O nosso YouTube está de volta. Subscreve!

A WWE realizou esta segunda-feira mais uma edição do Raw, a penúltima antes da primeira paragem desta Road to WrestleMania no Super Showdown, evento que se realiza na Arábia Saudita no próximo dia 27 de Fevereiro.

Resultados

– Aleister Black venceu Erick Rowan
– WWE 24/7 Champion Riddick Moss venceu Mojo Rawley e R-Truth
– Drew McIntyre venceu MVP
– Angel Garza & Bobby Lashley venceram Humberto Carrillo & Rusev
– Kairi Sane venceu Natalya (por count-out)
– Ricochet venceu Karl Anderson
– Kevin Owens & Viking Raiders venceram Buddy Murphy & AOP (por desqualificação)

Report

O Raw abriu com Randy Orton, que explicou que supostamente ele iria lutar contra Matt Hardy num No Holds Barred Match, mas que os médicos da WWE não permitiram que isso acontecesse. Ainda assim, Matt Hardy veio ao ringue e afirmou que por ele lutava, mas que já sabia que os médicos da WWE não o iam deixar, mas que isso não o impede de vir ao ringue e mais uma vez perguntar a Randy Orton o porquê de ter atacado Edge.

O “The Viper” explicou que o respeita e que adora Edge e que está arrependido do que fez, tendo saído do ringue em seguida. Porém, a noite estava longe de estar acabada, pois quando a sua música começou a tocar, Randy Orton regressou ao ringue. Matt Hardy ainda se tentou defender com uma cadeira, mas sem sucesso. Tivemos um novo ataque de Randy Orton, com um RKO e várias cadeiradas em Matt Hardy, tendo finalizado o ataque com duas cadeiradas na cabeça do adversário quando este tinha a cabeça nas escadas do ringue.

Aleister Black venceu Erick Rowan. No primeiro combate da noite tivemos a batalha entre a força de Erick Rowan e a agilidade e strikes de Aleister Black. Nos primeiros minutos do combate foi mesmo a força de Erick Rowan que tomaram conta do combate. No entanto, o “Dutch Warrior” conseguiu equilibrar o combate e nos últimos minutos ganhou ímpeto suficiente para, com dois Black Mass, vencer o combate.

Logo de seguida tivemos uma promo em ringue de Charlotte Flair, onde esta explicou que desafia a NXT Women’s Champion Rhea Ripley para esta perceber que o NXT que existe foi a “Queen” que o criou e não ela ou outra qualquer pessoa desta geração que acha que tem direito a tudo sem ter trabalhado para isso. Uma promo que já mereceu resposta da “Nightmare” através do Twitter.

WWE 24/7 Champion Riddick Moss venceu Mojo Rawley e R-Truth. A seguir tivemos um pouco habitual combate pelo WWE 24/7 Championship. Num combate curto, onde ainda houve tempo para R-Truth imitar golpes de John Cena, Riddick Moss conseguiu apanhar Mojo Rawley com um pin rápido continuar assim como WWE 24/7 Champion.

Depois do combate, Mojo Rawley tentou atacar R-Truth, que acabou por reverter o ataque com um Scissors Kick.

A seguir tivemos o vencedor do Men’s Royal Rumble Match, Drew McIntyre que fez uma pequena promo onde afirmou mais uma vez que iria tornar-se WWE Champion na WrestleMania 36, antes de ser interrompido por Paul Heyman, que afirmou que apesar de ter muito respeito por ele, não aceita que Drew McIntyre venha ao ringue dizer que irá vencer na WrestleMania, mas que ao contrário do seu adversário desta noite, ele não tem nenhum problema pessoal com ele.

Em seguida tivemos a entrada de MVP, que insultou Drew McIntyre enquanto caminhava para o ringue, e atacou o lutador escocês ainda antes do combate começar, o que acabou por não ser boa ideia.

Drew McIntyre venceu MVP: Porque é que não foi boa ideia? É que Drew McIntyre ficou irritado e acabou com MVP em bastante pouco tempo, tendo vencido o combate depois de mais um Claymore Kick.

Em seguida tivemos a Raw Women’s Champion Becky Lynch no ringue, que começou a sua promo atirando dinheiro para o ringue, afirmando que estava já a pagar a multa que vai receber quando apanhar e se vingar de Shayna Baszler.

Em seguida, “The Man” nomeou todas as lutadoras que venceu antes de afirmar que vai acontecer o mesmo a Shayna Baszler quando lutarem. A “Queen of Spades” apareceu no titantron e afirmou que o que vai acontecer é que ela irá vencer o Elimination Chamber Match e na WrestleMania 36 irá tirar-lhe o Raw Women’s Championship, não havendo nada que a campeã possa fazer.

