-se nas suas performances,fantástico.

    -Tensão crescente entre o Garza e o Andrade,esta aliança deve estar prestes a chegar ao fim e vejo uma feud entre eles a começar brevemente

    -Até que gostei das interacções do Drew e do R-Truth,achei que foi engraçado e o Truth consegue ser sempre hilariante.
    Quanto ao combate,não foi nada por ai mas valeu por toda a situação à volta.

    -Bom segmento para continuar a feud do Rollins e do mysterio.
    Penso que isto ainda poderá dar um tag match que irá levar à estreia do Dominik no ringue…e nota para o Rollins que está cada vez melhor neste papel de Messiah.

    Pontos negativos:
    -Uau,a Lana vai “divorciar-se” outra vez,segmento nada de especial mas deu continuidade ao que aconteceu no PPV e o que se vinha a passar de à uns tempos para cá

    -Então parece que os Profits e os Raiders agora são aliados contra o Tozawa e os ninjas…e defender os títulos?Pelos vistos pouco importam.Até estou a gostar da feud mas já estão a enrolar demasiado.

    -Nia Jax vs Asuka
    O combate do PPV já foi mau mas este conseguiu ser ainda pior…epa tirem a Nia da TV

  26. Anónimo2 meses

    Foi um excelente Raw! Destaco a boa promo do Randy Orton, o segmento entre o Rollins e o Rey Mysterio.

  27. É esse tipo de show que nós esperamos do RAW!