No backstage, tivemos uma promo de Lana e Zelina Vega acompanhadas por Bobby Lashley e Angel Garza respectivamente, onde as duas afirmaram que iriam vencer o combate que se seguiria no Raw.

Angel Garza & Bobby Lashley venceram Humberto Carrillo & Rusev. O duo de Humberto Carrillo & Rusev dominaram os primeiros minutos do combate. Porém, Bobby Lashley & Angel Garza conseguiram recuperar o ímpeto e quase nunca mais o perder. Perto do final do combate, o “All Mighty” conseguiu deixar Humberto Carrillo fora de jogo, com um Spear brutal.

Enquanto isso, no ringue Rusev parecia que iria vencer o combate, mas o “All Mighty” conseguiu causar distração mais que suficiente para que Angel Garza, com um School Boy puxando os calções do “Bulgarian Brute”, vencesse o combate.

Kairi Sane venceu Natalya (por count-out). Em seguida tivemos o primeiro e único combate feminino da noite, com Natalya a enfrentar Kairi Sane. A vantagem de força de Natalya deram-lhe vantagem durante os primeiros minutos, mas a astúcia de Kairi Sane fez com que a lutadora nipónica ganhasse controlo do combate. No entanto, quando parecia que o domínio estava a voltar de novo para a “Queen of Harts”, Asuka que estava fora do ringue interferiu, e nas costas do árbitro atacou Natalya que não conseguiu responder à contagem de 10, e Kairi Sane venceu assim o combate por contagem.

Em seguida tivemos o sermão do “Monday Night Messiah” Seth Rollins, que começou com Murphy e os AOP no ringue, até o lutador australiano ter introduzido Seth Rollins, que já no ringue não perdeu tempo a falar de como a sua visão está a começar a produzir resultados, ao terem conseguido atacar e destruir Kevin Owens, Samoa Joe e os Viking Raiders.

Seth Rollins continuou a falar da visão que tem para o Raw, até que os Viking Raiders apareceram e acabaram com o sermão. Porém, Seth Rollins já estava no topo da entrada, quando o pior ainda lhe haveria de acontecer, com Kevin Owens a aparecer de surpresa e a atacar o “Monday Night Messiah” com um Stunner.

Já no backstage, Seth Rollins desafiou o trio de Kevin Owens e os Viking Raiders para um combate contra Murphy e os AOP, no combate que seria o main event da noite.

De volta ao ringue, tivemos o regresso de AJ Styles, que em conjunto com os outros membros dos The O.C., não perdeu tempo e assim que chegou ao ringue perguntou o que seria da Road to WrestleMania sem ele.

Karl Anderson afirmou que para ele AJ Styles era o novo “Mr. WrestleMania” e o “Phenomenal One” acabou por se auto intitular o melhor de sempre. No entanto, o auto-elogio foi interrompido por Ricochet, que desafiou AJ Styles para um combate. Desafio esse que acabou por ser aceite por Karl Anderson.

Ricochet venceu Karl Anderson. Karl Anderson ainda fez uso da sua força para tentar controlar Ricochet, mas o candidato principal ao WWE Championship mostrou estar sempre um passo à frente do lutador dos The O.C.. No final, Ricochet aplicou o seu Recoil para vencer o combate.

De novo no backstage, Liv Morgan falou do ataque que sofreu às mãos de Ruby Riott e que a sua ex-amiga irá pagar quando ela a eliminar no Elimination Chamber Match e seguir rumo à WrestleMania 36 para lutar pelo Raw Women’s Championship de Becky Lynch.

Kevin Owens & Viking Raiders venceram Buddy Murphy & AOP (por desqualificação). O main event da noite viu os discípulos de Seth Rollins dominar grande parte do combate, ao conseguirem isolar Kevin Owens dos Viking Raiders.

No entanto, Kevin Owens mostrou perseverança e conseguiu fazer o tag a Ivar, que virou o combate do avesso. Os últimos minutos tiveram um ritmo frenético e quando parecia que Kevin Owens iria vencer o combate para a sua equipa, tivemos a interferência de Seth Rollins.

Só que a noite acabou mal para o “Monday Night Messiah”, pois os Street Profits vieram em auxílio dos Viking Raiders e Kevin Owens, juntando-se assim à lista de Superstars descontentes com a visão de Seth Rollins.

Mais tarde ficou marcado um Raw Tag Team Championship Match entre os campeões Seth Rollins & Murphy e a dupla dos Street Profits para o WWE Super Showdown do próximo dia 27 de Fevereiro.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

19 Comentários

  1. Abel2 meses

    O raw esta dando um coro no sd

    • Brito2 meses

      No NXT também.

    • Flávio Jr2 meses

      Brito, não sei que show do NXT que você tá vendo, mas você só pode estar alucinando

  2. Rayan Alonso Chagas Dias2 meses

    Francamente o RAW ta muito melhor que o SmackDown embora que o mesmo tem um roster de qualidade para mim até melhor que o Raw, enfim o Raw tem o Heyman.
    Bom gostei do Raw e outro ataque do Orton que para mim foi espetacular , éra disso que eu estava falando , um seguimento brutal e chocante ( Ala Ruthless Aggression Era)

  3. Honestamente acho que foi um Raw inferior aos últimos mas também já se sabia que seria difícil manter o excelente nível dos mais recentes. Mesmo assim, gostei do segmento inicial e do primeiro e último combates.

  4. Bruno Vieira2 meses

    Street Profits foi a melhor coisa que apareceu na WWE recentemente

  5. lone wolf2 meses

    Por favor não enterrem mais o MVP
    Trouxeram o gajo para andar a servir de jobber

  6. Diogo2 meses

    Foi um bom Raw!!
    Cada vez mais fico impresionado com a qualidade do Rollins,ele e mesmo incrivel em termos de acting podem lhe dar uma personagem qualquer que ele consegue ter reaçoes to publico para mim e o wrestler mais completo desta nova geraçao…e tb adorei ele comprimentar o publico como um messias ahahah
    Agora vamos ver se alguem se junta a stable dele ja que tao os 4 vs os 5.
    Tb valeu a pena pelo segmento do Orton como heel e dos melhores tou curioso para a rivalidade dele com o edge…
    Como e pena nao tivemos o titulo principal nem o Usa no pograma parece que nao mas perde um bocado o interrese…

    • Rollins2 meses

      A stable do rollins é um pouco fraquinha sinceramente .. nao consigo olhar para esse murphy como credível devia ser um alguem com mais cartel

    • Flávio Jr2 meses

      O Murphy é muito talentoso e enfim estão dando algum destaque pra ele, um star não nasce credivel e sim aos poucos vai se tornando, e acredito no potencial dele e você falar que a stable é fraca é sacanagem…

  7. Rated R2 meses

    o que acho engraçado é que o Ricochet e o Alistar Black nunca perdem

    • Ricochet é o atual candidato ao WWE Championship no Super Showdown, tem que ir “forte” para o PPV. Em todo o caso, e só contando com os programas televisivos, perdeu no fim de Dezembro contra o Andrade.

      Aleister Black há meses que está a ser construído como uma real ameaça. Naturalmente que tem de somar vitórias…

    • Rated R2 meses

      O Ricochet já aos tempos que está a ser construído de forma forçada, já o Alistar Black se formos por aí o Rowan também está a ser construído dessa forma já algum tempo para depois perder contra um lutador que também está a ser forçado como tudo.

    • Anónimo2 meses

      Neste momento o Ricochet tem de ter vitórias, vai lutar com o Brock Lesnar no Super ShowDown, tem de ir para lá credível e não como alguém que só perde.

  8. Rollins2 meses

    Raw assim assim sinceramente tirando o rollins e o drew da sono

  9. El Cuebro2 meses

    Bom show, lutas muito interessantes, bom main-event, até a luta pelo 24/7 title foi boa, assim que esse título deveria ser disputado, gostei muito de Black vs Rowan, poderiam repetir mais esse combate, aliás o Black é um dos poucos invictos do Raw até onde me lembro, não gosto de como estão tratando os OC e o próprio Ricochet, Randy brutal como sempre, só acho que o segmento foi demorado demais!

  10. Anónimo2 meses

    Foi um bom Raw. O segmento de abertura foi muito bom, e gostei de ver novamente o Angel Garza, esteve muito bem.

  11. Kick_Ass2 meses

    Bom RAW, que seja para continuar.

    Randy Legend Killer is back ?? Hummm 😀

  12. Anônimo2 meses

    O RAW está muito bom, enquanto o SMACKDOWN está de mal a pior! O que adianta tirar o Randy Orton e botar no RAW pra trazer o Strownman e ele só ganhar o título intercontinental? Já tá na hora dele ganhar o título Universal! Deixa o intercontinental para o Mustafa Ali ganhar, também já tá na hora dele ganhar alguma coisa(24/7 não). O AJ Styles também deveria voltar a ser face e ganhar o título da WWE. O Ricochet tem que ir pro SMACKDOWN URGENTEMENTE! Ele vem se quebrando pela WWE e só ganhou o título dos Estados Unidos. Ou ele poderia retornar ao NXT e tirar o título do Adam Cool, para depois perde-lo para o Finn Bálor e ir pro SMACKDOWN. Já sobre o título dos Estados Unidos o melhor seria o Seth Rollins virar o novo campeão e, se der, perde-lo para o CM Punk na WRESTLEMANIA.